Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas

Investir em Capital Humano: como fazer na sua empresa?

Atualmente, tornou-se possível afirmar que o investimento em capital humano é o maior e mais importante investimento que uma empresa pode fazer.

A prática valoriza não apenas os seus colaboradores, que se sentem atraídos por um ambiente de trabalho em que são incentivados a crescer pessoal e profissionalmente, mas também a empresa, que se torna atrativa para novos talentos.

Sob este contexto, investir no capital humano pode ser considerado uma vantagem competitiva e um passo à frente dos concorrentes mais diretos.

Neste artigo, falaremos sobre o que é o capital humano e o que a sua empresa pode fazer para investir nele. Acompanhe!

 

Capital humano: o que é isso?

Como o próprio nome sugere, o capital humano está ligado à capacitação e ao desenvolvimento dos colaboradores de uma empresa.

É necessário que o capital humano de uma empresa reúna conhecimento e habilidades técnicas, bem como experiência para que as atividades desenvolvidas por ele reflitam em valor financeiro para a empresa e valor pessoal ao próprio colaborador.

Quando se fala em capital humano, refere-se a todas as características que um colaborador desenvolve por meio de sua experiência corporativa, formação acadêmica e complementar, e suas habilidades técnicas.

A empresa deve aproveitar e valorizar estas características para valorizar seus colaboradores e formar equipes de alto impacto, ou seja, times altamente capacitados e com experiência suficiente para levar a empresa a uma posição de destaque em seu segmento.

Portanto, investir em seu capital humano traz inúmeros benefícios à empresa e ao próprio colaborador.

 

Como investir no capital humano

Para criar ações de investimento no capital humano, o gestor e os profissionais de RH devem trabalhar em conjunto, levando em consideração as necessidades da empresa e um conhecimento profundo do atual organograma.

Saber exatamente os cargos que existem na empresa e as funções desenvolvidas por cada um permite que o gestor consiga identificar os pontos de investimento no capital humano. Dessa forma, as ações ficam mais focadas e as chances de sucesso se tornam bem maiores.

Criamos abaixo uma lista com sugestões de práticas para investimento no capital humano. Confira!

 

Valorização das equipes

A empresa que investe no desenvolvimento de conhecimentos e habilidades de seus colaboradores é a que tem o maior índice de satisfação dos próprios colaboradores em relação ao ambiente de trabalho.

Para o colaborador, o investimento da empresa está relacionado à valorização do trabalho executado e à intenção de permanecer contanto com ele em médio e longo prazo. As equipes se tornam mais engajadas com as metas da empresa.

 

Autonomia dos colaboradores

Os colaboradores que se sentem confortáveis e possuem a autoconfiança necessária para tomar decisões diariamente se sentem valorizados e são mais engajados.

No entanto, é importante ressaltar que a autoconfiança do colaborador é desenvolvida pelo líder. É ele que incentiva e, em alguns casos resgata, a autoconfiança de seus colaboradores conferindo-lhes a autonomia necessária para que isso aconteça.

A autonomia dos colaboradores é incentivada e apoiada pelo gestor, criando laços de confiança para que as equipes assumam e decidam sobre suas responsabilidades todos os dias.

 

Plano de cargos e salários

Oferecer um plano de cargos e salários bem estruturado aos colaboradores é uma forma segura de investir no capital humano e engajar as equipes.

Diante de um mercado tão competitivo, a retenção de talentos se torna ainda mais difícil e oferecer condições para que os colaboradores se desenvolvam pessoal e profissionalmente é um dos caminhos mais sólidos para que a empresa alcance seu objetivo.

Além disso, promover um colaborador que já está totalmente integrado à cultura da empresa é muito mais vantajoso profissionalmente, sem contar que é menos oneroso à empresa, do que contratar uma pessoa de fora.

 

Prêmios e bonificações

Premiações e bonificações também são importantes práticas para investir no capital humano e incentivar o aprimoramento constante de suas equipes. Estas práticas possuem um simbolismo importante e, para as equipes, também representa uma forma de valorização e investimento no capital humano.

Como mostramos acima, o investimento no capital humano pode se dar de diversas maneiras. O importante é que as equipes sejam lideradas por gestores justos e sensíveis para identificar suas necessidades e incentivá-las a ser sempre as melhores versões de si mesmas.

 

Cursos, Workshops e Especializações

E por último, mas também essencial, o investimento em cursos, workshops e especializações para seus colaboradores que demonstram interesse em adquirir novas habilidades técnicas e que apresentam potencial para ocupar cargos de liderança.

Muitas vezes um colaborador tem perfil, tem a vontade, tem disponibilidade, mas não tem o dinheiro para fazer um curso que poderiam enriquecer seus conhecimentos e habilidade.

A empresa pode optar por fazer esse investimento no colaborador, e usufruir dos benefícios dos aprendizados dele que serão aplicados nos trabalhos dentro da própria empresa, melhorando produtividade e qualidade dos resultados.