Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas

Melhores técnicas de dinâmica em grupo

A dinâmica em grupo é utilizada amplamente em empresas de grande porte e como etapa decisiva em diversos processos seletivos. É por meio dela que se avalia a capacidade de trabalho em equipe dos colaboradores.

Dentro do ambiente de trabalho, a dinâmica de grupo exerce, ainda, um papel mais importante: a de integrar os colaboradores para que possam trabalhar harmoniosamente em equipe, compartilhar informações e serem levados ao objetivo comum a todos: o sucesso da empresa e, consequentemente, de quem faz parte dela.

Listamos abaixo as melhores técnicas de dinâmicas em grupo para serem aplicadas em sua empresa. Acompanhe!

 

Dinâmica de grupo: melhores técnicas

Antes de aplicar qualquer técnica de dinâmica em grupo, é preciso ter em mente que seu  objetivo principal é promover o relacionamento interpessoal e a convivência harmoniosa com as diferentes personalidades que compõem o ambiente de trabalho; além de promover a consciência de trabalho em equipe e incentivar os colaboradores a descobrirem novas maneiras de trabalharem juntos, novas maneiras de lidarem uns com os outros e de superarem situações adversas ou de crise juntos.

Nos treinamentos periódicos propostos pela empresa, a dinâmica tem, ainda, o objetivo de fazer com que todos os colaboradores se conheçam e possam aprimorar suas relações.

Vamos conhecer as técnicas de dinâmicas?

 

Dinâmica 1

Objetivo: confiança mútua e comprometimento

O que é preciso para aplicar a dinâmica: objeto pessoal de cada participante que tenha valor emocional.

Como fazer:

  1. Coloque todos os objetos pessoais trazidos dentro de um recipiente em que não seja possível identificar seus donos.

  2. Faça um sorteio, como se fosse a brincadeira de amigo oculto (amigo secreto).

  3. Cada sorteado receberá um objeto e ele deverá descobrir a quem o objeto pertence.

  4. Determine um tempo em que os participantes deverão ficar com o objeto do outro. Incentive a troca de bilhetes com perguntas para que eles tentem descobrir quem é o dono.

  5. No dia marcado, os participantes deverão dizer a quem o objeto pertence e como conseguiram chegar à conclusão. Deverão contar, também, os cuidados que tiveram com o objeto recebido.

 

Dinâmica 2

Objetivo: conhecer uns aos outros, promover o bom relacionamento, identificar traços de personalidade e preferências.

O que é preciso para aplicar a dinâmica: papel e caneta.

Como fazer:

  1. Cada participante escreve em sua folha duas características ou manias dele.

  2. Recolha os papéis e os redistribua aleatoriamente.

  3. Ao receber o novo papel, o participante deverá fazer mímicas das características ou manias descritas.

  4. O grupo precisa adivinhar a quem o papel pertence originalmente.

  5. Após a participação de todos, cada um deverá dizer o porquê de ter escrito aquelas características e manias no papel.

 

Dinâmica 3

Objetivo: praticar a comunicação não-verbal por meio de gestos e comportamentos.

O que é preciso para aplicar a dinâmica: nenhum material extra.

Como fazer:

  1. Os participantes deverão ser divididos em duplas aleatórias. Evite colaboradores que já se conhecem.

  2. A dupla deverá se comunicar durante 15 minutos sem falar ou escrever.

  3. Passado o tempo, cada um deverá contar como foi a experiência e se entendeu o que o outro quis comunicar.

 

Dinâmica 4

Objetivo: aprofundar a integração e a comunicação não verbal entre membros de uma equipe.

O que é preciso para aplicar a dinâmica: som ambiente com música instrumental.

Como fazer:

  1. O orientador da dinâmica aponta que os participantes fiquem de pé, formando um círculo.

  2. Depois, todos devem se concentrar e olhar nos olhos uns dos outros. Ao encontrar e fixar o olhar com alguém, os dois deverão se deslocar para o centro do círculo, se abraçar e se colocar um no lugar do outro.

  3. O exercício deve continuar até que todos tenham passado pelo processo, fazendo com que barreiras sejam derrubadas sem que ninguém precise dizer uma única palavra.

Este exercício pode ser aplicado juntamente com outras dinâmicas, servindo de fechamento.

 

Dinâmica 5

Objetivo: fazer com que cada um destaque suas as características que julgar importantes ao mesmo tempo que faz com que os outros do grupo lhe conheçam ainda mais.

O que é preciso para aplicar a dinâmica: o coordenador deve escrever 11 tipos 11 tipos psicológico em 11 papéis e os deixar em um saco para sorteio mais tarde.

Como fazer:

  1. Cada integrante deverá tentar se vender em apenas 5 minutos. A ideia é que eles usem suas características e se transformem em um produto.

  2. Antes de começar a apresentação, o indivíduo deverá tirar 1 papel do saco e somente o abrir quando o coordenador pedir, o que acontecerá durante sua apresentação.

  3. Sem qualquer interrupção, a pessoa deve abrir o papel e incorporar o tipo psicológico do papel durante a apresentação.

  4. O que está escrito só deve ser revelado após a apresentação. Todos devem opinar sobre as coerências ou incoerências do que estava escrito no papel para o resto da apresentação dele.

 

Dinâmica 6

Objetivo: mostrar aos integrantes que é natural pedir ajuda quando preciso, e também ajudar aos outros.

O que é preciso para aplicar a dinâmica: criação de fichas para todos os participantes com características de personalidade. Por exemplo, uma ficha pode estar escrito atencioso e prestativo.

Como fazer:

  1. Separe o grupo em 2 times.

  2. Os integrantes de um time serão os mentores e os outros serão os aconselhados.

  3. Cada um pega uma ficha e deve agir de acordo com a personalidade que está lá e com o cargo de dar ou de receber conselhos.

 

O importante da dinâmica em grupo é fazer com que os colaboradores consigam desenvolver empatia para que possam aprimorar seus próprios comportamentos em relação aos demais.