Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
líder de equipe

Líder de equipe: 9 motivos para investir no seu desenvolvimento

O líder de equipe é uma figura extremamente importante no ambiente corporativo. Isso porque o sucesso de uma empresa está relacionado ao seu capital humano.

E, de fato, as organizações que investem no desenvolvimento da sua liderança têm melhor desempenho do que as que não o fazem.

Pelo menos é o que aponta o relatório da consultoria global Deloitte –  o desenvolvimento eficaz das habilidades da liderança deve ser prioridade para todas as instituições.

Neste sentido, a boa notícia é que líderes podem ser criados: não existe uma real necessidade de se procurar alguém totalmente “pronto” no mercado. E é sobre isso que falaremos a seguir neste artigo. Acompanhe!

Documentos Admissionais

6 razões pelas quais a empresa deve investir no desenvolvimento do líder de equipe

As empresas precisam estar dispostas a aplicar seus recursos para criar seus próprios líderes.

Segundo uma pesquisa feita pelo Proinspire, 50% dos profissionais com cargos de gestão entrevistados, não tinham o conhecimento, a experiência ou os recursos necessários para atuar nesse papel antes.

Além disso, 96% mostraram interesse em programas de desenvolvimento de liderança.

Esses números refletem uma realidade interessante: é preciso dar chances, ninguém nasce preparado para lidar com pessoas naturalmente.

Depois, uma vez que um colaborador ocupa essa posição, esse investimento em seu crescimento profissional deve ser constante, para garantir bons resultados com a sua gestão.

Tendo isso em mente, listamos abaixo mais alguns aspectos a serem considerados sobre o porquê desenvolver a liderança.

1. Melhora a cultura organizacional

A visão, missão e valores são a essência de uma empresa. Esse três itens afetam todas as áreas, por isso é tão crucial transmiti-los corretamente.

Neste sentido, um bom líder de equipe garantirá que essa cultura permaneça nos trilhos.

Ele é responsável por inspirar o entusiasmo e modo de pensar da organização. Este movimento é o que vai influenciar o despertar desses ideais nos demais colaboradores.

2. Atrai e retém talentos

8 em cada 10 profissionais pedem demissão por causa do chefe. Ou seja, a gestão desempenha um papel essencial no bem-estar dos profissionais. É “simples” assim.

Investir em liderança aumenta o envolvimento dos colaboradores, reduzindo, consequentemente, o turnover e eliminando os custos de substituí-los.  

Bons líderes contratam e inspiram, além de mostrarem quase que instantaneamente o impacto positivo de sua contribuição individual para o alcance das metas. 

3. Pode ajudar a superar grandes desafios

Todos sabemos que a agenda nem sempre segue o planejado. É por isso que é vital ter um “Plano B” e uma equipe pronta para evitar a estagnação.

Gestões bem treinadas estão sempre à frente e desenvolve os seus colaboradores para responder rapidamente a eventos imprevisíveis.

Isso porque esse desenvolvimento da liderança não é apenas útil nas tarefas diárias, mas especialmente em momentos críticos.

Por exemplo, em caso de falhas na estratégia do negócio, redução no quadro da empresa ou mudança na política corporativa.

O líder deve ser capaz de oferecer orientação que permita às pessoas entender o que é esperado delas, os desafios atuais e como a equipe os enfrentará.

Há também a necessidade de ter a capacidade de entender o que está por trás de uma situação, por mais complexas e ambíguas que sejam as condições.

Quando existe uma certa falta de clareza entre a direção e o restante dos membros de uma organização, isso pode minar o ambiente corporativo. 

E pode vir da gestão a mentalidade sensata para conseguir superar uma fase caótica.

4. Um bom líder de equipe melhora a imagem da empresa

A comunicação define o tom e reflete a cultura interna de qualquer lugar. Por isso é tão importante entregar mensagens claras e verdadeiras. Nos dias de hoje, com a velocidade das tecnologias, é fácil cometer um erro e provocar conflitos.

Ser um grande líder envolve ser um ótimo comunicador, porque não se trata apenas de transmitir a mensagem, mas também de detectar lacunas ou falhas de qualquer perspectiva.

Sob este contexto, estar em treinamento constante permite que o líder de equipe adapte as mensagens dependendo do receptor, pois todos têm seu próprio estilo de aprendizado.

5. Inspira outros líderes

Bons gestores inspiram outros gestores a serem melhores. Isso porque os programas de desenvolvimento da liderança garantem a possibilidade de medir a motivação de todos os participantes desde o início.

Esse movimento promove um ambiente competitivo saudável, que os ajuda a motivar uns aos outros, além de estreitar laços.

6. O líder de equipe tem o poder de impactar positivamente o desempenho de todos

O desenvolvimento da liderança produz benefícios tangíveis e faz melhorias concretas no processo de alcance de metas.

De acordo com um estudo da McKinsey, o líder de equipe que passa por formações frequentes ou programas de liderança desempenham melhor do que  aqueles que não participam.

Por fim, empresas e equipes podem ter uma melhor performance quando existe uma gestão forte e eficaz, que minimiza erros e maximiza resultados. 

Para isso, podem ser aplicadas diferentes formas de ensino, como programas de treinamento e aconselhamento, além de opções relacionadas a e-learning, por exemplo.

A implementação desses métodos impactará não apenas o desenvolvimento de grandes líderes, mas permite que as organizações também os eduquem dentro dos aspectos que acreditam importantes serem mais relevantes para si.

7. Investimento tem como consequência o engajamento

O investimento em funcionários e na formação dos gestores aumenta o engajamento deles em relação à empresa.

Ou seja, desenvolve a conexão dele com suas atividades e com a empresa que representa, uma vez que faz com que ele se sinta uma parte importante da operação.

Nesse sentido, há, também, o desenvolvimento de sua produção e da procura de soluções ainda não percebidas, pois há maior vontade de participar da empresa e de auxiliar no seu desenvolvimento.

Portanto, o desenvolvimento do líder também influencia na sua satisfação e felicidade em relação ao trabalho desenvolvido junto à empresa, o que também diminui a rotatividade de talentos. Aliás, conforme já dito, isso se reflete em toda a equipe.

8. Ultrapassar o ciclo de tentativas e erros

Muitas empresas consideram que não existe um conjunto de habilidades destinadas à gestão de equipes ou empresas. Ou, ainda, consideram que basta o conhecimento na área ou em administração, ignorando a capacidade de interação com a equipe, o conhecimento sobre tecnologias, mercado financeiro, negociações, entre outros.

Dessa forma, a gestão muitas vezes acaba ocorrendo por meio de tentativas e erros. Isso não é necessariamente ruim, porque auxilia na busca de soluções e no pensamento “fora da caixa”.

Contudo, é possível se arriscar em soluções de maneira mais acertada a partir de treinamentos para o desenvolvimento de gestão.

Isso economiza tempo e dinheiro para a empresa, que passa a escolher ações mais específicas para o seu tipo de problema, não se arriscando demasiadamente na aposta em uma solução cujos resultados são completamente desconhecidos.

Assim, por exemplo, é possível que um líder apresente uma solução com base em casos já estudados e exemplos de outras empresas que agiram dessa maneira, ao invés de desenvolver uma tentativa sem resultado efetivo comprovado.

9. Aumento da comunicação e integração da equipe

Um líder capacitado tende a ser mais comunicativo com sua equipe, sendo mais claro e promovendo o uso de metas e feedbacks.

Dessa forma, é possível aumentar a integração da equipe, assim como tornar os colaboradores mais seguros em propor soluções e procurar o líder para conversas sobre eventuais problemas ou sugestões.

Portanto, além do investimento em cursos de especialização na área, a empresa também deve procurar formas de treinar o líder de equipe de maneira que ele se torne alguém comunicativo e aberto a críticas e sugestões e, portanto, ao verdadeiro trabalho conjunto.

Dessa maneira, não só o líder, mas também os colaboradores podem apresentar soluções, na medida em que a comunicação pode torná-los mais proativos, algo buscado pela grande maioria das empresas.

Muito se fala em proatividade, contudo, poucas empresas conseguem realmente oferecer um espaço em que ela seja possível.

Portanto, para que os colaboradores também desenvolvam seu senso de pertencimento à empresa e a prática de sugerir soluções, é necessário que haja o desenvolvimento da comunicação.

Veja também: Metodologia ágil: O que você precisa saber sobre ela

Gostou das dicas sobre líder de equipe? Deixe o seu comentário e compartilhe estas dicas em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau