Pessoa segurando um globo (fictício) onde estão representados alguns símbolos da área de tecnologia e desenvolvimento, como um acadeado, um computador e um carrinho de e-commerces,.

Como atrair, contratar e reter talentos de tecnologia de forma mais eficaz

Atrair novos talentos do setor de tecnologia é uma das missões atribuídas ao setor de RH com maior nível de dificuldade nos últimos anos, tendo em vista o cenário competitivo que se instaurou na hora de conquistar e reter esses profissionais.

Essa demanda é tracionada pelo aumento do investimento em inovação e pela pandemia da Covid-19, que evidenciou para as empresas a importância de se investir em áreas como a segurança cibernética.

Tanto é que uma projeção feita pela Brasscom (Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação) apontou que até o ano de 2025 a área necessitará de 797 mil profissionais para conseguir ocupar todos os postos que serão disponibilizados.

Porém, a formação desses profissionais não está acompanhando as necessidades das empresas, representando uma defasagem, e por consequência, uma maior competitividade na hora de atrair esses talentos.

Sabendo desse cenário, elaboramos uma lista para que você profissional do RH saiba quais são as medidas a serem adotadas na hora de atrair novos talentos do setor de tecnologia. Boa leitura!

New call-to-action

Como atrair talentos de tecnologia?

Antes de começar a leitura da lista, vale ressaltar que não incluímos nela uma medida fundamental na hora da atração, a oferta de um salário competitivo, todos os itens listados só farão sentido se uma oneração compatível com o mercado for garantida ao profissional.

1 – Realize processos de seleção curtos

Como você já viu, quando falamos de profissionais ligados ao setor de tecnologias estamos falando de vagas que devem ser otimizadas, afinal os possíveis futuros colaboradores têm outras opções para escolher, dificilmente a sua vaga será a única que ele está analisando.

Por conta disso, é fundamental investir em processos seletivos curtos, que não transmitam ao colaborador a sensação de que ele está sendo enrolado ou perdendo tempo.

Um bom processo de seleção de candidatos investe em mecanismos que elegem poucos candidatos, a partir da elaboração de um perfil claro de colaborador ideal, afunilando o processo e fazendo com que ele possa ser direcionado para a fase de entrevistas.

2 – Invista no recrutamento com mensagens diretas

Ligado também à simplificação do recrutamento está a busca ativa por profissionais que se enquadram no perfil procurado pela empresa. 

Nesse caso, o setor de RH entra em contato com o profissional e realiza uma oferta para o mesmo. A mensagem enviada representa um grande diferencial na hora de atrair novos talentos do setor de tecnologia.

Vá direto ao ponto, apresente todas as qualidades que trabalhar na sua empresa pode oferecer ao profissional, sem esquecer de mencionar o possível salário e outros benefícios.

É importante também escrever mensagens personalizadas, que demonstrem o conhecimento da carreira e do perfil do candidato.

3 – Ofereça vantagens que interessam o seu perfil de candidato

As vantagens citadas anteriormente não são apenas ligadas a uma boa remuneração, mas também a outros componentes que têm se tornado decisivos no momento que o profissional escolhe onde vai atuar.

Como principal delas podemos citar o trabalho remoto, várias funções desempenhadas no setor de tecnologia podem ser feitas remotamente, e a empresa deve observar esse desejo nos profissionais.

Caso não seja possível, ofereça a possibilidade de trabalho híbrido ou outros benefícios ligados ao ambiente de trabalho que possam favorecer a decisão do profissional.

Lembrando que investir em um ambiente saudável, com líderes que sabem se comunicar e planificam as decisões é melhor que mascarar a empresa com uma decoração e vivência descolada, mas sem se atentar a saúde mental dos colaboradores.

4 – Disponibilize possibilidades de aprendizado constante

Outra vantagem que também pode ser utilizada no momento da atração é a oferta de cursos e demais itens ligados ao aprendizado, incentivando que o profissional entre em contato novas informações e as aplique internamente.

Esse aprendizado não precisa ser necessariamente focado na área de tecnologia, é fundamental para o crescimento do profissional que ele participe de cursos e palestras que desenvolvam as suas Soft Skills.

Além disso, ele também deve receber o incentivo para estudar conteúdos ligados a outros setores da empresa, se tornando um profissional T-Shaped, apto a auxiliar a marca em diferentes frentes.

5 – Ofereça acesso a novas tecnologias

Quer atrair novos talentos do setor de tecnologia? Permita que eles entrem em contato justamente com aquilo que eles mais gostam, novas tecnologias.

O mercado é alimentado com novas soluções constantemente, e com certeza um excelente profissional que está antenado a esses lançamentos deseja ser um dos primeiros a utilizá-las e otimizá-las.

Porém, novas invenções não são tão acessíveis para que o colaborador as compre e utilize sozinho, tornando a empresa um excelente intermediador dessa relação.

6 – Construa um ambiente plural

Profissionais jovens têm cada vez mais buscado ambientes plurais, que respeitam as diferenças e desejam contar com suas habilidades, independente da forma que eles se relacionam com o mundo.

Para garantir esse ambiente, é necessário que essa pluralidade seja um dos pilares da empresa, estando presente em todos os setores e níveis de hierarquia.

Na hora da decisão, o profissional possivelmente fará pesquisas sobre a empresa, e caso não identifique essa pluralidade no ambiente interno, mas apenas no discurso, estará suscetível a escolher outro lugar para atuar.

7 – Forme os seus próprios profissionais

Empresas bem consolidadas e com capital suficiente para investir nessa estratégia, podem investir na formação de seus profissionais, eliminando a necessidade de atrair novos talentos do setor de tecnologia.

A maneira mais comum de fazer isso é através de programas de trainee, onde o profissional entra como um estagiário na empresa, mas sem a obrigação de já possuir habilidades para atuar.

Com o passar dos anos, o colaborador passa por diversas funções, conhecendo profundamente a empresa, enquanto estuda para ocupar um cargo relacionado a área de tecnologia.

A empresa também pode encurtar esse processo contratando estagiários que já são familiarizados com a área e ofertar para eles um plano de carreira, com ascensão de cargo conforme a sua atuação e demonstração de comprometimento.

8 – Estabeleça uma boa comunicação

Por fim, investir em uma boa comunicação interna é crucial para reter os talentos que a empresa conquistou, o profissional deve se sentir confortável para apontar pontos de melhoria e auxiliar o RH a otimizar os seus processos.

Também é importante que o setor de Recursos Humanos trabalhe com os líderes no aprimoramento dessa comunicação, permitindo que ambos tenham uma relação aberta, onde o profissional irá compartilhar uma oferta de emprego vindo do concorrente, por exemplo.

Cumprindo todas essas propostas a atração acontecerá automaticamente

Seguindo todas essas dicas, você estará pronto para atrair novos talentos do setor de tecnologia de maneira automática.

Afinal, a implementação de processos que facilitam a vida dos colaboradores e tornam o ambiente interno mais saudável é percebida pelo público externo, que passa a ter uma imagem positiva sobre a empresa.

Dentro dessa público externo também estão os profissionais de tecnologia, que ao identificarem o negócio como uma referência no trato com os colaboradores, passam a desejar ocupar um cargo ali dentro também.

Confira outros conteúdos como esse no blog da Oitchau e continue aprimorando os seus processos de gestão de pessoas.

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau