RH na pandemia

RH na pandemia: Maiores problemas e soluções!

O impacto nas empresas com o surgimento do covid-19 foi grande, inúmeros negócios não aguentaram o tempo de isolamento e paralisação das atividades, o RH na pandemia teve um papel essencial, já que muitas medidas tiveram que ser adotadas emergencialmente nas empresas, para que evitar a contaminação dos colaboradores e conseguir manter o negócio funcional, mesmo que à distância.

O tempo atualmente é de incertezas e tensão, foram muitas vidas que foram arrancadas, muitas famílias que perderam entes queridos, empresas que não suportaram o período de paralisação das atividades.

A principal medida de segurança foi o isolamento social, ainda que obrigatório, de todas as pessoas, para que fosse possível conter o vírus, e evitar que mais vidas fossem perdidas. Mas como os negócios poderiam sobreviver sem seus colaboradores atuando? Como estabelecer um home office para uma empresa que não tinha essa cultura? Quais políticas eram necessárias para implantar uma nova rotina de trabalho emergencial?

Todos os problemas apontados foram solucionados, na maioria das empresas, com uma ação conjunta das áreas e dos gestores, com o RH, para que fosse possível chegar a uma solução que fosse viável, e segura para todos. Vamos abordar um pouco desse assunto a seguir.

Qual foi o papel do RH na pandemia?

Com um cenário de crise instaurado nas empresas devido a pandemia, os gestores precisaram priorizar a segurança dos colaboradores, mantendo todos em casa. Depois, após todos em segurança, iniciou-se uma discussão sobe a adoção de medidas necessárias para que a empresa conseguisse manter as partes prioritárias da sua operação em funcionamento.

O RH discorreu sobre temas como clima organizacional, engajamento dos colaboradores, produtividade, ergonomia, controle de ponto, comunicação interna entre outros itens que seria necessário para enfrentar esse momento.

O papel do RH torna-se ainda mais relevante em cenários de crise, já que as decisões estratégicas possuem um impacto muito maior do que as decisões que são tomadas no dia-a-dia. As ações em momentos como essa estão direcionadas para manter os colaboradores unidos com a empresa, de forma que todos estejam comprometidos com as atividades, mantendo a empresa funcional no mercado.

Não apenas em momentos de crise, mas em todos os momentos, um dos papeis mais importantes do RH é proteger e preservar o capital humano. Onde qualquer mudança ou situação adversa que seja apresentada, cabe a essa equipe de profissionais, supervisionar e cuidar da saúde e bem estar de todos.

A comunicação interna precisa ser realizada de forma estratégica, com transparência e clareza, para reduzir as incertezas desse momento, e diminuir o estresse causado por mudanças e tensão. Que todos os colaboradores enfrentaram ao longo desse período, e ainda enfrenta,

A gestão de crise realizada pelo RH é uma melhor solução para garantir que os talentos da empresa sejam mantidos, assegurando os valores da companhia e mantendo a produtividade, sem afetar as rotinas diárias e entregas devidas.

Gestão de crise: O que é?

A crise é uma palavra que normalmente traz consigo consequências relevantes, em qualquer lugar, principalmente no ambiente empresarial, em momentos onde ninguém poderia esperar. Que foi exatamente o que ocorreu com a pandemia de covid-19.

As empresas não conseguiram se preparar para a pandemia que caminhou à passos largos até a porta das organizações. O mercado não conseguiu prever o que estava para acontecer, e com isso, todos foram pegos de surpresa.

E a gestão de crise é justamente para saber as melhores práticas para adotar em momentos em que tudo está fora do eixo, se tornando prioridade para conseguir entender o que está acontecendo, e quais são as medidas que devem ser tomadas para garantir a continuidade do negócio.

A gestão de crise é uma metodologia de inteligência de negócios que estuda qual o impacto de determinados riscos dentro de uma organização. Existem diversos riscos que precisam ser avaliados, como:

  • Riscos financeiros: Operações arriscadas, situação financeira comprometida, caixa, entre outros;
  • Riscos naturais: Aqueles que podem ser causados pela natureza, como: furacão, terremoto, inundação, explosão, entre outros;
  • Riscos à imagem: Exposição da marca, envolvimento com escândalos, entre outros;

E existem outros riscos que podem ser incluídos na gestão de risco, de acordo com o segmento de atuação da empresa. A pandemia, apesar de ser possível, já que a humanidade já foi assolada em outras épocas por outras doenças, não era algo esperado, e que pudesse ser previsto.

A metodologia aplica o desenvolvimento de códigos de conduta mediante à identificação de uma crise que foi instaurada a partir do impacto gerado por uma situação que expor a empresa ao risco, considera-se algumas questões, como:

  • Procedimentos que devem ser seguidos;
  • Medidas emergenciais;
  • Prioridades da empresa;
  • Tempo de resposta ao incidente;
  • Tempo de resposta pública;
  • Antecipação de situações de risco;
  • Preservação de imagem.

Mediante ao impacto sofrido, a gestão de crises auxilia a empresa na organização para reações com eficiência e segurança.

Como o RH na pandemia pode auxiliar em uma crise?

A gestão de crise é indispensável em situações como a pandemia, de forma que seja possível atuar para garantir que os impactos sejam os menores possíveis. Para os colaboradores, o RH deve adotar medidas que ajudam a controlar e cuidar os colaboradores. Entenda um pouco mais dos problemas enfrentados pelo RH e as soluções.

Otimização dos recursos financeiros com auxílio do RH na pandemia

Muitas empresas não tiveram condições de manter todo o seu quadro de colaboradores, já que os negócios estão pausados ou suspensos, principalmente aqueles que tinham operações físicas, como comércios e restaurantes. E muitos colaboradores precisaram ser afastados ou demitidos, para que a empresa conseguisse manter os recursos financeiros para suportar a crise.

O RH teve um papel de extrema importância, já que em um momento de incerteza, uma das missões mais importantes era não aumentar a insegurança e o medo vivenciado pelos colaboradores.

Algumas empresas adotaram a suspensão de contrato, prevista na MP 936, criada pelo Governo Federal. Outras empresas tiveram que reduzir o time, e as demissões ocorreram.

A prática das demissões humanizadas nunca foi tão necessária, mesmo com os colaboradores desligados, muitas empresas mantiveram alguns benefícios, auxílio farmácia, vale alimentação e plano de saúde, por mais 01 ou 02 meses para os colaboradores que foram desligados. E após o período de pico da pandemia, estão voltando a recontratar os mesmos colaboradores.

Controle de ponto

Inúmeras empresas utilizam, em suas operações físicas, o REP – Relógio de Ponto Eletrônico, que necessita que os colaboradores estejam presencialmente para realizar suas marcações. E com a pandemia, a instauração de home office nas empresas, essa prática não foi mais viável. Criando um problema, como as marcações de ponto seriam realizadas?

As empresas buscaram novas soluções no mercado, como a Plataforma OiTchau, que permite o registro de ponto em qualquer local, sem que seja necessário estar fisicamente na empresa para realizar a marcação do ponto. Viabilizando a marcação do ponto da casa do colaborador, sem nenhum impacto para realizar o controle e gestão das horas.

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau