banco de talentos

Banco de talentos: por que vale a pena investir? Entenda!

O banco de talentos é o pool de possibilidades de uma empresa. Trata-se de um investimento necessário para acompanhar os movimentos das rotinas de qualquer setor. Oferece ainda muitos benefícios, como a redução de custos e de tempo em processos seletivos e na implantação de estratégias do RH. Veja a seguir alguns motivos que fazem valer a pena a adoção de banco de talentos!

O que é um banco de talentos?

O banco de talentos é uma ferramenta de gestão de pessoas cada vez mais utilizada pelo RH, que em geral é digital e possui várias funcionalidades que apoiam o processo de recrutamento e seleção. É também uma ferramenta estratégica, pois com ele a empresa consegue saber diversas informações de candidatos, seja para vagas específicas, seja interessados em fazer parte da organização, integrando informações como formação e experiências, tanto de seus colaboradores quanto de candidatos.

Cada vez mais, o banco de talento oferece diferenciais importantes e possui tecnologias aplicadas à sua expansão, como é o caso da Inteligência Artificial – que permite selecionar candidatos conforme especificações bem distintas e alinhadas com o perfil das vagas – Big Data, machine learning, etc. Além disso, alguns podem oferecer recursos como seleção às cegas, que permite um processo seletivo pautado em diferentes competências do candidato de forma mais justa.

O banco de talentos consegue minerar perfis e distingui-los, inclusive sob aspectos como pretensão salarial, formação insuficiente ou acima das pretensões, conflito entre candidatura e competências, indisponibilidade para mudança, contratação por outra empresa, etc.

Permite integrar estas informações com diferentes etapas do processo seletivo – como entrevista, testes, efetivação, job description, employer branding, etc., dependendo, obviamente, da ferramenta escolhida pela empresa.

Vantagens do banco de talentos para a empresa

As vantagens do banco de talentos para a empresa são muitas. Veja algumas delas:

  • Diminuição de custos do RH – Talvez seja um dos principais benefícios. Os processos seletivos são caros e exigem tempo. Do anúncio de vaga, campanhas de seleção, capacitação de recrutadores, entrevistas, etc., cada fase exige um orçamento dedicado, que também precisa apresentar resultados, já que o RH é um centro de custos. Ter um banco de talentos é ter à disposição milhares de possibilidades de encontrar o candidato certo à vaga em diferentes momentos da empresa, inclusive entre o público interno. Isso reduz drasticamente os custos com novos processos e com ferramentas não integradas.
  • Ganho de tempo no processo seletivo – Este é outro fator determinante em relação ao orçamento do RH. O banco de talentos permite pular algumas etapas custosas, uma vez que é possível configurá-lo e fazer a devida manutenção a partir das perspectivas, critérios e necessidades da empresa. Ao classificar adequadamente o perfil do candidato e a descrição da vaga, fazendo uso de recursos eficientes, o tempo pode ser reduzido em média a 80% de processos sem o uso de bancos.
  • Aquisição e retenção dos talentos certos para a empresa – O banco de talentos permite ter mais assertividade na seleção de profissionais com maiores condições de atender as expectativas da empresa, bem como permite saber como atender também as expectativas do candidato. Um banco de talentos é um grande banco de dados que possibilita compreender melhor o mercado e adotar estratégias diferenciadas tanto na aquisição quanto na retenção de talentos. Também oferece mais perspectivas para proporcionar uma boa experiência ao colaborador.

Como montar um banco de talentos?

O banco de talentos não se constrói da noite para o dia. Ele deve ir sendo alimentado e mantido ao longo do tempo. É uma construção natural, sempre que ocorrer os processos seletivos. Mas é importante ao implantá-lo ter em mente as funcionalidades que permitam expandi-lo, o retorno do investimento – ROI e as vantagens que ele pode oferecer à marca.

Ferramenta utilizada – Há muitas plataformas e softwares de bancos de talentos no mercado. O seu primeiro passo é conhecer a solução mais adequada para a sua empresa, considerando longo prazo.

Vagas – Como as vagas são divulgadas em seu processo seletivo? Agências? LinkedIn e outras redes sociais? Mídia impressa? Consultoria? Pelo site da empresa? As vagas que serão direcionadas ao banco de talentos devem considerar onde está o seu público, quantas pessoas serão atingidas, o orçamento destinado e meios de reaproveitamento destas candidaturas. Estas premissas se deve ter ao dispor das vagas e ter o melhor alcance. É isso ainda que vai alimentar o seu banco de talentos.

Categorização de currículos – É importante crias no banco de talentos, além de outras configurações, a classificação adequada de currículos. Isso pode ser a chave do sucesso do seu processo seletivo.

Funil de candidatos – Assim como acontece em vendas, é preciso criar um perfil do candidato e uma jornada de como será a sua interação com a empresa – percepção da vaga, motivos para se candidatar, considerar se candidatar, efetivação da candidatura. A ideia é educar o usuários até ele ser candidato de fato.

Automação para o banco de talentos – Vale dizer que um banco de talentos requer manutenção por parte do RH, que deve manter as configurações atualizadas e os recursos ativos. É importante também fazer testes antes de cada ação ou processo seletivo.

Personalização – Outra etapa importante é a personalização do atendimento com o candidato. Ter uma boa comunicação é fundamental e pode-se utilizar diferentes recursos, como e-mail marketing, disparo de vagas aos cadastrados, envio de e-mail em cada etapa da seleção, com personalização e linguagem de excelência, etc. É importante ter uma boa relação com os candidatos e futuros colaboradores em todas as etapas.

Como escolher recursos de banco de talentos na sua empresa?

Há no mercado muitas soluções e plataformas digitais de banco de talentos com todas as vantagens e diferenciais citados acima. Uma dica é optar por uma que se integre com outros softwares utilizados pelo RH e pela empresa (e com a interface web direcionada ao público), que tenha funcionalidades que a sua empresa precisa e que permita a customização dos recursos.

Veja também: Gestão do trabalho: quando se preocupar com ponto?

Gostou das dicas sobre banco de talentos? Deixe o seu comentário e compartilhe estas dicas em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Oitchau - Registro de ponto por reconhecimento facial
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau