Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
Setembro Amarelo

Setembro Amarelo: Como promover saúde mental na sua empresa?

O Setembro Amarelo é uma campanha encabeçada por diversas organizações e apoiada por instituições públicas e privadas que tem como principal objetivo a prevenção e o combate ao suicídio, assim como às doenças atreladas a ele.

A campanha, que teve início em 2015, segue os mesmos moldes de outras conhecidas do público, como Outubro Rosa (dedicado à prevenção do câncer de mama) e Novembro Azul (relacionado ao combate ao câncer de próstata).

Assim, além de se valer de distribuição de materiais, palestras e caminhadas, a campanha de prevenção ao suicídio que ocorre durante todo o mês de setembro ilumina e acrescenta suas cores em monumentos públicos e fachadas de edifícios.

Diversas empresas têm aderido às campanhas referentes à prevenção do suicídio. Confira, abaixo, como é possível participar do programa e quais são as ações que estão ao alcance das organizações privadas.

Setembro Amarelo: Entenda a campanha

A criação do movimento ocorreu em 2015 a partir da junção de esforços do Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

A campanha escolheu o mês de setembro para ocorrer em razão do Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, que coincide a 10 de setembro.

A campanha ocorre de diversas formas. Além da promoção de palestras, caminhadas, rodas de conversa e distribuição de materiais, diversos edifícios e prédios são iluminados com as cores amarelas ou pintados com essas cores.

Não raro os indivíduos envolvidos na campanha vestem as cores amarelas durante o mês de setembro ou usam broches com fitas semelhantes aos utilizados no Outubro Rosa.

São vários os tipos de organizações em todo o país que se envolvem na campanha, incluindo as de natureza particular e pública.

Dentre os monumentos que participam da campanha e são iluminados com as cores amarelas durante o mês de setembro, estão, por exemplo, o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, os edifícios do Congresso Nacional e o Palácio do Itamaraty, no Distrito Federal, o Estádio Beira Rio, no Rio Grande do Sul e o Elevador Lacerda, na Bahia.

Diversos outros times de futebol iluminam seus estádios com a cor amarela, assim como universidades públicas e privadas, órgãos governamentais e até mesmo empresas, que aderem com cada vez mais força à campanha.

Por que o setembro amarelo foi criado?

Segundo o CVV, atualmente ocorrem em torno de 32 mortes de brasileiros diariamente que são atribuídas ao suicídio. Em relação aos números mundiais, estima-se que um indivíduo se suicide a cada 40 segundos, o que é um número alarmante que soma ao menos 1 milhão de suicídios por ano.

Deve-se ressaltar que esses números são considerados defasados, o que se deve à subnotificação dos suicídios que muitas vezes são registrados como forma diversa de morte. Isso se deve, principalmente, ao tabu que envolve o assunto e à dificuldade em realizar diálogos que se refiram à saúde psíquica. 

Embora um número cada vez maior de pessoas admita ter doenças psíquicas e se disponibilize a falar sobre elas, o preconceito que as rodeiam é latente. É fato que o suicídio é permeado de grande complexidade, existem alguns sinais que permitem sua previsão.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) considera que nove entre dez suicídios poderiam ser prevenidos e evitados com o reconhecimento de sinais e de pedidos de ajuda que muitas vezes são perceptíveis, como a utilização de frases como “preferia estar morto” ou “quero desaparecer”. 

Deve-se ter em mente que o suicídio é utilizado, na grande maioria das vezes, como válvula de escape de dores, preocupações e problemas quando a pessoa não enxerga uma saída viável. É possível preveni-lo com a adoção de medidas importantes. 

Como e por que as empresas podem participar do Setembro Amarelo?

O papel social das empresas tem ganhado cada vez mais destaque não apenas perante o mercado de trabalho e os colaboradores da organização, mas pelo público.

As empresas têm o dever de prezar pela saúde física e mental de seus colaboradores e aderir à campanha do Setembro Amarelo pode ser uma forma de fazê-lo.

Cabe ressaltar que muitas vezes o labor está diretamente relacionado com as causas do suicídio, de forma que a constituição de um ambiente de trabalho saudável pode ser de grande auxílio para evitar essas situações tristes e desoladoras.

Antes de apresentarmos algumas dicas sobre como é possível praticar a campanha internamente nas empresas, é importante ressaltar que não é apenas no mês de setembro que os cuidados referentes à saúde psíquica devem ser tomados, mas durante todo o ano.

Confira algumas formas pelas quais as empresas podem colocar em prática as ações de prevenção e conscientização quanto ao suicídio.

1.      Educação

O primeiro passo diz respeito ao viés educacional da campanha. Sabendo-se que o suicídio e as doenças psíquicas que podem culminar nele são permeados de preconceitos, tabus e desconhecimentos, promover campanhas educacionais é de extrema ajuda. 

Assim, não só a existência de formas de contornar situações depressivas, como acompanhamento psicológico e terapêutico, mas como identificar uma pessoa pendente ao suicídio compõem essa primeira fase.

Para isso, o próprio CVV disponibiliza diversos materiais que podem ser utilizados pelo departamento de recursos humanos para passar informações por meio de palestras ou mesmo de distribuição de folhetos.

2.      Transforme a saúde intelectual em um tópico importante para a empresa com a ajuda do Setembro Amarelo

Outra forma de aderir à campanha é transformando a saúde mental dos colaboradores em um tópico importante que pode ser utilizado em palestras e rodas de conversas.

3.      Aposte no diálogo

A comunicação é imprescindível para criar um ambiente de trabalho saudável e para operar a conscientização contra o suicídio.

O departamento de recursos humanos, assim, deve se manter em contato com os gestores para compreender eventuais mudanças de comportamento ou até mesmo sinais de depressão e pensamentos suicidas pelos colaboradores.

Demonstrar que a empresa está aberta para compreender os problemas de cada um dos operadores, assim como para auxiliar a buscar soluções, é de grande auxílio e demonstra ao colaborador que ele não está sozinho nessa.

É possível encaminhar os colaboradores para acompanhamento com profissional da psicologia que estará apto para orientar o indivíduo e auxiliá-lo na busca pela melhoria da saúde psíquica.

4.      Mostre empatia e liderança

Os colaboradores devem entender, desde logo, que se encontram em um local seguro de trabalho no qual ele pode se abrir e compartilhar sentimentos, assim como obter apoio.

É importante que o líder de equipes sempre demonstre empatia, assim como coíba comportamentos que transformam doenças psíquicas em chacota e elevem o estigma que já existe sobre elas.

Essas são apenas algumas formas de adentrar no Setembro Amarelo e reforçar a importância do movimento. A empresa pode optar por iluminar sua fachada com as cores amarelas da campanha, bem como distribuir broches ou camisetas de cores amarelas que ressaltem a importância dada à organização de conscientização e prevenção ao suicídio.

Outras formas são os cuidados em relação à demanda de trabalho, à estabilidade do empregado e ao seu tratamento no interior da empresa que podem levar ao desenvolvimento de quadros depressivos que podem apresentar perigo à integridade física do colaborador.

Com esse tipo de ação a empresa não só pode participar ativamente do Setembro Amarelo, mas promover seu papel social que envolve o cuidado com a saúde física e psíquica de quem lhe presta serviços.

Atentar-se às mudanças de comportamento e aos pedidos de ajuda que eventualmente são entendidos como piadas ou meros comentários é importante para ajudar na prevenção ao suicídio e diminuir os números assustadores de pessoas que anualmente o cometem.

Veja também: Gestão de crise: Conheça algumas estratégias especiais!

Gostou das dicas? Deixe o seu comentário e compartilhe estas dicas em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau