Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
home office

Home office permanente: desafio para o RH e colaboradores

A solução do home office foi o que possibilitou que a economia continuasse caminhando, já que as atividades presenciais foram paralisadas, como uma forma de conter o avanço da pandemia. E para muitas empresas, foi essa mudança que permitiu que a empresa continuasse ativa no mercado.

Alguns setores já estão habituados com a prática, como aqueles ligados à tecnologia e administração. Mas outros, estavam apenas acostumados com o modelo presencial, e com a necessidade de mudanças, o teletrabalho foi a solução encontrada.

Agora, o teletrabalho que era uma citado como uma tendência em crescimento nos próximos anos, se tornou uma realidade para a grande parte das empresas, não apenas em território nacional, mas em um cenário mundial.

A prática está sendo considerada como positiva pelas empresas que ainda não atuavam nesse modelo, e uma pesquisa realizada Cushman&Wakefield demonstra que quase a metade das empresas que participaram da entrevista indicaram que pretendem reduzir seu espaço físico no pós pandemia.

É um formato de trabalho que possui desafios para todos, a comunicação é ponto-chave do sucesso do teletrabalho, e a otimização das operações. Apesar dos desafios serem diferentes do que os enfrentados no dia a dia no escritório, ainda é necessário ajustes por parte das empresas e dos colaboradores, e a tecnologia deve ser amplamente explorada para auxiliar nesse momento.

Qual a visão das empresas sobre o home office definitivo?

A confiança precisa ser exercita nesse modelo de trabalho, de forma que ela seja fortalecida a cada dia, para que o teletrabalho permanente seja realizado com sucesso.

As empresas que estão em definitivo o teletrabalho se basearam em dois momentos, o primeiro à curto prazo, considerando a segurança dos seus colaboradores, principalmente daqueles que utilizam os meios de transporte público, pois estariam sendo expostos, sem que ainda exista uma forma de prevenção efetiva, como a vacina.

Em um outro momento, à longo prazo, a empresa vislumbrou um cenário econômico mais favorável, com a redução de despesas, em relação aos custos de locação, prédios e salas comerciais e outras despesas que estão incluídas nesse pacote.

O meio ambiente foi colocado na “balança” por muitas empresas, pois perceberam que o home office, permite uma redução de recursos naturais importantes e que pode fazer a diferença para a preservação do meio ambiente, redução da emissão de gases, consumo de água, luz e papel.

Todos esses pontos foram considerados, onde ficou claro para as empresas que o teletrabalho definitivo é uma solução viável, sustentável e que pode permitir uma qualidade de vida muito melhor para todos os colaboradores.

Quais serão os desafios para liderança com o home office definitivo?

No período de isolamento social sem nenhum tipo de flexibilização, no início da pandemia, serviu para que as empresas e os colaboradores entendessem como é o teletrabalho definitivo, e evidenciou uma necessidade latente de melhorias em vários pontos.

A cultura organizacional precisa se adequar às mudanças que estão acontecendo no ambiente corporativo, principalmente em relação à flexibilização de horários, tendências no mercado, políticas e refinamento da comunicação interna.

No início, existe um certo temor em relação à resistência dos líderes em relação à adoção total do teletrabalho, mas felizmente isso não ocorreu, boa parte dos gestores nas companhias optaram trabalho à distância e orientaram os times a seguir pelo mesmo caminho, dando todo o suporte necessário.

Isso já demonstrou uma mudança significativa na cultura da empresa, na busca por melhorias contínuas e na adaptação rápida ao novo cenário, sem demonstrações de falta de flexibilidade, que era uma das preocupações da equipe de Recursos Humanos.

Para que não haja vantagens em relação ao trabalho presencial, que não seja possível replicar no ambiente virtual, todas as reuniões foram realizadas remotamente, para que não ocorresse nenhum tipo de segregação. E essa foi uma melhores decisões que as empresas poderiam tomar.

Já que, não só foi possível atestar a eficácia das reuniões virtuais, como possibilitou encontrar o melhor método (aplicativo, sistema…) para que isso pudesse acontecer. Foi um grande salto em busca de uma nova normalidade, que exigiram muita dedicação, paciência e empatia por parte de todos os membros da equipe, já que era algo novo para todos, em grande parte das empresas.

É importante que as empresas que estão adotando o home office definitivo ofereçam a infraestrutura e suporte necessário para os seus colaboradores, de forma que eles tenham acesso ao computador, com todos os sistemas, softwares e aplicativos necessários para a jornada de trabalho.

Algumas empresas estão adotando a criação de novos kits, que antes eram fornecidos no momento da contratação, agora são oferecidos para os colaboradores em teletrabalho. Uma forma em que o RH encontrou de estar perto, mesmo fisicamente longe, e tem feito a diferença para muitas empresas.

Como o RH deve atuar na orientação dos colaboradores para o teletrabalho definitivo?

O RH passou a ser muito mais estratégico do que burocrático, como era visto há alguns anos atrás, hoje o setor não está limitado apenas na contratação e desligamento de profissionais. Suas atribuições e responsabilidades aumentaram bastante, se tornando parte fundamental no processo de transformação de uma empresa.

Os líderes de RH precisam estabelecer formas de manter uma comunicação efetiva e transparente com os colaboradores da empresa, para que o teletrabalho possa funcionar perfeitamente. Entender quais são as necessidades que precisam ser priorizadas para o bem-estar dos colaboradores e ainda fornecer uma estrutura adequada.

Para a empresa, a atuação do RH é ainda mais estratégica, já que eles atuam nas questões como o controle de ponto, na gestão de turnos e escala de trabalho, regulando férias, horas extras, licenças entre outros.

Faz parte das suas atividades buscar o meio termo nas relações entre a empresa e o colaborador, já que os prazos precisam ser cumpridos, mas é importante que cobranças diretas não sejam realizadas.

A rotina de home office precisa contar com todo o suporte do RH, que terá sua atuação igualmente à distância, criando um fortalecimento importante nas relações, e promovendo o uso de ferramentas digitais que serão fundamentais para o andamento das atividades.

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau