planejamento

BPM: Business Process Management

Na área de gestão de projetos, existem muitos processos que ajudam a organizar, planejar e realizar de maneira geral o escopo e tarefas definidas para a entrega. Mas também tem o Business Process Management.

Na área de gestão de projetos, existem muitos processos que ajudam a organizar, planejar e realizar de maneira geral o escopo e tarefas definidas para a entrega. Mas também tem o Business Process Management.

Como o nome já diz é um processo de negócios, focado em melhorar as ações do mundo corporativo, para que tenha mais expansão, desenvolvimento interno e crescimento de mercado.

No texto de hoje, iremos te explicar um pouco mais sobre o BPM, o que é, como funciona, como aplicar e suas principais vantagens. Confira!

O que é Business Process Management?

 

Também chamado de BPM significa gestão de processos empresariais ou gestão de processos de negócios, que consiste em um conjunto de práticas e estratégias que buscam proporcionar mais eficiência em cada etapa do projeto.

Apesar disso o Business Process Management, não se trata de uma metodologia, conjunto de ferramentas, estudo ou estrutura de negócios, e sim uma capacidade organizacional de projetos de gestões empresariais, é um conceito.

Esse conceito consiste em várias fases e etapas, que acompanham a ideação, a realização e finalização do projeto.

Como funciona o Business Process Management?

É a maneira que organiza como os processos serão entregues pensando na satisfação do cliente, com uma boa performance de rendimento e atualização de processos para manter e priorizar a cultura organizacional da empresa.

Os processos passam por diversas mudanças para acompanhar o aquecimento do mercado, para saber se os diferenciais são suficientes, entender o que os clientes querem que melhorem e se o preço de mercado continua o mesmo.

Dentro do Business Process Management, tem algumas etapas de projeto que são:

 

Mapeamento de processos

É o detalhamento em relação a como funciona os processos, deve ser observado a empresa de maneira geral, para descobrir acertos, falhas, o que deixaram passar, se existe uma padronização e após é criado um documento com todas essas informações, escrito com clareza e organização.

Após ser feito isso, facilita na elaboração de tarefas, divisão de funções, definição de responsáveis, previsão de orçamento, gastos e lucros, além da performance de acordo com a capacidade do time.

Padronização de processos


É o momento de formalizar o mapeamento e definir um modelo a ser seguido por todos os colaboradores, para que não haja muitas interpretações e má compreensão na hora de executar as tarefas.

Na definição os responsáveis precisam ter uma visão clara do que será esperado pela empresa, como metas, prazos e qualidade no processo.

Além de facilitar para a gestão, que terá uma única visão organizacional sobre os procedimentos, para que as análises, monitoramento e execução sejam feitas de maneira contínua e de repetição.


Melhoria de Processos


Também chamado de Business Process Improvement ou BPI, funciona como uma revisão das expectativas, para criar um alinhamento de acordo com o que foi planejado e solicitado pelos clientes.

Gera algumas análises sobre a padronização, para ver se alguns aspectos fazem sentido e a partir disso criar um ciclo de tarefas, que podem ser de acordo com o cronograma e partir disso ser liberados para a realização.

Além de poder otimizar o tempo de acordo com a capacidade do time, verificar se pode reduzir custos e garantir a amplitude dos resultados.


Otimização de Processos

São ações praticadas para melhorar o desempenho, durante a realização dos processos, que cria novas oportunidades para aperfeiçoar o que já está em processo de finalização e garantir a qualidade na hora dos resultados.

Isso contribui para reduzir os riscos e falhas que podem ter sido cometidos, durante o desenvolvimento do projeto, no qual pode ver a evolução na resolução de problemas e tomadas de decisão.

Quais as principais vantagens do Business Process Management?


Manter a clareza, objetividade, organização, orçamento e prazos alinhados com constantes melhorias ao longo dos projetos, sem dúvidas são aspectos básicos fundamentais para fazer as ações funcionarem e darem certo no resultado final.

Confira as principais vantagens:

  • Ter mais agilidade no processo e na criação de estratégias;
  • Aumento da produtividade;
  • Melhoria no clima e na cultura organizacional;
  • Automação e fluxo constante dos processos;
  • Redução de custos;
  • Otimização de tempo;
  • Mais transparência nos processos;
  • Segurança da informação e das políticas internas.

Todos os aspectos citados contribuem para um boa gestão de processos de negócios, que se forem seguidos sempre, trarão dados importantes para projetos futuros, garantindo sempre as melhorias e alinhamentos com as necessidades do cliente.

Para mais dicas acompanhe o Blog da Oitchau

Leia também: O que é curva S?

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau