humanização no RH

Humanização no RH e digitalização: entenda a relação!

Como manter a humanização no RH com a constante digitalização de sistemas e processos? É possível aliar o desenvolvimento tecnológico e a automatização de atividades sem que com isso se perca o fator humano?

Essas e outras perguntas são muito comuns principalmente diante do desenvolvimento tecnológico que atinge da mesma forma o RH. Ao mesmo tempo em que se deseja manter o setor humanizado é necessário acompanhar as tecnologias para que a empresa não se mantenha defasada.

Como aliar a digitalização do RH e a humanização do setor é o que veremos hoje!

É possível aliar a digitalização e a humanização no RH?

A resposta é positiva e reforçada pelo fato de que a ausência de manutenção do fator humano torna o investimento em tecnologia em RH sem efeitos. Isso significa que para a digitalização do setor obter sucesso ela precisa que a humanização esteja presente!

Em um primeiro momento essa combinação pode parecer impossível ou muito difícil e isso não é verdade. É possível combinar os fatores e a partir deles promover mudanças importantes e o fortalecimento não só de RH e sim de toda a empresa.

Veja agora alguns fatores que devem ser considerados para que seja possível alias a digitalização do RH com a humanização dele.

Você perceberá que com algumas estratégias previamente traçadas de acordo com a realizada da sua empresa é possível modernizar e humanizar seu setor.

Como aliar a digitalização e a humanização no RH?

01. Encare a tecnologia como um reforço à empresa e não como um substituto dos colaboradores de RH

Especialistas em psicologia apontam pela necessidade de buscar equilíbrio na adoção de novas tecnologias e nos fatores humanos do RH.

Atualmente cresce cada vez mais a insegurança dos profissionais em relação à tecnologia. Isso ocorre não em relação à confiabilidade e à qualidade dos serviços das ferramentas tecnológicas e sim pelo medo que o ser humano tem em ser completamente substituído por uma máquina.

Nesse contexto é preciso levar em conta que os profissionais passam longos anos estudando e buscando experiência para que tenham relevância no mercado. Ao verem a tecnologia realizando seus serviços, tendem a ficar frustrados.

A mesma coisa ocorre com quem trabalha muito com ferramentas tecnológicas. Não é incomum que os colaboradores nessas condições se cobrem mais ou se sintam menos valorizados por não oferecerem todas as praticidades de uma máquina.

É por isso que a adoção de ferramentas de tecnologia deve se dar em equilíbrio com a humanização de RH.

Considere a seguinte hipótese: uma empresa contrata o sistema digital Oitchau para a realização do controle de ponto. Com ele a organização passa a dispensar a necessidade de que um colaborador do RH desenvolva os holerites e os controles de jornada de trabalho, que serão automatizados pelo sistema.

A adoção do sistema deve ser acompanhada pelo equilíbrio em relação à análise e acompanhamento dos cartões, que ainda deverá ser feito por um colaborador.

Outro ponto que auxilia no equilíbrio é que outras atividades do RH passarão a ser feitas com mais tempo e cuidado. É o caso das entrevistas de recrutamento e seleção, que necessariamente exigem a presença do fator humano.

02. Respeite os limites

A linha entre a vida pessoal e a coorporativa tem se tornado cada vez mais tênue com o desenvolvimento e uso de novas tecnologias. Agora é possível ter acesso ao e-mail corporativo na palma da mão, por meio do celular, exemplificativamente.

A flexibilização desses limites é perigosa e tende a trazer graves conseqüências, dentre elas o desenvolvimento de síndromes e doenças mentais como ansiedade e depressão. É por isso que os limites que envolvem a vida humana particular e profissional devem ser respeitados.

Considere orientar seus colaboradores para que não façam uso das ferramentas de trabalho online fora do expediente ou no momento de descanso. A empresa deve ajudar a entendê-los que a existência da possibilidade de acesso não os obriga a estar online o tempo todo.

Outros casos correspondem à detenção do número pessoal de um colaborador por um cliente. Seja claro ao orientar seu colaborador a não atender chamadas e requisições desse tipo em seus momentos de descanso (a não ser, claro, que ele esteja de plantão ou algo parecido).

03. Demonstre a importância do humano

A busca da humanização no RH em conjunto com o desenvolvimento tecnológico e adoção de ferramentas modernas pode ele depende de que a empresa realmente demonstre a importância do humano.

As pessoas têm necessidades de serem lembradas de que são importantes e que as organizações as valorizam.

Existem várias formas de demonstrar a importância do fator humano da sua empresa. Uma delas é garantir a constituição de equipes diversificadas em que pessoas de diferentes origens, costumes, etnias e idades convivam.

Não deixe de elogiar o trabalho dos seus colaboradores, especialmente quando eles se demonstram engajados e em vias de apresentar novas idéias e soluções. Essa valorização é essencial e caso esteja ausente pode atrapalhar o desenvolvimento empresarial.

A empatia deve ser valorizada e isso tem a ver com a diversidade nas equipes. É preciso que cada um reconheça a importância do trabalho do outro, reconhecidas as devidas diferenças e respeitadas.

A humanização no RH também necessita da promoção de eventos diversos que auxiliem os colaboradores no desenvolvimento social.

Você pode fazer uso de happy hours para promover a socialização dos colaboradores. Não deixe de se valer de outros eventos que sejam voltados à educação, como palestras e rodas de conversa.

04. Aplique a perspectiva humanística

A perspectiva humanística é crucial para a humanização no RH. Ela se relaciona ao uso dos colaboradores desse setor para a gestão de pessoas de um modo mais pessoal.

Nesses casos os trabalhos burocráticos são direcionados para as ferramentas tecnológicas enquanto os colaboradores que prestam serviços no RH buscam formas de desenvolver melhor os colaboradores dentro da empresa, seu bem-estar e o crescimento da organização conjuntamente aos indivíduos que ali estão.

Esse é um dos casos mais palpáveis de uso da humanização, eis que aqui o RH está realmente voltado para as pessoas e não necessariamente para os números e documentos desses indivíduos.

Aplicando essas dicas a sua empresa será capaz de ao mesmo tempo digitalizar o setor e promover a humanização no RH.

As instituições que se atentam desde já para esses fatores saem na frente na corrida da modernização sem que para isso o fator humano seja esquecido ou anulado.

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau