Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
falta no trabalho

Falta no trabalho: como administrar? Quais recursos utilizar?

A falta no trabalho tem um impacto muito grande na produtividade da empresa e nas atividades da equipe. Também é um indicador de muitos problemas que possam estar acontecendo com o colaborador e com este em relação à empresa. Veja a seguir como administrar a falta no trabalho e quais os melhores recursos disponíveis!

A questão do absenteísmo na empresa

A falta non trabalho é uma questão complexa. São muitos os motivos que levam o trabalhador a se abster do seu trabalho e isso impacta de muitos modos o desenvolvimento da empresa.

Vale dizer que não basta recrutar os melhores talentos se a empresa não consegue mantê-los motivados e engajados, ou se a empresa não tem um controle de faltas assertivo. Também antes de cobrar produtividade, é preciso rever as condições às quais estão submetidos os seus colaboradores. O absenteísmo nas empresas – o índice de faltas dos funcionários no trabalho – é um problema muito comum e deve ser tratado com atenção.

As faltas não devem acontecer, mas se acontecem, devem ser analisadas e administradas da melhor forma. Em empresas com uma cultura organizacional transparente e humanizada, com ambiente sólido de trabalho e onde o colaborador tem espaço para expor críticas e problemas, os índices de absenteísmo são baixos. Isso indica que a estrutura da empresa impacta diretamente no bem-estar e na produtividade de seus colaboradores.

A falta no trabalho podem acontecer de forma organizada – quando há o aviso da falta e o seu controle – ou de forma inesperada e frequente. O problema nem está no fato do colaborador precisar faltar muito de vez em quando, mas como a empresa tem a capacidade de controlar isso, gerir melhor as equipes em desfalque e criar estratégias para administrar e prevenir as faltas.

Em contraponto, o excesso de faltas pode representar um local tenso e estressante, com sobrecarga de trabalho, queda da motivação e ausência de liderança.

O que é o absenteísmo nas empresas?

Absenteísmo se refere às ausências não programadas no trabalho tanto por faltas, atrasos ou saídas antecipadas. São vários os motivos que levam a falta no trabalho: problemas com o transporte, consultas médicas e doenças, problemas familiares, etc. As empresas até supõem uma certa quantidade de dias por ano, mas esse número não pode extrapolar.

Se há como criar uma margem e mensurar o absenteísmo, é possível também desenvolver políticas de prevenção, bem como adotar sistemas de controle de faltas. Esta é uma ação para evitar perdas maiores para a empresa, que vão desde custos operacionais, custos com novas contratações e treinamentos, despesas com desligamentos, despesas em processo de recrutamento e seleção, etc. Manter um colaborador que falta frequentemente também impacta muitíssimo nos resultados da empresa.

Motivos principais da falta no trabalho

Entender os motivos que levam as pessoas a faltarem é o primeiro passo do gestor. Conforme dados da Circadian, há pelo menos cinco razões principais mais comuns e usadas para explicar as faltas:

  • Doenças dos colaboradores — 30%
  • Questões pessoais — 27%
  • Assuntos familiares — 20%
  • Estresse — 12%
  • Mentalidade de direito (pessoa se considera no direito de faltar) — 12%

Estes podem ou não serem os motivos de seus funcionários estarem faltando. É preciso investigar e levantar dados com provas e argumentos, para depois, supor alternativas e políticas que ajudem a controlar o problema da falta no trabalho.

O papel da empresa

Nem a empresa e nem o colaborador é, na maioria dos casos, plenamente responsável pela falta no trabalho. No caso do trabalhador, problemas pessoais podem ter causas alheias ao seu controle. Pode ser ainda um problema individual de adaptação à empresa, mesmo que ela tenha uma estrutura acolhedora. Por parte da empresa, nem sempre irá atender a todos os tipos de colaboradores, mesmo que tenha uma cultura organizacional horizontal e humanizada.

Contudo, sejam quais foram os motivos e as estratégias mais específicas para sanar o problema da falta no trabalho, a empresa pode compreender e adotar políticas para prevenir alguns problemas muito comuns – o foco é identificar sintomas:

  • Desmotivação
  • Jornadas exaustivas
  • Condições inadequadas de trabalho
  • Ambiente inadequado
  • Relacionamentos interpessoais no trabalho pouco satisfatórios
  • Empresa não administra adequadamente conflitos
  • Baixa remuneração e falta de perspectiva
  • Estresse
  • Depressão
  • Síndrome de Burnout
  • Excesso ou falta de responsabilidade sob o trabalhador
  • Falta de engajamento
  • Não há políticas em relação à experiência positiva do trabalhador
  • Desconhecimento sobre a legislação para atrasos e faltas
  • Falta de plano de carreira
  • Falta de conexão com a cultura da empresa
  • Falta de uma política de controle de horários, faltas e prevenção das mesmas

Considerando estes fatores, a empresa pode criar políticas e campanhas para prevenir a falta no trabalho e efetivar melhores condições para o trabalhador – isso não evitará apenas faltas, mas pode aumentar a produtividade e evitar o turnover.

Como lidar com colaboradores recorrentemente faltantes?

Muitas vezes o absenteísmo nas empresas está diretamente ligado aos funcionários. Se ocorrem ausências justificadas, como licença médica, os gestores absolvem os casos. Mas se o funcionário é ausente recorrentemente, é preciso identificar os motivos e tomar providências. Afinal, a ausência de alguém torna as outras pessoas sobrecarregadas. E isso prejudica o desempenho da equipe, a efetividade dos processos e a produtividade da empresa.

O primeiro passo é solicitar que a liderança tenha uma conversa individual e franca com o colaborador que falta, sabendo ouvi-lo e dando espaço para que ele se expresse. Deve-se falar sobre os problemas causados pelas faltas, tanto para a empresa quanto para ele. E deve-se ainda compactuar com ações para que se evite que o problema se estenda. Caso não tenha resultados, é importante tomar atitudes mais extremas.

O que diz a legislação

A lei trabalhista é clara quando prevê certos casos em que as faltas podem ser justificadas e por quantos dias, sem trazer prejuízo para o salário dos colaboradores.

  • Até dois dias seguidos em virtude de falecimento de cônjuge, irmão, ascendente e descendente;
  • Até três dias consecutivos quando for se casar;
  • Até dois dias para cadastramento eleitoral;
  • Pelo tempo necessário caso tenha que comparecer em juízo.

O artigo 473 da CLT traz ainda faltas que são abonadas. Mas no caso de faltas injustificadas, o trabalhador deve compensar as horas perdidas ao longo da semana ou será descontado do seu salário o valor do dia de trabalho. O desconto é permitido por lei, mas a forma de aplicação deve ser acordada.

Se falta injustificada ocorre por mais de 30 dias consecutivos, configura o abandono de emprego. A empresa pode rescindir o contrato do funcionário por justa causa, o que diminui em parte os direitos trabalhistas.

Como calcular o absenteísmo nas empresas

Para contornar prejuízos e proteger a produtividade e o fluxo de trabalho das equipes, é importante adotar maneiras para administrar a falta no trabalho. Para isso, é preciso que a empresa tenha um controle de horas trabalhadas. O sistema Oitchau traz algumas funcionalidades interessantes:

  • Controle de Ponto Digital – com diferenciais de segurança e antifraude
  • Controle de férias – administra pedidos de ausência, abono ou férias.
  • Controle de equipes externas
  • Controle da jornada de trabalho – flexível, turnos e semanal
  • Relógio de ponto – integrado ao REP
  • Plataforma integrada para a melhor mensuração dos resutados

Ter dispositivos flexíveis que controlam os horários de trabalhos em todos os momentos, oferecendo informações ao gestor em tempo real, para a melhor tomada de decisão, é essencial para uma empresa se manter produtiva e competitiva.

Veja também: Gestão do trabalho: quando se preocupar com ponto?

Gostou das novidades sobre como administrar a falta no trabalho? Deixe o seu comentário e compartilhe estas dicas em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau