Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
cultura organizacional

Cultura organizacional: Como identificar de uma empresa?

Cultura organizacional, é um dos assuntos que ganhou notoriedade nos últimos tempos pela sua importância no posicionamento da empresa perante o mercado. Se alguém realizasse um questionamento sobre a cultura de uma determinada organização, você saberia responder?

Ela é um dos principais pilares que possibilitam que os colaboradores de uma empresa alcancem seu potencial, utilizando a própria estrutura interna.

Cultura organizacional: O que é?

A cultura de uma organização pode ser visualizada em duas vertentes, onde uma é abstrata e a outra, pode ser aplicada dentro do ambiente empresarial. Ela é denominada como um conjunto de crenças, missões e objetivos da empresa, que auxiliam na orientação da forma com que a empresa atua, e que é compartilhada entre os colaboradores.

Uma empresa que possui uma cultura definida, está pautada em um sistema que tem solidez em sua base, que faça com que ela seja única, valorizando a forma com que ele está relacionando com o público interno e externo.

A cultura de uma organização é definida de acordo com a percepção que ela exerce dentro do mercado, de forma que se assuma como a bússola de moralidade e ética, que guia os caminhos em relação ao desempenho, tanto interno quanto externo.

Do que é composto a cultura organizacional?

A composição da cultura de uma organização parte dos seus valores morais, que são guiados por inúmeros preceitos. Existem 3 pilares centrais, que é de onde parte a cultura da companhia, que são eles: Valores, Missão e Visão.

Com a integração dos 3 pilares que é possível a criação de uma cultura forte, engajada e que seja inspiradora, fazendo com que os colaboradores atuem em sincronia para chegar até os seus objetivos. Entenda um pouco mais sobre cada um dos valores:

Missão

A missão é a declaração sobre os reais propósitos da empresa, e das suas responsabilidades com seus consumidores. Para que uma empresa consiga definir a sua missão, algumas perguntas devem ser respondidas, como por exemplo:

  • Por que a empresa existe?
  • Para quem seus serviços/produtos estão sendo criados?
  • O que ela faz?

A partir das respostas, é possível identificar a principal missão da empresa, o que a ajuda na criação de uma cultura organizacional consistente, e bem definida, que foi baseada no pensamento e nas ideologias dos seus criadores.

Visão

Já a visão, ela é a descrição do futuro que está idealizado pela companhia, uma declaração dos objetivos que serão perseguidos e será alcançado através de esforço da equipe e de cada um dos colaboradores, através da utilização dos recursos que estão disponíveis.

Ao definir a visão da empresa, ela precisa afirmar, de forma prática e totalmente realista, a sua descrição, não deve contemplar um desejo que não será alcançado. Mas pode ser um processo evolutivo, de um trabalho que já em andamento.

Veja algumas perguntas que podem ajudar na definição da visão da empresa:

  • O que o meu negócio pretende se tornar?
  • Quais são os caminhos que serão seguidos pelo colaboradores e liderança para alcançar os objetivos?
  • A minha empresa no futuro, como será?

Valores

Finalmente chegamos aos valores, que são pautados nas crenças e princípios da empresa, e servem para guiar os comportamentos de forma geral. Além das decisões e ações dos colaboradores no cumprimentos das suas atividades.

De uma forma integrada, eles definem os valores através de um conjunto básico de regras, que farão a orientação das atitudes e comportamento dos colaboradores, de forma que os objetivos que foram traçados sejam cumpridos.

 E os níveis que fazem a composição da cultura organizacional?

Agora que já entendemos a importância dos pilares, precisamos entender a divisão da cultura em 3 níveis, que estão relacionados à forma com o mercado enxerga a empresa, como a empresa se posiciona e no que a empresa acredita.

Nível 01 – Como o público enxerga a empresa: Artefatos

Essa é a camada mais externa, que são as características empresariais que o consumidor enxerga, que é considerada como o primeiro nível da cultura da organização.

A camada de artefatos está composta pela simbologia utilizada pela marca, pelo catálogo de produtos, pela sua formalidade e pela sua hierarquia. Todos esses são exemplos que estão contidos dentro da primeira camada.

Uma marca mais tradicional, está pautada em uma simbologia mais monocromática, com um texto mais formal. E assim, é possível que o público consiga identificar alguns padrões que sinalizem como é a cultura da empresa.

Nível 02 – Como é o posicionamento da empresa:  Valores compartilhados

Os valores compartilhados fazem parte da camada intermediária, mais profundo que a primeira camada, seus valores não estão totalmente abertos, mas não são ocultos.

É possível citar como exemplo os valores que são estabelecidos para a execução do negócio, das regras de comportamento interna, a filosofia praticamente dentro da organização e tudo que possa justificar seu posicionamento e sua atuação no mercado.

Nível 03 – No que a empresa acredita: Premissas

Esse é o nível mais profundo da cultura da organização, eles estão contidos no núcleo da empresa. Ele não pode ser visualizado externamente, constituído pelas crenças e sentimentos dos fundadores da empresa. É nas premissas que identificamos o verdadeiro objetivo de uma organização.

Tipos de cultura organizacional: Quais são?

As características culturais da sua empresa são importantes para a formação de equipes que estejam alinhados com os objetivos da empresa, tornando-se necessário entender o tipo da cultura que está sendo praticada e qual aquele que se pretende aplicar. Conheça os tipos.

Cultura organizacional do poder

Muito comum em empresas menores, onde existe a centralização do poder para tomada de decisão, normalmente no proprietário do negócio. Os resultados são obtidos a partir de metas traçadas a curto prazo.

Cultura da tarefa

Um tipo de cultura mais flexível, que permite mudanças estruturais no poder, o que dá mais liberdade para a atuação criativa dos colaboradores.

Cultura da pessoa

A cultura da pessoa direciona seus esforços para seus colaboradores, com ações que visam ouvir as ideias de forma individual e coletiva, que valorizam o trabalho e o esforço. A valorização e o incentivo aos colaboradores fazem parte das suas principais preocupações. Já sua cultura está direcionada ao crescimento individual e coletivo.

Cultura organizacional forte

E por fim, chegamos até a cultura forte, onde a organização está focada no desempenho dos colaboradores, totalmente organizada e estruturada, influenciando o comportamento e as ações das equipes. Toda a cadeia produtiva conta com envolvimento, desde o recrutamento até a encerramento do contrato de trabalho.

Experimente Oitchau, o sistema de controle de ponto mais completo & seguro do mercado, que permite acompanhar horas trabalhadas em tempo real! Com os métodos mais avançados de verificação de ponto, jornadas semanais, flexíveis e turnos, e Banco de Horas totalmente personalizado.

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau