Duas mulheres trabalhando com o recrutamento protagonista

Recrutamento Protagonista: principais tendências para 2022

O recrutamento protagonista é extremante importante para o RH. Ele significa que o setor se utiliza do que há de mais moderno para realizar a seleção de novos colaboradores.

Além de ser estratégico para as empresas, permite que o RH atue de forma mais produtiva em outras frentes, deixando um pouco em paralelo algumas atividades, como o controle de ponto, análise de ausências, entre outros.

Veja abaixo algumas formas de promover o recrutamento inteligente ao mesmo tempo em que o RH assume o papel de protagonista e chave essencial dentro da empresa, garantindo a contratação dos melhores profissionais do mercado!

Quais são as principais tendências do recrutamento protagonista para 2022?

Duas pessoas conversando sobrerecrutamento protagonista

Existem algumas tendências em relação ao que o mercado de trabalho espera e oferece ao RH para que ele realize o recrutamento e seleção de novos colaboradores.

O sucesso da fase de recrutamento é essencial por inúmeros motivos. Por meio dela é possível diminuir a rotatividade dentro de uma empresa.

Além disso, garante à instituição empresarial que ela detém os melhores colaboradores do mercado. Impossível deixar de citar o crescimento da empresa em sua produtividade e qualidade de serviços.

Tudo isso está relacionado aos procedimentos de recrutamento e é por isso que ele deve ser valorizado pela empresa e pelo RH. Leia agora quais são as principais vertentes e possibilidades do recrutamento protagonista do RH para 2022.

1. Aposte no ATS

Uma das principais tendências que é essencial para as empresas que querem se manter relevantes e protagonistas mediante o mercado de trabalho é fazer uso dos sistemas de rastreamento de candidatos (Applicant Tracking System).

Essas plataformas correspondem a softwares de recrutamento que são excepcionais.

Um bom exemplo da importância desse tipo de ferramenta é que ela é capaz de analisar e indicar qual é o melhor tipo de processo seletivo que a empresa pode utilizar de acordo com os interesses e atividades desta.

Considere que ele poderá analisar se o mais indicado em determinado processo seletivo a aposta em recrutamentos internos (feitos com os colaboradores que já prestam serviços) ou externos (com profissionais que estão no mercado de trabalho disponíveis ou em empresas concorrentes).

2. Social Hiring

O Social Hiring é conhecido por algumas pessoas como Marketing de Recrutamento ou Recrutamento Social.

Esse tipo de estratégia para recrutamento protagonista nada mais é que a aplicação de conceitos de marketing para a seleção de candidatos.

Considere que da mesma forma que você precisa atrair clientes é preciso atrair os melhores profissionais do mercado.

Isso significa que você e sua empresa irão constituir a imagem da empresa perante o público e o mercado de trabalho de forma a despertar a vontade de prestação de serviços para você.

Não é incomum que pessoas desejem trabalhar em certas organizações por causa da imagem que possuem delas.

Isso inclui os valores sociais, as campanhas nas quais se envolve e as atividades realizadas (quais são e como são promovidas).

Os profissionais do mercado devem se sentir atraídos pela cultura da empresa, seus interesses, considerações e consciência.

3. Seleção e recrutamento online e remotos

O trabalho remoto, que já era uma realidade em vários países, chegou ao Brasil com mais força em 2020, em razão da pandemia de Covid-19 e se popularizou, deixando de ser uma tendência e virando uma realidade. 

Com isso, viu-se o deslocamento das atividades profissionais da sede empresarial para a residência dos colaboradores. E isso, então, trouxe grandes mudanças.

Dentre elas estão as formas de gestão de pessoas. Igualmente, a maneira como se lida com o trabalho, a flexibilidade e a liberdade aos colaboradores.

Tudo isso se impôs e promete continuar em alta em 2022 e no futuro. O trabalho remoto veio para ficar. E isso se reflete, também, nos processos de seleção de novos colaboradores.

As tendências de recrutamento protagonista em 2022 apontam para a realização dos processos de forma digital.

Note, então, que isso permite encontrar candidatos de qualquer lugar do país ou até do mundo.

Portanto, sua empresa pode soe diversificar, bem como garantir que tem acesso aos melhores profissionais, independentemente de onde eles estejam.

Ainda, isso pode dar novas possibilidades nas ações de seleção, como:

  • Gamificação;
  • Testes rápidos;
  • E outras estratégias que ficam melhores quando online.

Da mesma forma, permite que você continue com as estratégias comuns (e necessárias!) que envolvem a entrevista, análise de competências e experiências, expectativas, etc.

4. Recrutamento do tipo data driven

Esse tipo de recrutamento protagonista usa dados para compor estratégias de seleção de empregados e de tomadas de decisões internas pelos gestores.

Ele não se limita ao RH e pode ser utilizado por qualquer setor de uma empresa.

O sistema reúne inúmeros dados relevantes. Considere que a sua empresa conhece os talentos de maior destaque que trabalham para ela.

A partir disso é possível reunir uma série de informações que indica de certa forma como e qual foi o caminho percorrido pelo colaborador até que ele chegasse até a instituição empresarial.

Esse procedimento permite que diversas informações importantes para o processo seletivo sejam analisados.

Nesse cenário é preciso ter em mente que a sua empresa poderá ter em mãos informações detalhadas do que deu certo e do que não deu certo em relação à seleção de candidatos até então.

O cruzamento de dados sobre possíveis candidatos que obtiveram sucesso dentro da empresa com informações daqueles que não se deram tão bem assim permite a identificação de variáveis importantes.

Dentre esses dados e variáveis para a análise estão:

  • Local de seleção ou como o candidato encontrou a vaga (Sites de vagas, Linkedin, Redes Sociais, Site Institucional, propagandas de TV e rádio, etc.);
  • Formação acadêmica, existência de quantos e quais especialidades e cursos complementares;
  • Experiência anterior do candidato em outras organizações similares ou não;
  • Principais características que se consideraram relevantes no momento da contratação (resultados em testes de proeficiência, postura, diálogo conciso, currículo acadêmico e de experiências, etc.);

São vários os dados e é notável que cada um deles é muito relevante para todo o processo seletivo. 

E para o recrutamento protagonista por considerar os erros e acertos da empresa e quais dados tiveram mais influência em cada caso.

5. Avaliação de competências interpessoais

Nossa última dica para promoção do recrutamento protagonista dentro da sua empresa e melhorar suas estratégias de seleção é contratação é dar atenção às avaliações de competências interpessoais.

Essas competências condizem com as variáveis dentro de um determinado conhecimento.

Considere que você precisa de alguém que possa escrever publicações para seu site e para os comunicados oficiais da empresa.

É importante que a pessoa escreva bem ao mesmo tempo em que é interessante que ela tenha conhecimento sobre linguagem mais descontraída e uso de gírias pertinentes e não agressivas.

A experiência do colaborador inicia na seleção e recrutamento

Mulher utilizando o recurso derecrutamento protagonista em uma entrevista online

Uma tendência que vem se apresentando e que deve ser essencial ao recrutamento protagonista em 2022 diz respeito à experiência do recrutador.

Cada vez mais as empresas e gestões enxergam que ela se inicia no primeiro contato do candidato à empresa. Isto é, aplica-se independentemente de ele ser ou não contratado.

Portanto, o contato entre a empresa e recrutador deve ter atenção desde o início. Considere algumas questões:

  • Como é o envio do currículo (se por e-mail, cadastro em site, etc.) e burocracia que isso exige ou não;
  • Se a plataforma de entrevista é segura, intuitiva e fácil de usar;
  • Quantas são as fases da seleção e quão efetivas e interessantes para os candidatos elas são. 
  • Quando o candidato recebe feedback, não importando se positivo ou negativo. 

Sobre as fases de seleção ao longo do processo, é interessante considerar se são repetitivas e exaustivas ou se realmente seguem um caminho que permite ao profissional se abrir e mostrar mais, por exemplo.

Igualmente, a quão enfadonhos ou não são os processos de seleção (modernizá-los é preciso!). É importante mostrar, desde esses passos iniciais, que a sua empresa se importa e respeita o tempo do candidato, sabe o que quer e é objetiva.

A cultura do feedback precisa ser trabalhada, algumas empresas estendem tanto o processo ou a decisão final que acabam perdendo o interesse do profissional.

Ou, então, criando uma má imagem com ele, especialmente quando não há seu contrato, uma vez que ficou na espera pela resposta de forma prolongada.

Todos esses pontos somam à experiência do profissional no processo de seleção. Por isso, devem ser pensados de modo a permitir a ele a melhor experiência possível e que ela passe uma boa impressão sobre a corporação, de modo que instigue os candidatos.

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau