Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
soft skills

Soft skills: desenvolvendo essas características na equipe

As chamadas soft skills são as habilidades comportamentais e competências subjetivas difíceis de avaliar, mas que fazem toda a diferença na rotina do negócio.

A cada ano, surgem novas características, habilidades e competências que se torna mais requisitadas pelas empresas quando se trata de  critérios de contratação, sendo elas as soft skills.

As chamadas soft skills são as habilidades comportamentais e competências subjetivas difíceis de avaliar, mas que fazem toda a diferença na rotina do negócio.

Para se ter uma ideia, há 5 anos, estas exigências do mercado não eram tão  competitivas,  como são hoje em dia. Os especialistas estão sempre observando tendências e necessidades das corporações. 

Desta forma, além de um bom currículo com cursos, pós-graduação, MBA, idiomas e competências técnicas , são exigidas  outras características do  profissional, por isso é importante estar alinhado com os processos atuais para se destacar entre os outros  candidatos.

O profissional de RH precisa identificar as soft skills no momento do recrutamento e seleção, para conseguir contratar com assertividade.

Saiba o que terá neste artigo:

  • O que são Soft Skills?
  • Hard Skills X Soft Skills
  • Soft Skills dentro da empresa
  • Principais soft skills

Boa leitura!

O que são Soft Skills?

As soft skills na tradução em inglês significam habilidades interpessoais,
que têm a ver com a personalidade e comportamento do profissional, e precisam estar alinhadas com as competências exigidas..

São capacidades mentais, emocionais e sociais, que carregam traços particulares, desenvolvidos  conforme as experiências, cultura e educação de cada um.  

As soft skills se relacionam, em geral, há um conjunto destas habilidades que se complementam. Tem a ver com a forma de se relacionar e interagir com as pessoas e efetivar os relacionamentos no ambiente de trabalho. Nem sempre é fácil identificá-las nas seleções, como são as habilidades comportamentais.

Hard Skills X Soft Skills

As competências técnicas são  chamadas de hard skills. São as habilidades técnicas,  que podem ser ensinadas em uma capacitação, como fluência em um idioma, capacidade de operar determinada ferramenta, software ou máquina, formação superior, MBA, etc.

São bem mais fáceis de quantificar e são também muito importantes para o desempenho do colaborador no ambiente de trabalho. São justamente o oposto das soft skills, cuja avaliação deve ser mais específica e qualitativa.

E a diferença está na mensuração, enquanto a hard skills é facilmente encontrada no currículo do candidato, a soft skill precisa ser observada e os testes devem ser aplicados por um profissional de RH que possa fazer essa análise aprofundada.

Soft skills dentro da empresa

Além de buscar candidatos competentes,que tenham  as soft skills desejadas pela empresa, o RH deve ter também a percepção de desenvolvê-las junto aos seus colaboradores, principalmente após a contratação.

A aplicação de desenvolvimento pessoal, emocional e  interpessoal,  gera  mais diferenciais e credibilidade para a empresa, pois se trata de um investimento importante no capital humano

Uma coisa é oferecer ao colaborador um treinamento técnico para que ele adquira os hard skills, como um incentivo. Outra é desenvolver, ao longo do tempo e no dia a dia , as competências comportamentais que são as soft skills, no ambiente de trabalho.

É possível investir em treinamentos especiais neste quesito, mas o próprio ambiente de trabalho deve ser criado para atender a essas necessidades, bem como a empresa deve adotar uma cultura organizacional alinhada com este propósito.

Há muitas vantagens relacionadas às soft skills para a empresa. Colaboradores com  estas competências comportamentais apresentam mais foco, engajamento, motivação e produtividade maior do que aos que não a desenvolvem.

Um colaborador motivado  pode motivar e repassar conhecimentos a novos aprendizados e outros colaboradores, o que acaba por todos na equipe se inspirem no desenvolvimento humano contínuo.

Principais soft skills

Estas são algumas das principais soft skills desejadas no mercado de trabalho. Elas podem servir de critério nos processos seletivos da sua empresa, e se tornam cada vez mais imprescindíveis. Confira:

Liderança – É a capacidade de engajar pessoas e liderá-las na efetivação do que deve ser feito. Além disso, o líder moderno deve ser um mediador, um servidor de seus liderados, um especialista em sua área de atuação. É importante conhecer a gestão de alta performance e a liderança que estimula o aprendizado contínuo entre os seus liderados, o que é uma forte tendência no universo das empresas.

Orientação para os resultados: Muitos profissionais já possuem uma orientação para o melhor alcance de resultados. Parece ser algo nato, e esta figura pode ser uma impulsionada na equipe. Tem o comportamento de já buscar soluções e caminhos para implementar resultados mais rápidos e melhores.

Criatividade – Um uma competência humana cada vez mais procurada pelas empresas, tendo especial procura em países mais desenvolvidos. Parece que vivemos um período de déficit de criatividade, segundo os especialistas, mesmo com tanta abertura e tecnologia. Ser criativo implica em saber buscar soluções diferentes para determinadas situações.

Comunicação interpessoal – O profissional que sabe se comunicar faz todo o processo do qual participa fluir. Saber se comunicar com as pessoas requer paciência, tolerância, a capacidade de fazer uso de argumentação e diferentes tipos de linguagem, além de saber dar e receber feedback. Muitas empresas investem em capacitação em comunicação interpessoal não é à toa.

Persuasão – A comunicação interpessoal, para muitos, faz parte desta capacidade, assim como Negociação, Resolução de Conflitos, Linguagem Não-Verbal, Empatia e Escuta Ativa. Persuasão tem a ver com a capacidade de convencimento, primeiramente de você mesmo, depois de sua equipe, líderes de equipes, líderes de outras áreas, diretorias, CEO, conselho de administração e público externo.

Colaboração – Cada vez mais vemos rotinas corporativas colaborativas. A colaboração envolve persuasão e criatividade. É a oferta de ajuda em tono de novas ideias que possam fazer a diferença no desenvolvimento de produtos e serviços para gerar valor econômico.

Adaptabilidade – A capacidade de adaptação é importante em cenários que mudam constantemente. Quem é flexível sempre consegue sobreviver as intempéries do mundo corporativo.

Gestão do Tempo – Saber fazer mais com o tempo disponível é uma competência precisa para as empresas. Trata-se de uma grande medida da produtividade de um profissional.

Veja também: Retenção de talentos: conheça 8 boas práticas

Gostou das dicas soft skills do momento? Deixe o seu comentário e compartilhe estas dicas em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau