Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas

Como identificar um ambiente tóxico de trabalho e o que fazer?

No ambiente de trabalho sempre haverá aquele dia em que tudo parece dar errado ou em que as discussões com os colegas parecem não cessar.

Quando o stress se torna motivo de sofrimento ao colaborador, é sinal de que o ambiente de trabalho está tóxico. Mas, como diferenciar o stress do dia a dia e um ambiente tóxico?

Conforme a empresa cresce, todos se tornam tão focados em alcançar metas ainda maiores que não percebem quando um pequeno problema se torna motivo de aflição.

A verdade é que na maior parte das vezes, quando os gestores ou colaboradores se dão conta do problema, já é tarde demais. Os sinais de que algo não está bem são bastante sutis e bem diferentes da nossa ideia de um ambiente tóxico.

Então, o que fazer para não permitir que isso aconteça?

 

Sinais de que o ambiente está se tornando tóxico

1. Há mais queixas do que soluções

As queixas, principalmente no começo, não serão levadas até o gestor. Os colaboradores começarão a reclamar uns para os outros. E os motivos das reclamações serão os mais diversos possíveis: outros colaboradores, equipamentos, clientes, gestores, etc.

A origem das queixas, entretanto, está na mentalidade de derrota que os seus colaboradores estão adotando. A desmotivação e desvalorização levam a isso.

O que fazer?

Quando os colaboradores acreditam que são capazes de lidar com quaisquer situações desagradáveis que surgirem, eles começam a agir em vez de se queixarem passivamente. É preciso que a empresa deixe de focar apenas no que está errado e começar a focar no que vai bem e no que pode ser ainda melhor!

2. Os colaboradores param de dar sugestões e ideias

Quando um gestor ou um líder não pede feedback aos seus colaboradores, eles passam a se sentir desvalorizados. A redução da produtividade e da contribuição de ideias é um sintoma de que isso está acontecendo.

Os colaboradores precisam ter autonomia, propósito e se sentirem realizados para oferecer o melhor deles à empresa.

Lembre-se que o capital humano é o bem mais precioso de uma empresa, principalmente quando se pretende atingir o crescimento da empresa. Invista na Gestão de pessoas e em mostrar que você se importa com seus colaboradores.

3. Os colaboradores fogem de suas responsabilidades

O pior tipo de toxicidade no ambiente de trabalho que existe é aquele que surge da hostilidade entre colegas de trabalho.

Obviamente, não é possível ter a pretensão de que todos os colaboradores se tornarão melhores amigos, mas é esperado que as pessoas que trabalham juntas exerçam suas funções, colaborem com os colegas e clientes de maneira gentil.

Por isso, quando os colaboradores começam a fugir de suas responsabilidades e deixam que os outros arrumem suas bagunças, uma mensagem de desrespeito com os colaboradores e com a empresa é passada.

 

Como melhorar e prevenir ambientes tóxicos de trabalho

A mudança na cultura organizacional precisa vir de cima! Os gestores precisam estar alinhados no propósito de criar um ambiente cortês e harmonioso, sem exageros.

O primeiro passo para acabar com um ambiente tóxico de trabalho é ter a coragem de mudar e a disciplina para implementar as mudanças necessárias na cultura da empresa. Um ambiente de trabalho próspero deve ser erguido e cultivado e é responsabilidade do líder fazer com que todos acreditem e busquem por isso.

Crie uma nova cultura organizacional com os colaboradores

Inclua seus colaboradores na elaboração da nova cultura organizacional. Ter suas opiniões ouvidas e valorizadas é um ótimo começo para o fim da toxicidade no ambiente de trabalho.

Cuide de seus colaboradores problemáticos

Toda empresa tem um colaborador que parece estar sempre envolvido nos problemas. Isso vem de uma negatividade e pouca ética.

Em vez de demiti-lo, tente educá-lo. Converse abertamente com o colaborador, ouça suas reclamações e ofereça uma espécie de coaching para que ele ajuste suas atitudes com o que é esperado dele.

Busque sempre por um pouco mais

O gestor deve estar sempre preparado para despertar o melhor em cada pessoa que encontrar durante a jornada de trabalho: colaboradores, analistas, gerentes, etc. Tentar despertar neles a busca por um pouco mais é bom para os negócios e para levantar o moral das equipes.

Reconheça a melhora

Mesmo que a melhora no ambiente de trabalho seja pequena, reconheça o esforço de todos os envolvidos.

Colaboradores que se sentem valorizados são leais, dedicados e trabalham duro para o sucesso da empresa. Dessa forma, as novas ideias, a positividade e o aumento da produção serão consequências naturais do trabalho realizado.