Controle de ponto

Controle de ponto dos funcionários: quais os sinais de alerta?

O controle de ponto é uma obrigatoriedade imposta às empresas com mais de 20 colaboradores. Com ele é possível comprovar a jornada realizada pelo indivíduo diariamente. Esse tipo de sistema analisa a prestação de horas extras e as identifica para pagamento.

O que muitas empresas não sabem é que o controle de jornada apresenta sinais de como a sua empresa se encontra, por meio dele é possível ter noções sobre as políticas internas, do engajamento e da produtividade..

Para saber como ler esses sinais e quando eles devem ligar um sinal de alerta continue lendo e confira tudo sobre o controle de jornada abaixo!

Controle de ponto: quais são os sinais de alerta que ele apresenta à empresa?

Confira agora mesmo quais são os principais sinais que são apresentados pelos controles de jornada de trabalho e o que é possível fazer para contornar cada um dos problemas que podem se apresentar.

1. Faltas injustificadas frequentes

Um dos principais sinais de que o seu controle de ponto precisa de mudanças junto às políticas internas é o registro freqüente de faltas não justificadas.

planilha Controle de Horas e Folha de Ponto

A empresa pode descontar os dias em que o colaborador não comparece para prestar atividades e não justifica a ausência de acordo com as previsões em lei. O que se deve ter em mente é que isso não é o suficiente.

controle de ponto

As faltas injustificadas demonstram diversos pontos à empresa, veja os principais a seguir:

  • Falta de estímulo por parte do colaborador: isso pode acontecer devido as atividades exercidas, cargos ocupados e benefícios.
  • Problemas pessoas: todo colaborador já passou por uma situação inesperada, mas em casos recorrentes, é necessário entender o que está acontecendo.
  • Horários praticados: o deslocamento nas grandes cidades está cada vez mais caótico, e isso pode causar desestímulo, motivando faltas não justificadas.
  • Ausência de benefícios extensivos à família: em alguns casos, para famílias com filhos, não poder contar com uma creche pode significar não ter um local apropriado para deixar seus filhos, e isso pode culminar com faltas.

Existe solução possível?

Uma forma de agir nesses casos é chamar o colaborador para conversas, cobre o controle de ponto e seja sincero com ele, peça reciprocidade. Pergunte se há algo a ser feito, se existe alguma insatisfação com a empresa ou mesmo se ele está passando por problemas pessoais.

Entender o que está acontecendo é o melhor caminho para encontrar a melhor solução para ambos os lados. Uma adaptação na rotina, uma flexibilização de horários, um novo modelo de trabalho pode ser a solução para essa questão.

Lembre-se de sempre agir com empatia. E se caso as medidas tomadas não causarem efeitos, aí é o momento de usar penalidades como advertências e a dispensa, em último caso.

2. Aumento dos processos trabalhistas contra a sua empresa

A sua empresa passou a receber mais processos trabalhistas ou, pior, aumento no número de condenações? Esse é um grande sinal de alerta principalmente quando relacionado às horas extras.

Os principais motivos para ações trabalhistas são:

  • Quebra do cartão de ponto: acontece quando os registros não são considerados por fraude ou utilização de horário de outro fuso horário.
  • Marcações incompletas: quando as horas não são marcadas completas, quando existe a marcação de saída, mas não a marcação de entrada, por exemplo.
  • Pagamento indevido da jornada praticada: nesse caso, é a ausência de pagamentos sobre uma determinada quantia de horas praticadas. O colaborador fez 10 horas no mês, mas a empresa fez o pagamento de 7 horas, e não incluiu os adicionais cabíveis.

E o que isso significa para a empresa?

Esse é um sinal claro de que a gestão de ponto não está efetiva, e que não está atendendo ao seu devido fim. Esse é o maior e o mais preocupante sinal de alerta em relação ao controle de ponto. Nesses casos é preciso tomar decisões rápidas.

controle de ponto

A empresa precisa adotar um novo modelo de gestão de ponto, para evitar novas ocorrências de processos, pois isso pode causar até mesmo o fechamento da empresa, dependendo da quantidade de processos.

O que fazer?

A melhor solução é adotar um sistema digital de controle de jornada. Ele traz inúmeras vantagens para a empresa.

Ele é pode ser customizado de acordo com a jornada de cada um dos colaboradores, não importando se existem diversos tipos de escalas e de horários diferentes. Outro ponto interessante é que a customização pode ser feita em relação ao banco de horas ou sistema de compensação de horas.

O cálculo é feito de forma automático das horas extras, isso é importante para sua empresa se livrar de processos trabalhistas, mantendo seus serviços e colaboradores de acordo com a lei.

Ao calcular de forma automática as horas ele gera os holerites e cartões ponto. Isso evita erros de cálculos e de pagamento de horas extras.

Outro ponto que merece destaque é que esse tipo de sistema digital impede a fraude aos controles de jornada, sejam eles tentados por gestores ou por colaboradores.

3. Queda da produtividade

Quando a produtividade da sua empresa está se mostrando baixa é hora de repensar a forma como é feito o controle de jornada. Isso é um bom sinal para indicar que o controle de ponto não está adequado para sua empresa.

A queda na produtividade está diretamente relacionada com o aumento de faltas injustificadas dos colaboradores, já que eles não estão engajados com a empresa.

Como melhorar a produtividade?

Uma das medidas que podem ser implementadas é a adoção do adicional de assiduidade, que corresponde a um prêmio para os colaboradores que mantém a regularidade na sua jornada, e não extrapolam o número de faltas estipulado, ou não tiveram nenhum tipo de marcação.

Com o sistema de controle de ponto é possível melhorar a produtividade, assegurando a sua assiduidade, garantindo o adicional no pagamento.

É importante que sempre que a falta for justificada ela não é descontada e é basicamente desconsiderada. Os ganhos são muitos e não há motivos para a sua empresa não se valer desse tipo de estratégia.

4. Indícios de fraudes no controle de ponto

Se houver indícios de fraudes no controle de jornada, chegou o momento de repensar sua forma de gestão dos colaboradores.

controle de ponto

Existem várias situações que podem configurar fraude na marcação do ponto, como:

  • Colaborador realizando a marcação para outro colaborador;
  • Marcação de saída, e depois continuar a jornada de trabalho, para evitar o pagamento de horas extras;
  • Rasuras no ponto;
  • Alteração dos sistemas manuais;
  • Anotações indevidas no controle de ponto manual;

O que fazer nesses casos?

A solução é a adoção do sistema digital de ponto. Ele impede as fraudes por proteger as informações em um sistema de nuvem. Outro fator importante é que ele utiliza o reconhecimento facial para reconhecer o indivíduo.

Isso impede que um colaborador marque o ponto de outro se fazendo passar por outra pessoa. O sistema digital pode ser a solução para vários dos problemas da sua empresa.

Fique de olho no que eles sinalizam sobre o controle de jornada e sobre a empresa no geral e tome agora mesmo a solução adequada!


PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau