Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp

Terceirizar o RH vale realmente a pena? Decida aqui!

A discussão sobre terceirizar o RH ou não, é uma das mais complexas —  e igualmente importantes —- dentro de uma empresa. Este é um tema delicado, principalmente porque todos os processos burocráticos, os quais envolvem desde a contratação até o acompanhamento da carreira do colaborador, são de responsabilidade da área de Recursos Humanos.

E as obrigações do setor não param por aí: uma boa gestão de pessoas por si só já é uma tarefa de peso, tendo muita relevância para levar qualquer empresa ao sucesso.

Sob este contexto, é comum surgirem algumas dúvidas às organizações em relação ao assunto. A questão gira em torno do que vale mais a pena: fazer a terceirização ou a internalização do departamento de RH como um todo.

Para responder estas questões, preparamos este artigo, que vai ajudar os gestores a compreenderem as vantagens e desvantagens de cada uma dessas ações, e dessa forma, tornar possível que se tome a melhor decisão para as suas empresas Acompanhe a seguir!

cartão ponto

Terceirização x internalização: quais são as diferenças?

A opção de terceirizar o RH é ideal para as empresas que precisam reduzir custos e aproveitar o espaço físico da empresa. Os gestores podem realizar suas funções tranquilamente sabendo que todos os processos burocráticos da empresa estão sendo realizados por equipes competentes.

Além disso, ao escolher uma empresa de RH especializada, os processos burocráticos passam a ser mais ágeis, o que é uma vantagem competitiva para a empresa.

A terceirização é mais indicada para empresas de pequeno ou médio porte e é uma decisão inteligente quando a empresa precisa abrir um novo processos de recrutamento e seleção ou preparar treinamentos, por exemplo.

Vale citar que, por trabalhar exclusivamente neste segmento, as empresas terceirizadas de RH oferecem serviços altamente especializados e utilizam soluções tecnológicas para aprimorar suas atividades.

A opção de internalizar o RH é ideal para empresas maiores, principalmente por causa dos custos do setor. Além do custo para implementação do setor, os profissionais de RH precisam de softwares que facilitem e agilizem os processos, bem como soluções tecnológicas que realizem boa parte da burocracia, como o controle de ponto e elaboração da folha de pagamento, entre outros, para que eles sejam capazes de fazer uma gestão de pessoas eficiente.

Vantagens ao terceirizar o RH

Baixo custo

Principalmente quando comparado ao custo da implantação de um setor de RH dentro da empresa. Geralmente, o gestor paga um valor mensal para ter todos os serviços e benefícios de um departamento de RH. Isso significa que a despesa com RH passa a ser uma despesa fixa e, por isso, mais financeiramente interessante. Essa é a principal vantagem do RH terceirizado sobre o RH internalizado.

Alta eficiência

As empresas que oferecem o serviço terceirizado de RH são especializadas. Isso significa que possuem conhecimento e recursos para otimizar e agilizar os processos burocráticos do setor. Muitas vezes, os colaboradores da empresa que trabalham no RH não são especializados.

Flexibilidade

 Ao terceirizar o RH a empresa aumenta o seu poder de escalabilidade. Ao expandir não será necessário mexer na estrutura da empresa para expandir o RH. Com o serviço terceirizado, basta expandir a contratação dos serviços. Aliás, os serviços que podem ser terceirizados são: processos de recrutamento e seleção, controle de ponto e elaboração da folha de pagamento, administração dos benefícios, entre outros. Toda essa movimentação fica inviável na internalização devido aos custos e as limitações de espaço.

Vantagens em ter um RH internalizado

Assertividade na seleção de profissionais com o perfil da empresa

Ao ter uma área de Recursos Humanos internalizada, os profissionais, de fato,  fazem parte da empresa. O que significa que eles vivem a cultura da empresa.

Quando cuidarem dos processos de recrutamento e seleção, por exemplo, e toda a parte relacionada a entrevistas de emprego, esses profissionais de RH já possuem os conhecimentos necessários para identificar novos talentos que têm o fit ideal com a organização. 

Neste sentido, eles analisam perfis, comparam os currículos e a habilitações dos candidatos e selecionam os melhores funcionários para integrar a empresa de forma muito mais assertiva.

Contato e ação direta com os colaboradores

É frequente na maioria das empresas que o RH se encarregue de levar críticas, propostas e elogios movidos pelos colaboradores, sobretudo aqueles provenientes das operações de base nas grandes organizações, para o conhecimento dos líderes das área ou do administrador geral. Neste contexto, um RH interno consegue despertar uma relação de maior confiança e “menos frieza” com os profissionais ao atender esse tipo de demanda.

Empresa colaborativa

Por fim, é também função do setor de Recursos Humanos analisar, melhorar e projetar os processos que estão acontecendo internamente na empresa. O objetivo a partir dessas ações é propor técnicas que estimulem a gestão compartilhada do conhecimento e uma tomada de decisão mais horizontal pelas lideranças. E isso fica mais difícil ao terceirizar o RH.

Em linhas mais simples, toda iniciativa voltada para desenhar novas formas de organizar as pessoas, e que envolvam o compartilhamento do conhecimento coletivo, devem ser responsabilidade da área. Um RH internalizado vai proporcionar um clima interno melhor, pois se baseia na experiência do cliente interno, ou seja, na vivência dos colaboradores olhando para todo o seu período na empresa.

O que é melhor: internalizar ou terceirizar o RH?

Se a equipe de Recursos Humanos perde muito tempo com trabalhos burocráticos, preenchendo papeladas e evitando multas trabalhistas, muitas vezes acaba deixando de lado aspectos importantes na vida de um profissional. Injeção de motivação, criação de um plano de carreira para todos os setores, atividades de aproximação da equipe e criação de vínculos, tudo isso é muito importante para o desenvolvimento da empresa.

Um negócio deve ser tocado com foco total e disposição. Gastar tempo e energia regulando contas das folhas salariais, benefícios e custos de treinamentos em momentos que o RH precisa gestar em âmbitos mais importantes pode ser um erro determinante.

Portanto, a melhor maneira para saber o que é melhor para sua empresa é colocar os gastos em uma planilha e fazer comparações. Calcule os custos e acrescente as despesas mensais. Em seguida, compare as duas modalidades e veja o que se encaixa melhor em seu orçamento.

É importante analisar o fluxo de trabalho do RH para decidir se a terceirização ou a internalização é o mais adequado à sua empresa.

Controle de Ponto

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau