Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas
Cargos e salários

Plano de cargos e salários para sua empresa: como fazer?

Quando cargos de confiança não são preenchidos com candidatos adequados, todas as estratégias e metas de uma empresa estão em risco!

Mesmo os bons gestores podem se complicar na hora de escolher o candidato perfeito para ocupar uma posição essencial dentro da organização. Afinal de contas, escolher o melhor entre dois candidatos que possuem qualificações e habilidades técnicas não é uma tarefa fácil.

Sob este aspecto, criar um plano de cargos e salários se torna uma ferramenta valiosa para atrair e reter talentos, além de assegurar que os cargos de confiança sejam ocupados pelos colaboradores que mais se encaixam nos perfis exigidos.

Vamos conhecer as vantagens e como fazer um plano de cargos e salários bem estruturado!

 

Por que criar um plano de cargos e salários?

Um plano de cargos e salários pode ser considerado uma estratégia competitiva, pois é um recurso que tem como objetivo adquirir o equilíbrio organizacional, definindo as funções, deveres e direitos de cada cargo.

Após a idealização e implantação deste plano, os colaboradores começam a conquistar as habilidades e as experiências para que se tornem profissionais de alta performance e, assim, são capazes de trazer mais resultados à empresa.

O plano de cargos e salários traz uma série de vantagens para a empresa e para os colaboradores.

 

Vantagens em fazer um plano de cargos e salários para sua empresa

A implantação de um plano de salários em uma empresa é vantajoso para todos!

Para as empresas, os benefícios são:

  • Ficar entre as empresas mais importantes de seu segmento e de acordo com o seu porte;

  • Redução da rotatividade de colaboradores. Um plano de carreira e salários permite que o colaborador saiba quais são as promoções que pode conquistar e quais o caminho que precisa seguir até chegar até elas;

  • Atração e retenção de talentos;

  • Colaboradores mais engajados e ajustados com a cultura, missão e valores da empresa;

  • Colaboradores que se tornam porta-vozes de suas empresas.

 

Para os colaboradores, as vantagens de um plano de cargos e salários são:

 

  • Saber exatamente qual o seu papel e sua importância para a empresa;

  • Conhecer as promoções e seus respectivos benefícios que pode alcançar;

  • Ter a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos e habilidades;

  • Conhecer os critérios que precisa alcançar para conquistar novas oportunidades;

  • Saber que seu desempenho e desenvolvimento pessoal são valorizados e recompensados pelos gestores;

  • Se sentirem parte de uma organização.

 

Como fazer um plano de cargos e salários para sua empresa

Veja a seguir o passo a passo para criar um plano de cargos e salários para sua empresa.

 

Conheça a estrutura atual de sua empresa

Antes de começar com o novo, é preciso compreender o que já está implantado. Por esse motivo, o primeiro passo é conhecer a estrutura organizacional atual da sua empresa!

Faça uma tabela com todos os cargos, descrições das funções e salários atuais. Além disso, descreva a hierarquia organizacional para que fique a situação atual e o que precisa ser mudado fiquem bem claros.

Conheça, também, as políticas internas da empresa, as estratégias, processos administrativos e tudo o que envolva o relacionamento com o colaborador.

Outro ponto importante é conhecer a tabela salarial praticada no mercado, afinal, cada função do plano de cargos e salários deve estar de acordo com as outras empresas. Quando isso não acontece, o colaborador pode migrar para um concorrente.

De posse desses dados, é chegado o momento de pensar sobre o tipo de plano de carreira!

 

Defina o plano de carreira para seus colaboradores

A definição do plano de cargos e salários que vai oferecer aos seus colaboradores é o passo mais importante da criação. É por meio deste plano que a empresa alcançará os benefícios listados acima.

Há vários modelos de planos de cargos e salários e, certamente, um deles é o mais adequado para sua empresa. Porém, há três tipos de planos de cargos e salários que são amplamente utilizados por organizações bem-sucedidas e que possuem colaboradores de alta performance.

 

1. Plano de cargos e salários em I

Nesse tipo de plano de cargos e salários, o caminho que o colaborador precisa seguir para alcançar as promoções é único e em linha reta, na vertical, como sugere a forma da letra I.

Portanto, nesse tipo de plano de carreira, a hierarquia da empresa segue a linha reta, na vertical e é assim que as promoções acontecerão, ou seja, sempre para cima na hierarquia. O colaborador pode ir de um cargo mais baixo para um mais alto, mas nunca o contrário.

2. Plano de cargos e salários em Y

Mais uma vez, o plano de cargos e salários segue a forma da letra. No caso da letra Y, há um momento em que o colaborador terá duas opções de crescimento e precisará escolher qual caminho seguir.

Como no modelo anterior, a linha de promoção é sempre para cima, ou seja, o colaborador sempre ocupará um cargo superior ao seu, não inferior. No entanto, ele terá que escolher entre dois cargos, por exemplo, de gestor ou analista.

3. Plano de cargos e salários em W

O terceiro plano de cargos e salários mais utilizado pelas organizações bem-sucedidas é o plano W.

Como nos exemplos anteriores, no plano de cargos e salários em W, o colaborador ascende (nunca descende), mas possui uma terceira opção de caminho a seguir.

Ele poderá seguir para dois cargos distintos ou um cargo que representaria a junção de dois. O colaborador pode se tornar um líder e manter suas especialidades paralelamente.

 

Estabeleça os critérios para promoções e aumento de salários

Os critérios para que os colaboradores possam conquistar as promoções e os aumentos de salários devem ser bem claros e objetivos. Todos, colaboradores e gestores, devem estar cientes desses critérios.

Assim, todos conseguirão acompanhar o desenvolvimento dos colaboradores e saber exatamente onde querem chegar!

Dentre os requisitos que podem entrar como critério na avaliação, destacam-se:

  • Resultados obtidos
  • Tempo de empresa
  • Qualificações e especialidades
  • Feedback positivo de ações executadas
  • Engajamento, etc

Priorize os quesitos fundamentais para a sua empresa para compor os critérios do plano de cargos e salários de sua empresa.

 

Deixe claro que o sucesso é um desejo de todos

Embora a criação de um plano de cargos e salários para a empresa seja responsabilidade da direção e do RH, os gestores de todos os departamentos podem – e devem – aproveitar a oportunidade e oferecer a ajuda na descrição dos cargos e planejamento de carreira para os cargos sob suas responsabilidades.

Os líderes de cada departamento precisam compreender a importância do papel deles na implantação e desenvolvimento do plano de cargos e salários. Além disso, participar da elaboração do plano de carreira dá a eles a oportunidade de permitir que todos compreendam que tipo de habilidades e especializações os colaboradores de seus departamentos precisam ter e desenvolver.

 

Divulgue plano de cargos e salários da sua empresa

Se você seguiu este pequeno guia para montar seu plano de cargos e salários da sua empresa, então está na hora de documentá-lo e divulgá-lo!

Esta etapa final exige ainda mais transparência. Por esse motivo, é preciso planejar como será feita a divulgação.

Veja abaixo três maneiras eficientes que podem ser utilizadas para a divulgação do plano de carreira:

  1. Nas empresas de pequeno e médio portes, ainda é possível marcar uma reunião com cada colaborador e apresentar o plano de carreira. No entanto, pode ser uma tarefa trabalhosa e que exija tempo do departamento de RH e dos gestores.

  2. Se a empresa possui diversos departamentos, uma boa solução é fazer a divulgação com uma reunião em cada um dos setores. Neste caso, além do RH, a presença do gestor de cada departamento será apreciada e trará mais confiança aos colaboradores.

  3. Caso seja possível, uma ação motivacional coletiva, com todos os colaboradores e gestores presentes, é excelente para divulgar o novo plano de cargos e salários da empresa.

 

Depois de divulgado e implantado, é importante acompanhar o desenvolvimento dos colaboradores de cada setor, colhendo informações diretamente com os gestores ou, ainda, contando com a ajuda da tecnologia.