Horas extras: como reduzir o excesso na sua empresa?

Horas extras em excesso podem prejudicar a empresa, não apenas em relação à produtividade e clima organizacional, mas em questões trabalhistas.

A ocorrência de horas adicionais em excesso pode motivar uma ação contra a empresa, em casos onde o pagamento dos adicionais envolvidos não forem contemplados, entre outros pontos.

O trabalho além da jornada de trabalho também pode trazer malefícios à saúde dos colaboradores.

Neste artigo, você vai entender que malefícios são estes e o que fazer para reduzir a prática de trabalhar horas extras em excesso.

Quais são as consequências da realização excessiva de horas extras para os colaboradores?

Permanecer no trabalho além do expediente resulta em uma série de problemas tanto para os colaboradores como para os gestores.

Redução da qualidade de vida

Quem passa mais tempo no ambiente de trabalho do que fora dele está mais propenso a desenvolver problemas físicos e problemas de saúde mental.

A pessoa deixa de ter uma vida social saudável, a qualidade do sono começa a se deteriorar e condições, como:

  • Obesidade
  • Problemas cardíacos
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Síndrome do Pânico
  • Burnout

Por esse motivo, é preciso que o gestor e o RH avaliem a necessidade real da realização de horas extras e, se for o caso, proponham ações que substituam a prática: desde a descentralização do trabalho para “desafogar” o colaborador, até a terceirização de setores.

horas extras

Para que isso aconteça, é preciso uma avaliação profunda e bastante honesta em relação às estratégias de negócios que são tomadas diariamente para detectar possíveis falhas ou sobrecargas em alguns colaboradores.

Ao tomar as providências cabíveis, os efeitos serão sentidos rapidamente: o colaborador descansado trabalha com mais alegria e o orçamento da empresa agradece o fôlego!

E para as empresas, quais são as consequências para as horas extras em excesso?

Planilha de Hora Extras

Aumento de afastamento do trabalho

O esgotamento mental resulta em visitas ao médico com mais frequência e, muitas vezes, o afastamento do trabalho por alguns dias.

Quando isto acontece, o trabalho começa a se acumular e o colaborador entra em um ciclo vicioso: quanto mais ele precisa trabalhar para colocar o atraso em dia, maior o tempo de licença que poderá precisar para tratar de sua saúde.

Maior incidência de acidentes de trabalho

O colaborador que não descansa como deveria tende a ficar mais desatento durante o expediente. Isso pode colocar sua integridade física em risco e aumentar a incidência de acidentes de trabalho, além de gerar despesas.

Os acidentes de trabalho principalmente os que acontecem por excesso de trabalho, podem trazer consequências negativas para a empresa como um todo.

Além de perder o colaborador, ficará descapitalizada senão mudar seu modo de trabalhar.

Aumento do turnover

Uma empresa que não se preocupa com a saúde e a qualidade de vida de seus colaboradores está mais inclinada à rotatividade de pessoal.

horas extras

Tanto os processos de seleção com os de desligamento são bastante onerosos para as empresas. Além disso, a empresa corre o risco de ganhar a reputação de não proporcionar um ambiente de trabalho bom e ser desvalorizada pelos profissionais.

Com isso, não conseguirá atrair talentos que poderiam contribuir para que a empresa alcançasse suas metas de sucesso.

Como reduzir o excesso de horas extras na sua empresa?

Agora, conheça três maneiras de alcançar essa meta e proteger colaboradores e empresa.

Adote um sistema de controle de ponto

O Oitchau uma plataforma de controle de ponto que permite, entre outras coisas, controlar a jornada de trabalho dos colaboradores e limitar a quantidade de horas extras que podem ser realizadas em um determinado período.

Ao criar uma jornada de trabalho, o Oitchau permite definir regras e limites de horas extras para a empresa, que será aplicado a todos os colaboradores.

controle de ponto oitchau

Quando um colaborador ultrapassar esse limite, o supervisor é imediatamente notificado. Além disso, é possível consultar relatórios de hora extra sempre que quiser, com dados atualizados em tempo real.

Além de limitar a realização de horas extras, a comunicação entre as partes ganha transparência, um benefício tanto à empresa como ao colaborador.

Planejamento do trabalho por período

O planejamento das tarefas que devem ser realizadas por cada trabalhador em um determinado período é fundamental para controlar as horas extras.

E ter mais qualidade de vida no trabalho, realizar a divisão de tarefas mais assertiva e justa e para garantir os resultados. É possível enxugar outros custos de todo o processo.

Melhor divisão de tarefas

E por falar em divisão de tarefas, é importante rever se cada função está absorvendo as responsabilidades de forma adequada, se o layout de trabalho está coerente e se as demandas são bem distribuídas.

Muitas vezes há gargalos e há colaboradores muito sobrecarregados, levando-os às horas extras, pois não conseguem cumprir as entregas em tempo útil.

Defina metas individuais e coletivas para a diminuição de horas extras

Defina e implante metas individuais e coletivas juntamente com seus colaboradores. O ideal é que eles recebam algum tipo de gratificação, mesmo que sejam simbólicas, ao baterem as metas.

Lembre-se de permitir que o acompanhamento do progresso das metas possa ser feito por todos.

horas extras

Além da redução da necessidade de realização de horas extras, as metas podem servir como uma maneira de motivar e engajar os colaboradores. A otimização do trabalho do dia a dia gera frutos importantes para o engajamento dos colaboradores.

Acabe com a burocracia

No mundo corporativo moderno, a burocracia é sinônimo de atraso de progresso. Portanto, avalie honestamente a maneira como os processos internos da empresa são feitos e, caso seja possível, simplifique-os.

Uma boa dica é estender a avaliação para todos os processos da empresa e identificar as possibilidades de mudanças para facilitar a vida de todos.

Outro ponto importante é que há sempre a possibilidade de terceirizar o que não pode ser modificado para que seus colaboradores possam utilizar a jornada de trabalho para focar no que realmente importa.

Dica bônus: invista na capacitação dos colaboradores

A capacitação de colaboradores exerce um impacto positivo na empresa. As atividades passam a ser feitas com maior objetividade e em menos tempo, descartando a necessidade de realização de horas extras. Além disso, a empresa ganha pontos por investir em seu capital humano.

Reduzir o excesso de horas extras na sua empresa é algo que pode ser feito sem maiores obstáculos. De posse das dicas que apresentamos, tudo ficará mais prático e todos ficarão mais satisfeitos.

 

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau