Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
Flexibilidade no trabalho

Flexibilidade no trabalho: adaptando a empresa ao novo normal!

Ao que tudo indica a flexibilidade no trabalho passará a ser a regra e não mais a exceção. Isso se deve a diversos fatores e o que se deve chamar a atenção não é necessariamente como ela se transformou em tendência e sim como se adaptar para aplicá-la.

Em um mercado de trabalho tão competitivo as empresas devem ficar de olho nas tendências. Em caso contrário podem ficar defasadas e isso diz respeito aos seus produtos e à captação de colaboradores e profissionais de qualidade.

Pensando nisso nós desenvolvemos um manual que auxiliará na adaptação que permite maior flexibilidade nos serviços prestados pelos colaboradores e como optar por ela pode ser interessante para a empresa. Continue lendo e confira!                                                                                                    

Flexibilidade o trabalho: Por que adotá-la?

Existem diversos motivos para que sua empresa olhe com mais carinho para a flexibilidade no trabalho.

O mercado de trabalho costuma sofrer mudanças constantes, sendo que algumas demonstram maior alteração do status quo do que outras.

O caso do aumento da adoção da flexibilidade está relacionado em grande parte com a entrada de talentos das novas gerações no mercado. Eles têm uma visão diferente das relações empregatícias e valorizam a liberdade.

Ao entender o que os colaboradores buscam e como é possível adaptar as regras de trabalho para incluí-los de melhor forma no dia a dia a empresa passa a se valer de mais chances de alcançar a produtividade e manter os talentos.

Diferentemente do que muitos pensam a flexibilidade não é sinônimo de bagunça ou de trabalho desordenado. Em verdade ela permite até mais organização e os frutos são diversos.

Veja agora as principais vantagens em permitir a flexibilidade no trabalho e após confira como é possível colocá-la em prática com algumas dicas importantes.

Para se constituir como uma empresa moderna

O primeiro ponto que merece destaque está relacionado à imagem que a empresa adota. Uma organização que flexibiliza alguns aspectos e dá mais liberdade aos colaboradores passa a ser vista como moderna.

Em caso contrário ela não será necessariamente tradicional, podendo desviar para caminhos em que para o público ela se mostra como engessada e defasada.

Isso não é desejável para qualquer empresa. Esse fato tende a afastar o público e também os talentos que estão disponíveis no mercado de trabalho.

Ser uma empresa moderna vai muito além da adoção de ferramentas tecnológicas. Refere-se à capacidade de adaptação e de entender que os novos tempos requerem mudanças.

Para engajar os colaboradores

A segunda vantagem que listamos sobre a adoção da flexibilidade no ambiente corporativo é a possibilidade de utilizá-la para engajar colaboradores.

Essa flexibilidade faz uso da confiança que a empresa tem no colaborador. Isso por si só traz bons reflexos no dia a dia.

Um trabalhador que se entende como alvo de confiança e percebe que seus trabalhos são importantes a ponto de serem flexibilizados tende a ser mais engajado.

O engajamento é importante por inúmeros motivos. Ele leva ao aumento da produtividade ao longo da jornada de trabalho, faz com que o colaborador realmente vista a camisa da empresa e melhora as possibilidades de apresentação de novas soluções e ideias.

Outro ponto que não pode ser descartado é o fato de que o colaborador passa a se referir à empresa de maneira positiva.

Isso se reflete na atração de clientes, negócios e de outros profissionais qualificados, de forma que a organização empresarial se vale da rede de contatos do colaborador.

Para aumentar a produtividade

Ao contrário do que muitos pensam a flexibilidade no trabalho não leva à diminuição da produtividade, podendo aumentá-la em graus bastantes elevados.

Essa flexibilização pode se referir ao local da prestação de serviços, aos horários e até mesmo à forma de oferecimento dos trabalhos pelo colaborador.

A partir disso ele tem chances de encontrar a melhor forma para realizar suas atividades. Nesse ponto, considere-se que cada organismo funciona de maneira diferente e que isso se reflete nas condições de concentração.

Ao flexibilizar a relação a empresa permite ao colaborador que se ajuste para prestar serviços como é melhor para ele. A produtividade claramente sai ganhando.

Como aplicar a flexibilidade no trabalho?

Agora que você conhece as principais vantagens da flexibilização de aspectos do trabalho é chegado o momento de entender como é possível colocar esta em prática.

Confira algumas dicas importantes que farão toda a diferença na sua empresa!

Controle de ponto móvel

Considere adotar um sistema digital de ponto que permita a marcação de ponto online, como é o caso do oferecido pela Oitchau.

Esses sistemas auxiliam na flexibilização do trabalho ao permitir que o colaborador registre seus horários de qualquer lugar, de forma independente a onde ele se encontra no momento.

Quando uma empresa traz a flexibilidade no trabalho para a sua realidade um dos principais aspectos se refere à possibilidade de prestação de serviços em locais diversos e em horários menos engessados.

A flexibilização não dispensa o controle de jornada e a melhor forma de adaptar os dois fatores é pela adoção do sistema digital de ponto. Ele pode ser acessado de qualquer lugar, pelo celular ou tablet.

Um colaborador que está em outra cidade e presta serviços remotos pode se valer dele. O mesmo se aplica a quem presta serviços externos ou que realiza viagens em nome da empresa.

Home office

O segundo ponto para a flexibilidade no trabalho corresponde à permissão ou adoção do home office. O trabalho remoto é uma das maiores tendências para o mercado de trabalho e ele se relaciona diretamente com a flexibilização das atividades.

Você não precisa impor essa forma de serviços e sim deixá-la a disposição do colaborador. Diante disso ele poderia escolher os dias em que prestará atividades a partir de sua casa e aqueles em que se apresentará à empresa.

Atenção maior à produtividade e menor à quantidade de horas trabalhadas

Nosso último ponto de destaque para a aplicação da flexibilidade no trabalho é mudar o foco dos gestores.

O número de horas deve ser controlado principalmente por questões legais. O que não pode acontecer é a análise tão somente desses horários.

Muitas vezes a produtividade do colaborador pode se manter sem que ele esteja disponível durante todas as horas contratuais.

É preciso analisar cada caso e aos poucos ir colocando esses métodos em prática.

Com isso, sua empresa engaja os colaboradores, moderniza-se e aumenta a produtividade sem maiores problemas.

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau