Entendendo o teste MBTI

Saiba como funciona o teste MBTI, para avaliar a personalidade de seus candidatos, descubra os 16 tipos de perfis e vantagens ao aplicar

Nos processos seletivos para vagas de emprego, é comum se deparar com testes que mostram se o perfil do candidato está qualificado para a vaga. Os testes podem ser de língua portuguesa, idiomas, lógica e de personalidade, que é o caso do teste MBTI.

Pode ser aplicado  através de alternativas  ou indicadores de 1 a 5 sendo um indicador que se identifica menos e o 5 indicador que se identifica mais, e serve para saber qual perfil psicológico o candidato possui e se está de acordo com os aspectos das atividades.

É essencial para o RH que busca lidar com o desenvolvimento humano, são realizadas frases que envolvem o mundo corporativo e também contribuem para traçar um plano de carreira dentro da empresa.

O que é MBTI?

É a Tipologia de Myers-Briggs um teste de personalidade, que também identifica preferências pessoais e como um candidato pode agir psicologicamente, sendo um modelo de teste comportamental muito aplicado nos processos seletivos.

Mas que também podem ser aplicados para profissionais que enfrentam novos desafios, como mudanças de carreira, mudança de cargo, alteração de profissão, que precisam passar por posições de liderança e também de conflitos.

Por meio do teste MBTI, é possível saber se o profissional está apto psicologicamente para lidar com as situações e principalmente quais atitudes seriam tomadas, mediante à mudanças de cenários.


Quais tipos de personalidade podem ser identificados no teste MBTI?


Costumam ser analisados 16 tipos de personalidades, que indicam o comportamento de cada profissional em relação a tomadas de decisões, maneira de agir, como se portar em relação a problemas, se tem perfil proativo e se adequa a vaga em questão.

  1. Empresário: costumam ser mais racionais e precisam tomar decisões por meio de dados ou informações, assumindo responsabilidade e riscos.
  2. Animador: possuem bastante energia, demonstram estar alegres e acabam incentivando os demais a estarem também;
  3. Cônsul: costuma se manter sempre atualizado, são comunicáveis, adaptáveis e gostam de aprender coisas novas;
  4. Aventureiro: gostam de assumir riscos e sair um pouco do tradicional;
  5. Virtuoso: são muito criativos e acabam criando muitas ideias e soluções através disso;
  6. Executivo: costumam ser mais dedicados conselheiros e orientadores;
  7. Advogado: é a personalidade mais rara que existe, tem perfil decisivo, costumam ajudar os outros, mas também carregam uma personalidade muito forte;
  8. Defensor: esbanjam empatia, são mais tímidos, perfeccionistas e sente satisfação ao realizar a sua função;
  9. Protagonista: líderes natos, inspiradores, possuem muito carisma e demonstram paixão pelo o que fazer;
  10. Logístico: buscam estabilidade e segurança, vivem realizando análises e tem mais praticidade nas tomadas de decisões;
  11. Mediador: seguem os próprios princípios, idealistas, muito comunicável mas costuma utilizar de metáforas em suas conversas;
  12. Ativista: observador, tem escuta ativa, consegue se concentrar em mais de uma ação, sendo também um pouco detalhista;
  13. Comandante: demonstram autoridade, liderança, causam admiração por onde passam e gostam de enfrentar desafios;
  14. Lógico: são mais reflexivos, criativos em atividades básicas, atuam de acordo com a própria perspectiva e conhecimento;
  15. Inovador: com perfil mais extrovertido e intuitivo, se misturam a ideias diferentes da própria, gostam de argumentar e trabalham muito o raciocínio;
  16. Arquiteto: fazem o estilo mais solitário, mas também se enquadram na raridade e também são muito estrategistas, são intelectuais e ambiciosos.

E cada um desses tipos de personalidades, possuem no mínimo cerca de 4 níveis em conjunto que somados resultam no tipo de personalidade, sendo algumas mais sensoriais outras de julgamento ou introversão, como também podem se misturar entre elas, vai muito das combinações já pré-estabelecidas, que cabe ao RH avaliar qual se encaixa melhor.

Quais são os níveis avaliados no MBTI?

O teste MBTI analisa os níveis de características comportamentais, que podem influenciar nas funções do dia a dia  no social corporativo, que são:

  • Extroversão: se adapta ao ambiente e é mais aberto a conversas;
  • Introversão: costuma ser mais observador e mais tímido a conversas;
  • Julgamentos: realiza avaliações com base em informações pessoais;
  • Percepção: tem interpretações de acordo com vivências pessoais;
  • Sensorial: percebe e age de acordo com sensações ou sentidos próprios;
  • Intuição: processo involuntário da consciência que provoca decisões;
  • Razão: é a dedução por meio de ações argumentativas;
  • Sentimento: que pode se mover facilmente diante de algumas situações.

E apesar de não serem muitos níveis, quando são combinados 4 ou mais, para criar um tipo de personalidade, existem alguns perfis que se tornam mais difíceis de encontrar em um profissional.

O que faz o perfil se tornar quase raro, por ser uma combinação que aparece poucas vezes, como o tipo de personalidade advogado ser mais incomum que o de defensor, por exemplo.

Quais os benefícios de aplicar o teste MBTI?

Através do tipo de personalidade, é possível identificar vários aspectos profissionais e também pessoais, que indicam quais comportamentos podem ser úteis no decorrer das atividades da empresa e quais precisam ser mais dosados.

Por isso separamos os principais benefícios para começar a aplicar o teste MBTI hoje mesmo:

  • Contribui para saber da visão de mundo  do profissional, o que contribui para o plano de carreira, retenção de talentos e redução de turnover. Os níveis sensoriais se enquadram mais nisso de pensar no futuro;
  • Pode descobrir a motivação do colaborador, através do comportamento extrovertido ou introvertido, é mais fácil identificar quem é mais observador e quem é mais expansivo, assim direciona para as funções que precisam dessas personalidades;

  • As tomadas de decisão precisam das atuações dos mais racionais, para uma visão mais lógica e realista dos fatos mas também, dos sentimentos que agem com o coração. Porque essa união traz os dois lados da moeda para tomar a decisão certa.
  • O modo como buscam viver, o estilo de vida, fica com os julgadores que gostam de seguir regras e ter atitudes mais decisivas. Junto ao perfil de perceptivos que são mestres do improviso e da adaptação.

Que além de níveis, tipos de perfis e testes de personalidades, também podem ser divididos em grupos: os analistas que agem com a intuição; os diplomatas que agem com os sentimentos; os sentinelas são observadores e exploradores que são mais espontâneos.

A aplicação do teste MBTI proporciona muitas oportunidades da empresa conseguir aderência de diversos tipos de perfis, se não quase todos, para atuar em áreas específicas da empresa e assim criar muita troca de conhecimento e conexão no ambiente de trabalho.

Gostou do nosso conteúdo? Continue acompanhando o Blog da Oitchau.

Veja também: Explicação sobre Burndown: para o que serve?

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau