Dress code: o que é e por que definir?

Saiba o que é dress code, como defini-lo e qual a improtância de aplicar na sua empresa, descubra também quais são os tipos de dress code

A maioria das empresas tem deixado os uniformes de lado quando se trata do ambiente de trabalho, com o intuito de deixar o local mais leve, para isto também existem regras e é disso que se trata o dress code.

Os colaboradores conseguem mostrar mais de sua personalidade e manter uma aparência profissional, mesmo com a isenção de uniforme, mas como não dá para confiar apenas no bom senso coletivo, acordos são realizados para manter essa liberdade dentro de um padrão.

Padrão este que sequer se adequa ao ambiente profissional, não podendo utilizar de qualquer vestimenta, cor e corte de tecido, cada empresa possui os seus requisitos e traremos dicas de como poderá criar os seus.

O que é dress code?

Existem vários tipos de códigos de conduta dentro de uma empresa, um deles é o código de vestuário mais conhecido como dress code, se trata para um conjunto de padronizações e regras que ditam quais tipos de roupas podem ser utilizadas em ocasiões específicas.

Como por exemplo um evento de gala, se deve usar uma roupa mais formal como ternos ou vestidos longos, muitas celebridades optam por estilistas ou personal stylist para não errarem o look de acordo com a ocasião. 

E para facilitar em relação ao dress code, os colaboradores recebem orientações de modelos que podem ser utilizados no dia a dia, em eventos, em atendimento a clientes, em reuniões e são alertados principalmente do que não pode ser utilizado, correndo o risco de levar advertências e tornar o clima organizacional um pouco negativo.

O dress code costuma ser observado pelos colaboradores assim que entram em uma empresa, sob o olhar do que outros colaboradores estão vestindo, mas também podem ser avisados através de cartilhas ou apresentações virtuais com orientação e para que seja revisto quando necessário.

Por que definir o dress code na sua empresa?

Caso a empresa tenha um perfil mais casual ou mais descolado, é comum isso possa transparecer em seus funcionários também. Uma empresa que vende óculos para jovens que curtem rock, os vendedores precisam utilizar vestimentas que comunique isso ao público.

Da mesma maneira que não é comum ver um advogado em exercício, utilizar roupas mais descoladas, é comum visualizar um perfil formal e com roupas dentro desse protocolo para passar mais credibilidade e segurança em seu visual.

É comum, em sua maioria, as empresas definirem um dia da semana livre de dress code, o mais comum é às sextas-feiras, sendo permitido ir com camiseta de time ou roupas mais à vontade, para o profissional mostrar um pouco da sua personalidade pessoal através da vestimenta também.

Por conta disso, é fundamental definir se a empresa irá aderir ao dress code em prática, pois tudo está ligado à imagem que quer passar tanto aos colaboradores, como aos clientes que podem aparecer no presencial.

Quais são os tipos de dress code?

Existem diversos tipos de dress code que vão de acordo com cada situação e ocasião da empresa.

Traje social


Além de ser solicitado ternos, blazer, alfaiataria e modelagens mais lisas, também acabam resultando em cores mais frias como preto, branco, cinza e azul, sapatos sociais, gravatas, acessórios discretos, sapatilhas ou saltos altos.

É um dress code bastante utilizado em advocacias, bancos, grandes corporações, museus, em entrevistas de emprego e instituições tradicionais.

Traje casual

É um dos mais utilizados, em que a pessoa pode utilizar uma calça jeans, um tênis e até mesmo criar variações entre o formal e o mais comum, também é chamado de traje esporte fino.

Como exemplo uma camiseta comum com  blazer e junto usar  jeans e salto ou tênis para complementar, podendo usar cores diferentes também, que é bastante utilizado por várias empresas com dress code flexível.

Traje esporte 

Este já é um modelo mais confortável, pode utilizar leggings, bermudas, usar calçados abertos, tênis esportivos, foge total do modelo de formalidade, pode ser utilizado outros modelos de vestido, estampas e camisetas de times ou bandas são permitidos.

É um modelo de traje permitido em um dia útil por algumas empresas, inclusive as que exigem o uso dos uniformes costumam liberar para a utilização desse traje.

É também muito comum usarem em locais como academias, ciclismo e atividades esportivas que acabam por ser obrigatórios no uso do traje esportivo e proibidos os trajes casuais e formais.

Vantagens de aderir o dress code

O dress code tem muita importância para a empresa, desde a criação da própria identidade, da padronização e formalidade ou informalidade que precisa ter para atrair o público certo e estar adequado de maneira correta à determinadas ocasiões.

  • Para promover o bem estar da equipe;
  • Evitar crise de imagem;
  • Manter um modelo visual;
  • Ter um protocolo a ser seguido e consultado;
  • Evita que precise chamar atenção dos colaboradores;
  • Vestimentas transmitem mensagem;
  • Se tem envolvimento com público é imprescindível;
  • Identidade e cultura organizacional;

O dress diz muito sobre a empresa, transmite a preocupação de passar ao cliente a mesma imagem corporativa que divulga ter, acaba por ser exigido com o intuito de que os colaboradores sempre esteja pronto a receberem esses clientes, seja por conta de reuniões ou visitas, o que implica na decisão final de negociação.

O que é a adoção do no dress code?

Algumas empresas decidiram aderir ao “no dress code”, que é a ausência dessa exigência de código de vestimenta, pois o perfil dessas empresas se identificam com a liberdade de visual por serem consideradas mais descoladas no mundo corporativo.

No home office isso já deixou de ser uma grande preocupação, os colaboradores colocam alguma camiseta ou roupa casual, deixando o dress code na visão da câmera, pois se estiver usando bermuda ou chinelo ninguém estará vendo.

E no caso de algumas empresas, isso se tornou uma realidade também no escritório, tudo vai muito de acordo com a etiqueta e padronização da corporação, que também avisa ao colaborador da ausência do dress code ou dress code flexível.

Qual o papel do RH no dress code?

Definir as principais necessidades de imagem que a empresa deseja passar e manter, verificar quais os tipos de trajes são os mais adequados, se vale liberar um dia para traje diferente e principalmente checar a aderência do dress code.

Uma vez estabelecido, os colaboradores devem segui-lo, assim como os cargos de gestores precisam passar uma imagem de seriedade e credibilidade para a equipe, o time também deve mostrar que faz jus a sua função e imagem corporativa.

Há complementos de dress code, como acessórios, comportamento e maneira que o atualizada. Quando entregar o dress code aos colaboradores, vale ter imagens com exemplos do que pode e do que não pode, de maneira simples e objetiva, a fim de não criar uma lista enorme que acabe fazendo com que chequem o tempo todo.

Gostou do nosso conteúdo? Continue acompanhando o Blog da Oitchau

Veja também: Feedback: o que é, para que serve, quais os tipos?

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau