Crowdsourcing

Crowdsourcing: como utilizar este recurso e quais as suas vantagens

Você já deve ter ouvido o ditado “duas cabeças pensam melhor que uma”. E se várias cabeças estivessem à disposição do seu projeto ou negócio? Esta é, de forma simplificada, a ideia proposta pelo crowdsourcing. A proposta é pensar junto e agregar conhecimento para a solução de demandas, através de um processo criativo e colaborativo de alta performance. É este conceito que você entenderá agora!

O que é o crowdsourcing?

Há pelo menos 10 anos que este termo é utilizado em todo mundo, mas no Brasil parece uma ideia bastante nova. O conceito surgiu em 2006 quando os editores da Revista Wired, Jeff Howe e Mark Robinson fundiram as palavras crowd (multidão) e outsourcing (terceirização).

Se outsourcing é uma prática muito comum entre as empresas, parece estar agora dando espaço para um método de interação social para o desenvolvimento de soluções que beneficiem o maior número de pessoas.

Podemos traduzir crowdsourcing como terceirização coletiva que envolve a produção e gestão de conhecimentos coletivos e voluntários para solucionar problemas do dia a dia. Todos os segmentos podem utilizar este conceito – de projetos de TI a empresas de serviços ou a indústria. E demandas de qualquer setor da empresa também podem ser beneficiadas. Grandes empresas como Google, Fiat e NASA já fizeram uso deste modelo.

Novos conhecimentos com baixo custo

O trabalho coletivo é uma ideia que vai se propagar muitíssimo nos próximos anos aqui no Brasil. Construir conhecimentos juntos é uma maneira de criar um futuro sem limites para os novos diferenciais e regras do mercado. E a sua empresa não pode ficar fora disso.

Ainda mais que este conceito tem baixo custo e ajuda a solucionar aqueles problemas que há muito tempo persistem no seu negócio. Talvez você não esteja conseguindo visualizar como isso funciona. Vejamos alguns exemplos de como utilizar o crowdsourcing em sua empresa:

  • É possível dar um upgrade em processos e projetos do seu negócio contanto com conhecimentos internos e externo e participação de um grupo diversificado de pessoas.
  • É possível solucionar problemas com baixo custo em algumas horas.
  • É possível realizar testes de protótipos e melhoras antes de lançar algo no mercado.
  • É possível engajar todo tipo de pessoa na resolução dos seus problemas – clientes podem dar contribuições, colaboradores, fornecedores, seguidores de redes sociais, contratados, etc.
  • Não importa o tamanho da empresa, o modelo se adapta a todas.
  • É possível criar comunidades de crowdsourcing em sites e plataformas de forma simplificada, concentrando inclusive profissionais de diferentes áreas para um trabalho interdisciplinar.
  • Em muitas plataformas já existentes você anuncia o que precisa, e os profissionais cadastrados podem lhe oferece seus serviços e você escolhe a opção que melhor se encaixa em suas necessidades.
  • O crowdsourcing é uma ferramenta de inovação – e inovação é uma necessidade de qualquer empresa.

Turbine o desenvolvimento de produtos

Outra grande vantagem do crowdsourcing é potencializar o desenvolvimento de produtos e serviços. Na implantação do MVP (Minimum Viable Product), em seus testes de validação, você pode contar com profissionais de outros contextos para testar e apontar melhorias e aperfeiçoamentos, antes mesmo de lançar uma ideia então desconhecida ao mercado. Isso otimiza os seus investimentos e reduz os riscos.

O crowdsourcing ajuda ainda no customer development, já que para isso é importante saber o que o cliente pensa, e o feedback externo, no caso dos colaboradores do crowdsourcing, pode ser essencial.

Processo colaborativo e exemplos

Todo o processo de inovação pode ser beneficiado pelo crowdsourcing, e não apenas a solução de problemas. Em um nível maior de maturação, é possível contar com o processo colaborativo até mesmo para a manutenção de serviços e produtos, inclusive envolvendo usuários do próprio produto.

Isso não é novidade: aplicativos de localização e mobilidade no trânsito já utilizam este conceito, onde os usuários informam acidentes, condições do tempo e da estrada e compartilham melhorias continuamente para o crescimento da plataforma. O mesmo acontece em plataformas de CMS como o WordPress, onde os usuários a todo momento a fazem evoluir a partir do conceito de código aberto – todos utilizam e todos contribuem.

Além disso, o crowdsourcing pode estar vinculado a outros conceitos que impulsionam o processo colaborativo, como coworking, economia solidária e crowdfunding. Pode ser ainda um modelo implantado apenas no contexto da empresa, em que todos os colaboradores contribuem mesmo com ideias que não dizem respeito às suas funções.

Vantagens para a sua empresa

O que esperar ao optar pelo crowdsourcing? Por mais que pareça estranho, contar com a colaboração de outras pessoas para as suas ideias será uma prática muito comum entre as empresas. Alguns setores já se destacam no uso destas plataformas de colaboração coletiva, como TI (programação e avaliação de softwares), desenvolvimento de produtos, desenvolvimento de processos, Marketing e gestão de vendas. Contudo, vale dizer que não há regras e outros setores também podem investir neste conceito.

Crowdsourcing – Por onde começar?

Vejamos alguns passos para quem deseja adotar o modelo crowdsourcing:

  • Rever a cultura organizacional da sua empresa é essencial para poder adotar estratégias tão horizontais como o crowdsourcing. Logo, defina bem o seu negócio e a proposta de valor que ele tem, optando por um estilo que contemple este tipo de experiência.  
  • Você sabe qual a área da sua empresa que precisa de uma ajuda criativa e para expandir os conhecimentos? Onde quer gerar diferenciais. É interessante cria ruma ordem de prioridades. Identificando os problemas ou necessidade de expansão saberá o que solicitar dos envolvidos.
  • Outra dica é conhecer o ecossistema crowdsourcing. Isso significa pesquisar sobre quais as principais plataformas de crowdsourcing ou a necessidade de criar uma.
  • Ao identificar a plataforma preferida e saber bem qual o seu problema, crie um anúncio para atrair colaboradores ao seu projeto, seguindo as regras da própria plataforma.
  • Crie uma metodologia para selecionar os profissionais e as propostas, criando uma base de conhecimento durante o próprio processo. Crie também um cronograma de implantação destas colaborações.

Plataformas de crowdsourcing

Vejamos alguns exemplos de plataformas crowdsourcing:

  • WeDoLogos: Ideal para quem precisa criar a identidade visual da marca e deseja o apoio de profissionais externos. Atende à área de Marketing do seu negócio.
  • Crowdtest: Indicado para testes de aplicativos antes mesmo de lançá-los oficialmente. Outras pessoas ajudam a executar os testes.  Ideal para o desenvolvimento de produto e do cliente.
  • OpenIDEO: Esta solução está em inglês e server para solucionar problemas de gestão e geração de ideias inovadoras.
  • Creative Commons: Ideal para captar arquivos licenciados para compartilhamento de conteúdo, como imagens, GIFs, vídeos, áudios, etc.  Atende à área de Marketing do seu negócio.
  • GetNinjas: É uma plataforma que coloca você em contato com vários profissionais da sua região. Há muitas especialidades à disposição.
  • Kaxola: Ideal para buscar ideias e conhecimentos inseridos por outros usuários, podendo utilizá-las em seus negócios.
  • TimeRepublik: É ideal para quem está começando um novo negócio, pois ajuda em várias tarefas, como criação de identidade visual, plano de negócios, etc. E o mais interessante é que você pode pagar com tempo (crédito de tempo).
  • uTest: Trata-se de uma comunidade de testes de softwares.

Você pode criar iniciativas de crowdsourcing também no site da sua empresa, atraindo clientes e usuários para a contribuição coletiva. Isso também exija mais tempo e recursos, mas em logo prazo pode ser uma ferramenta muito importante.

Veja também: M2M: conheça o termo e saiba como aplicá-lo na empresa

Gostou das novidades sobre crowdsourcing? Deixe o seu comentário e compartilhe estas dicas em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Oitchau - Registro de ponto por reconhecimento facial
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau