Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp

LMS: O que é e para que serve um sistema de gestão da aprendizagem?

Descubra quais sãos os tipos LMS, o que é, como aplicar na sua empresa, quais benefícios um sistema de gestão de aprendizagem podem trazer para sua equipe

A aplicação de aulas, cursos, treinamentos e testes é muito comum no meio corporativo e ao invés de ter que fazer cada uma dessas ações em plataformas diferentes, pode concentrar todas elas no LMS, sistema de gestão da aprendizagem.

Trata-se de um software que possibilita uma maneira mais interativa, para os colaboradores participarem desses testes e também rever as aulas e conteúdos em um único lugar.

O que também facilita para a empresa na hora de analisar os resultados e se certificar que os colaboradores estão usufruindo corretamente do sistema ou ver maneiras de criar mudanças para melhorar a interface.

Saiba quais assuntos iremos trazer neste artigo:

  • O que é LMS?
  • Para que serve o sistema de gestão de aprendizagem?
  • Como funciona o LMS?
  • Quais os tipos de LMS, sistema de gestão de aprendizagem?
  • Os principais benefícios do LMS.

Boa leitura!

O que é LMS?


LMS, Learning Management System que significa sistema de gestão de aprendizagem. Consiste em um software que aplica conteúdos e testes preparados pela empresa em seu sistema.

E avalia os resultados desses testes, criando uma base de dados das respostas para poder mensurar se os participantes atingiram um nível de aprendizagem.

Para isso irá constar se os resultados melhoraram ou se ocorreram modificações. É muito utilizado na área educacional como escolas, universidades e também no setor empresarial, seja pequenas ou grandes empresas.

Para que serve o sistema de gestão de aprendizagem?


Para auxiliar na atualização e inovação de metodologias, sistemas, aplicações e compartilhamento de conhecimentos técnicos e teóricos de maneira mais flexível e abrangente.

Se os resultados do sistema de gestão de aprendizagem não forem satisfatórios, significa que os participantes não obtiveram êxito nas aulas ou atividades e é preciso buscar melhorias para resolver isso.

Serve como uma atuação de ensino à distância, com aplicação totalmente online que pode ser personalizada e programada de acordo com cada objetivo da empresa.

Como funciona o LMS?

O LMS, sistema de gestão da aprendizagem, contribui no funcionamento de criação, gerenciamento e organização de dados, monitoramento de informações e adaptação de materiais de aprendizagem

Possui duas interfaces, que no caso seriam duas telas semelhantes como funciona um site, tem o painel administrativo com total controle do que é postado e respondido, dos dados e resultados de todos os participantes.

Como também tem a área externa, que somente os participantes com seus respectivos login e senhas, terão acesso a somente as informações e resultados individuais, não terão acesso às informações de outros candidatos.

Pode ser personalizado da maneira que a empresa desejar, e ser voltado a treinamentos, onboarding, cursos livres, aulas de graduação, curso de extensão, tecnólogo e até aulas ao vivo.

Porque como o foco é o conhecimento e a educação, até mesmo bibliotecas virtuais podem ser criadas ou sincronizadas à conta do LMS.

A armazenagem é totalmente feita na nuvem, suporta arquivos de imagem, texto, áudio, vídeo, questionários e outros formatos que vai de acordo com cada software.

Quais os tipos de LMS, sistema de gestão de aprendizagem?

Por se tratar de um software que atua com duas interfaces, e armazena conteúdos online na nuvem possui diversos tipos que podem se adequar à proposta da empresa de maneiras diferentes.

Separamos alguns desses tipos de LMS, para você saber um pouco mais sobre eles e identificar qual melhor se aplica à sua equipe ou clientes.

  • LMS Instalado: quando deve ser instalado no servidor da empresa, por isso o setor da área de TI deve se responsabilizar pelo monitoramento e atualizações necessárias;
  • LMS Web: este é o oposto do LMS instalado, pois o software contratado cuida da manutenção do mesmo, sem que a empresa precisa colocar o departamento de TI para cuidar disso;
  • LMS Hospedado: o armazenagem é externo e por isso a empresa pode colocar a equipe de TI para desenvolver ações como também pode solicitar ao fornecedor de software;
  • LMS em Nuvem / SAAS: pode ser armazenado na nuvem ou em um sistemas de software para controlar outros softwares, sendo de total controle do contratado, deixando a empresa enviar os conteúdos e receber os relatórios;
  • LMS Grátis: com limitações por não ser um serviço pago e nem a ver um contratado, caberia à empresa criar o próprio sistema de gestão de aprendizagem, ou instalar, fazer alterações e monitorar por conta própria;
  • LMS Comercial: já a versão comum a orçamentos, como se fosse um plus do gratuito e através dela encontra todos os outros formatos de LMS para aplicação;
  • LMS com Código Aberto: não pode ser usado no LMS em nuvem, permite que a empresa faça quantas modificações achar necessárias, possibilitando a personalização completa do sistema de gestão de aprendizagem;
  • LMS com Código Fechado: é a opção mais facilitada e sem muitos esforços para administrar, que é o software pronto com a disponibilidade de painéis personalizáveis automáticos. A empresa escolherá os modelos e cores pré criadas pela plataforma. 

Em todo caso, as LMS, sistema de gestão de aprendizagem, algumas podem ser usadas em conjunto e outras apenas com atuações isoladas por não terem os sistemas compatíveis.

A empresa deve avaliar o orçamento e tempo disponível para ações, se deseja mais facilidade ou maior controle de retenção de dados ou se prefere ter um setor especializado somente nisso.


De todo modo pode iniciar testes com a opção gratuita para depois escolher qual é o melhor caminho e valor de investimento para implantar um sistema próprio.

Porque é importante que o software cumpra a Lei de Proteção de Dados, garanta um armazenamento seguro para não perder as informações e que tenha uma boa experiência de usuários aos participantes.

Os principais benefícios do LMS


Garante experiências e retêm os resultados dos colaboradores ou alunos, para análises futuras e orienta para que melhorias sejam feitas e adaptações sejam geradas através de cada resposta.


É possível acompanhar uma evolução de aprendizagem, de maneira que as pontuações dos colaboradores tenham aumentado ou regredido e analisar porque isso ter acontecido.

Contribui para o desenvolvimento profissional com base de conhecimento, incentivando que o colaborador busque ter mais dedicação na ora de responder os testes.

Pode possibilitar a criação de trilhas para que o próprio colaborador veja a sua evolução, isso pode ser feito através de um LMS, sistema de gestão de aprendizagem aplicado à gamificação.

Assim como também facilita na aplicação de treinamentos, todos os colaboradores podem realizar o treinamento ao mesmo tempo sem precisar sair dos seus computadores, facilitando que sejam aplicados na modalidade home office.

Tem mais flexibilidade para realizar de onde e quando quiser, e claro seguindo um cronograma de prazos e entregas, para que todas as respostas sejam coletadas em uma data limite.

Ao invés de aplicar os treinamentos e aulas por várias turmas e com repetições, pode gravar a aula ou realizá-la ao vivo apenas uma vez e deixá-la gravada para consulta posteriores.

Assim  os colaboradores poderão rever, pausar, voltar e até deixar para terminar de assistir depois, por ter mais liberdade de controle e escolha no conteúdo.

Veja também: O que é PMO? Tudo sobre gestão dos escritório de projetos

Gostou das dicas sobre capital humano? Deixe o seu comentário e compartilhe estas dicas em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Enviar comentário

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau