Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
home office

Home office: como proteger a segurança da informação na empresa?

A adoção do trabalho em home Office cresceu muito nesse ano de 2020 diante da pandemia de Covid-19.

Ele apresenta uma solução para as empresas que necessitam manter a jornada de trabalho ao mesmo tempo em que respeitam o distanciamento social.

Uma das principais preocupações das empresas em relação a esse tipo de trabalho remoto se refere à segurança da informação.

Como manter o controle do compartilhamento de dados e a proteção deles quando o colaborador usa computadores pessoais?

É possível garantir a segurança de uma conexão? Como manter os dados e informações sigilosas livres de ataques de terceiros mal intencionados? Todos esses pontos devem ser levados em consideração.

Existem algumas soluções inteligentes que podem manter o trabalho à distância sem implicar em problemas para a empresa em relação ao sigilo. Quais são eles e como aplicá-los você confere abaixo.

Home Office e segurança da informação: Confira dicas para manter os dados sigilosos protegidos

Existem diversos cuidados que podem manter a segurança da informação, mesmo quando os colaboradores não prestam serviços na sede empresarial e sim de suas casas.

O trabalho remoto pode ser organizado de maneira a deixar dados protegidos e dar continuidade às atividades laborais sem maiores problemas.

Assinatura digital

Uma das possibilidades para manter a segurança dos dados é apostar na assinatura digital. Ela é importante principalmente quando a empresa necessita de autorizações formais de atividades, processos e outros quesitos.

Outro ponto interessante é que ela permite ao RH que haja a validação de documentos trabalhistas mesmo que à distância.

Um bom exemplo é o sistema Oitchau que oferece uma validação que age como uma assinatura eletrônica em documentos como a folha de pagamento ou cartão de ponto.

Considere que a mesma ferramenta pode ser usada para contratos de trabalho e outras questões relevantes.

Garanta que as proteções dos computadores estejam ativas

Todos os computadores que tenham acesso às redes e sistemas da empresa, mesmo que à distância e em home Office, precisam necessariamente estar com as proteções ativas.

Essas proteções são diversas. Uma das principais é o antivírus e ele não é o único, devendo ser acompanhado pelo uso de um Firewall e de um servidor Proxy que mantêm a rede corporativa devidamente segura.

Outras ferramentas importantes correspondem ao DLP, que corresponde à Prevenção de Perda de Dados e ao EDR, que previnem e monitoram eventuais ataques que ocorram nas redes, como aqueles cibernéticos promovidos por hackers.

Nesse ponto é importante que a empresa considere se não é o caso de oferecer aos trabalhadores remotos a possibilidade de usarem em suas casas as ferramentas oferecidas pelas empresas.

A empresa pode oferecer o que se chama de kit home Office e que contém computador e outros acessórios. O mesmo ocorre com os antivírus e outros sistemas que devem ser instalados e geralmente são pagos.

Outra possibilidade interessante é a empresa se oferecer para pagar pacotes antivírus mesmo que eles sejam utilizados em computadores particulares para a prestação de serviços.

O risco da atividade cabe à empresa e ela deve assumi-lo oferecendo condições concretas ao colaborador de prestar serviços de qualidade e seguros mesmo que à distância.

Promova treinamentos de prevenção de risco em home office

É crucial que os seus colaboradores saibam exatamente o que fazer para manter os dados e redes protegidos, especialmente quando os trabalhos são realizados à distância e em home office.

Somente com a conscientização dos riscos eles podem evitar se colocar em situações que deixem as informações sigilosas expostas ou passíveis de ataque.

Para isso você pode enviar as informações por tutoriais por e-mails com passo a passo e vídeos.

Outras possibilidades incluem a promoção de reuniões que contem com profissionais capacitados em TI que possam tirar dúvidas e esclarecer o modo de operação à distância.

Alguns dos fatores que devem ser necessariamente levantados e que aumentam a proteção dos dados utilizados pela empresa são esses:

  • Em caso de percepção de algum tipo de ameaça, informar imediatamente ao gestor do departamento ou à equipe responsável pelo TI;
  • Jamais clicar em links de e-mails desconhecidos;
  • Não conceder informações pessoais para sites desconhecidos;
  • Desenvolver senhas que sejam complexas e fortes. É preciso ir além de 1234, datas de aniversário e das iniciais de nome. Uma forma de determinar uma boa senha é estipular que ela deve ter ao menos 08 caracteres que incluam uma letra maiúscula, um número e um símbolo (pontuações, arrobas, asteriscos e outros);
  • Realizar logoff (desconectar o usuário) de dispositivos quando estiver ausente. Isso deve ser feito mesmo quando o trabalho é em home Office, eis que corresponde a uma das melhores medidas de segurança;
  • Para a comunicação no trabalho somente se valer de ferramentas e plataformas que sejam aprovadas pela empresa. Isso evita que sejam compartilhados dados importantes em lugares que os deixem expostos a terceiros mal intencionados.

Estipule regras internas de acesso e um manual que esclareça cada uma delas

A elaboração de um manual com regras de acesso e de uso de dados é outra das soluções de uma empresa que evitam ataques cibernéticos e garantem a proteção das informações de trabalho.

Essa solução está relacionada com a do item anterior. A diferença aqui está na formalização das regras e na determinação delas de maneira escrita e muito bem detalhada.

Quando o colaborador tem em mãos esse tipo de manual que o direciona ele evita desperdiçar o tempo dos profissionais do TI ou dos gestores para solucionar coisas cuja resposta ele já possui em mãos.

Ofereça atendimento por equipes de TI

Dentre os maiores problemas e dúvidas que surgem em trabalhos em escritórios e empresas estão aqueles relacionados às ferramentas tecnológicas e aos sistemas utilizados.

Isso se ilustra da mesma maneira no home Office e é por isso que a empresa deve conceder aos colaboradores uma equipe de TI (interna ou terceirizada) que esteja a postos para responder eventuais dúvidas.

Essas equipes podem prestar auxílio quanto ao funcionamento dos sistemas, problemas encontrados e apresentar soluções.

Elas são importantes por permitirem que o trabalho flua sem problemas e por identificarem ameaças de acordo com as reclamações apresentadas.

É natural que os colaboradores possuam conhecimento raso sobre os sistemas utilizados e sobre ferramentas de tecnologia (notebook, tablet, computador e celular).

É por isso mesmo que é crucial que haja a prestação de serviços de profissionais de TI.

Com essas dicas a sua empresa garante a segurança das informações e dados que são cruciais para a realização dos trabalhos, mesmo quando eles não são prestados na sede empresarial e sim de forma remota.

Não deixe de colocá-las em prática para manter em sigilo suas atividades sem maiores problemas.

1 comentário

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau