Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas

Plano de Carreira: como ajudar seus colaboradores a planejar suas carreiras?

Ter um plano de carreira é lançar-se no mundo corporativo com um objetivo. Quando uma pessoa planeja sua carreira, ela sabe exatamente os passos que precisa seguir para alcançar suas metas e se tornar um profissional de sucesso.

Mas você sabe como elaborar um plano de carreira? E, como gestor, você sabe como ajudar seus colaboradores a planejar suas carreiras e, assim, conquistar o topo?

Este artigo trata exatamente desses pontos. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.

 

O que é plano de carreira?

Um plano de carreira pode ser definido por passos que um profissional deve seguir para alcançar uma meta em longo prazo. Pode-se afirmar, também, que o plano de carreira envolve a conquista de pequenas vitórias que são o caminho sólido que levará um profissional a um prêmio maior.

Sob este ponto de vista, o plano de carreira é como se fosse um norte, um mapa ou até um direcionamento dos passos que o colaborador deve seguir para alcançar seu desenvolvimento profissional pleno.

No entanto, é preciso ressaltar que para seguir um plano de carreira e efetivamente alcançar seu objetivo, o indivíduo precisa ter paciência e disciplina. Afinal de contas, estamos falando de um plano em longo prazo, não algo que poderá ser conquistado do dia para a noite.

Há etapas do plano de carreira em que a maturidade emocional do indivíduo é elemento fundamental para sua conquista principal e esse aspecto exige tempo.

 

O gestor deve incentivar o plano de carreira?

É claro que sim! E por vários motivos.

Primeiro que, ao proporcionar circunstâncias favoráveis ao crescimento pessoal e profissional de seus colaboradores, o gestor está, na verdade, fazendo um investimento na próprio empresa.

É preciso deixar o pensamento mesquinho de que está incentivando um colaborador a crescer para que ele abandone a empresa e vá trabalhar no concorrente!

Isso só acontece quando o colaborador não encontra os recursos necessários que o possibilitem crescer: autonomia, oportunidades e, sobretudo, valorização do trabalho. E, francamente, ninguém quer ficar em um ambiente de trabalho assim, certo?

Quando o gestor não apenas incentiva o planejamento da carreira do colaborador e oferece a ele todos os recursos e ferramentas que ele precisa para se desenvolver, inclusive recursos emocionais, todos saem ganhando.

Enquanto o colaborador traça seus passos e se prepara para atingir um objetivo profissional dentro da empresa que o valoriza, a empresa, por sua vez, presencia a redução da rotatividade de colaboradores, bem como a necessidade de contratações para os cargos mais altos.

É bem menos oneroso promover alguém que já está totalmente alinhado à cultura da empresa do que trazer alguém de fora que, em longo prazo, poderá se mostrar inapto ao trabalho.

O aumento da qualidade do trabalho também é outro benefício colhido pela empresa que incentiva seu colaborador a ter um plano de carreira, o que resulta em retorno financeiro.

 

Passo a passo para elaborar um plano de carreira

1. Saia da zona de conforto

É impossível crescer profissionalmente sem correr riscos. O profissional que está sempre em sua zona de conforto tem dificuldade em tomar decisões rápidas em uma situação que foge de sua rotina.

Abrir a mente para novas experiências é fundamental para elaborar um plano de carreira.

2. Saiba onde você está agora e o que quer

Para traçar um plano e conquistar o que deseja em sua carreira, é preciso conhecer exatamente qual o seu ponto de partida. Portanto, analise sua situação atual na empresa e o define claramente o seu objetivo.

Dessa forma, fica mais fácil enxergar os passos que precisa dar para alcançá-lo.

3. Tenha certeza do que quer

Muitas vezes, traçamos um objetivo profissional sem saber exatamente como ele impactará nossas vidas pessoais. Por exemplo, ser um CEO de uma grande empresa exige horas mais longas de trabalho e, consequentemente, menos tempo com a família.

Sob este contexto, vale a pena refletir se é isso mesmo que deseja?

Uma dica para ter mais clareza sobre seu objetivo é fazer uma lista com tudo o que você pode ganhar e o que você pode perder ao conquistar o seu objetivo profissional. Mas é preciso ser honesto com você mesmo para elaborar listas verdadeiras que vão ajudá-lo a definir seu objetivo com mais clareza.

Tente. Você vai se surpreender com o resultado.

4. Autoconhecimento é poder

O profissional de sucesso não é apenas aquele que tem uma posição de liderança dentro da empresa e ganha um salário excelente.

O autoconhecimento é o que o ajuda a conhecer quais seus pontos fortes e os pontos que ainda precisam ser trabalhados, bem como traçar seus limites físicos, morais e éticos.

Portanto, para o profissional que quer elaborar um plano de carreira, autoconhecimento é fundamental.

5. Determine prazos para alcançar seus objetivos

Uma boa maneira de se ater ao seu plano de carreira é determinar prazos para as conquistas no meio do caminho e a conquista do objetivo final. Mas, atenção! Determine um prazo viável para que não se frustre e acabe desistindo antes mesmo de começar!

É impossível se tornar CEO de uma empresa em uma semana, porém, em um ano, o objetivo possa estar mais perto. Mais uma vez, seja honesto com você mesmo e tenha flexibilidade para ajustar seus prazos ao longo do caminho.