O que é a gestão de recursos humanos?

Saiba como ter uma boa gestão de recursos humanos na sua empresa, qual é a sua importância, o que faz um gestor de RH e quais seus objetivos

Saiba como aplicar a gestão de recursos humanos corretamente na sua empresa, essa é a força motriz mais importante, pois relaciona os colaboradores com a cultura organizacional, bem estar da equipe e processos de jornada de trabalho.

É responsável pelo mantimento de talentos no quadro de funcionários, pelas promoções, demissões e novas contratações. Precisam alinhar a administração ao bem estar das pessoas.

O RH utiliza diversas técnicas a serem aplicadas diariamente, seja com dinâmicas, projetos de apoio, ouvindo os colaboradores, analisando dados de informações também comportamentais

Deve criar novos perfis de candidatos e abrir novas vagas dentro da empresa, iniciar processos de recrutamento  e seleção, agendar entrevistas, verificar relógios de pontos digitais, fazer relatórios e repassar tudo junto a gerência de todas as áreas.

Não é uma tarefa fácil, mas trouxemos mais informações, de como organizar a gestão de recursos humanos na sua empresa e assim criar mais facilitações e melhorias nos processos.

Neste artigo você também irá saber:

  • Como funciona a gestão de recursos humanos?
  • Quais são os principais objetivos?
  • Qual a sua importância?
  • O que faz um gestor de RH?
  • Como a Oitchau pode te ajudar na gestão de recursos humanos?

Boa leitura!

Como funciona a gestão de recursos humanos?

Funciona organizando tudo o que diz respeito à relação da empresa com os colaboradores, é fundamental que crie estratégias para criar uma conexão do funcionário com a cultura da empresa.

O profissional precisa ser disponível aos funcionários para tirarem dúvidas, e resolver tudo o que está relacionado à contratação ou mudanças em relações trabalhistas, disponibilizar um canal de compliance.

Estabelecer transparência aos colaboradores, receber sugestões e críticas de maneira anônima  também fazer rodadas de feedback, fornecer premiações de incentivo a uma competitividade saudável e também incentivos aos mais destacados.


Deve criar ações para redução de turnover, que é a rotatividade dos funcionários seja por parte da empresa ou por parte do colaborador, é preciso conseguir descobrir os motivos para que haja uma diminuição em relação ao tempo de saída e aos números de desligamentos.

E também a retenção de talentos, pois profissionais bem qualificados e destaque acabam chamando a atenção de outras empresas, até mesmo de concorrentes, é função do RH mantê-los. podem ser feitas contrapropostas, promoções.

Quais são os principais objetivos?


Informar regras, disponibilizar treinamentos, cursos e qualificações de aperfeiçoamento do setor, analisar a produtividade dos setores e verificar se não ocorre desvio ou acúmulo de tarefas

O treinamento além de motivar a equipe, prepara os profissionais para assumir cargos de liderança e/ou de especialista dentro da empresa. Uma equipe bem treinada garante crescimento e credibilidade para a empresa.

Por isso é tão importante estabelecer um plano de carreira individual a cada colaborador, para que enxergue as suas reais chances de crescimento e o que precisa ser feito para alcançar essas expectativas.

Qual a sua importância?

Criar um ambiente de trabalho saudável e um RH humanizado, é fundamental para que a equipe se torne mais experiente, motivada e engajada. porque terão melhorias na qualidade de vida pessoal e não só na profissional.

De acordo com relatório da Workfront, apenas 39% do dia de trabalho é realmente produtivo, foi feito baseado em um turno de 8 horas de trabalho, o que pode parecer desanimador por ser menos da metade do turno, sendo cerca de apenas 3 horas e meia.

E se isso acontece, surge outro desafio, o de manter a equipe ativa e produtiva. Os motivos não são a falta de vontade e concentração dos funcionários, mas a má administração da empresa.

É aqui que entra a tarefa importante da gestão de recursos humanos, analisar o que precisa ser modificado no contato com os funcionários. Pesquisar de maneira anônima se as reuniões de equipe são produtivas, com o tempo ideal.

Porém atividades consideradas longas demais e desnecessárias, podem surgir de comentários dos próprios colaboradores e por precisar manter ros conteúdos a empresa pode acabar não relutando.

Para isso existem as metodologias agéis que sugerem e definem o tempo a ser dedicado em cada assunto dentro da empresa, sendo 15 minutos de reuniões diárias, 8 horas de planejamento e por aí vai.

O tempo máximo não precisa ser longo demais, pode ser dividido em etapas e precisam ser os mais objetivos e claros possíveis, para que haja mais praticidade e otimização de tempo.

Assim as tarefas que realmente precisam de atenção e da produtividade dos colaboradores, terão mais tempo e apreciação dos colaboradores para serem feitas.

Algumas delas são:

  • Definir metas e desafios;
  • Planejar e criar pautas antes das reuniões.
  • Respeitar horários e prazos;
  • Gerar mais autonomia para os colaboradores;
  • Ter escuta ativa em relação a feedbacks;
  • Realizar um acompanhamento de progressos e entregas;
  • Implementar canais de comunicação;
  • Disponibilizar redes internas com interatividade.

Usar a tecnologia, otimização de tempo e planejamento intensifica as melhorias no gerenciamento, reduz a insatisfação da equipe e aumenta o desempenho do time.

O que faz um gestor de RH?

Apesar de saber tudo o que precisa ser feito, vistoriado e praticado, é importante saber o que o gestor de RH realmente faz para se organizar diante dessas responsabilidades.

Entre as atividades já citadas existem outras que também fazem parte dessa atuação e vale lembrar, que para a empresa ter funcionários bem preparados também é preciso investir nos treinamentos do próprio setor de recursos humanos.

Confira:

  1. Recrutamento e seleção;
  2. Desenvolvimento profissional;
  3. Salários e benefícios;
  4. Criação de plano de carreira;
  5. Pensar sempre na conexão de processos x pessoas;
  6. Criar mapeamentos para identificar falhas ou ações nunca realizadas;
  7. Se atualizar sobre questões jurídicas do mercado de trabalho;
  8. Criar dinâmicas ou desafios que estimulem os funcionários.
  9. Ter regras internas;
  10. Crie metas, premiações.

Todo o estímulo vem acompanhado de experiências e aprendizados, que podem trazer atribuições importantes aos colaboradores, por isso ser um gestor de RH é um desafio diário.

Tem que fazer com que as pessoas se sintam satisfeitas dentro das suas funções, para o lado corporativo se sentir satisfeito com as entregas que são feitas.

Como a Oitchau pode te ajudar na gestão de recursos humanos?


A Oitchau é uma plataforma de controle ponto eletrônico digital, que funciona com armazenamento em nuvem e acesso remoto, com criptografia de segurança e sistema antifraude, com reconhecimento facial e rastreamento.

É possível realizar a gestão da jornada de trabalho, de projetos internos, custos e financeiro em um só lugar, além de realizar integrações com as principais ferramentas de ponto do mercado.

Atuamos dentro das leis do Ministério do Trabalho, com as portarias relacionadas ao ponto eletrônico digital e também a Lei de Proteção de Dados, garantindo que todas as informações armazenadas não infringem a privacidade de nenhum funcionários.

Agende uma demonstração gratuita e descubra na prática tudo o que a plataforma da Oitchau pode fazer pela sua empresa.

Veja também: Tendência de Recursos Humanos para 2022

Gostou das dicas para evitar a procrastinação? Deixe o seu comentário e compartilhe em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau