Estrutura organizacional

Estrutura organizacional: quais são os tipos?

Qual é o tipo de estrutura organizacional da sua empresa? Caso você não saiba responder essa pergunta imediatamente, ligue o sinal de alerta. Afinal, a gestão corporativa necessita do desenvolvimento dessa estrutura e do seu uso.

Contudo, caso você não saiba do que estamos falando, não se preocupe. Hoje trouxemos, neste artigo, tudo sobre o que essa estrutura é e como funciona, bem como suas vantagens.

Sumário

O que é estrutura organizacional?

Estrutura organizacional

Considere que além da organização física sua empresa também segue alguns padrões de organização referentes à distribuição de tarefas e responsabilidades.

Imagine o seguinte cenário: chega à empresa uma notificação de cliente que precisa tirar dúvidas sobre um produto ou serviço. Nesse caso, essa demanda não é direcionada de maneira aleatória para qualquer um, mas sim para a equipe de atendimento, certo?

Pois saiba que esse reconhecimento de direcionamento das atividades e deveres somente é possível pela delimitação da estrutura da organização. Ela ilustra o agrupamento de atividades e recursos disponíveis à empresa.

Ou seja, a estrutura organizacional é uma determinação de como são os graus hierárquicos na empresa, quais são os setores e quais são os colaboradores que os compõem.

Com isso, serve para o direcionamento de tarefas, necessidades e novos colaboradores.

Contudo, não basta saber identificar qual é o grau hierárquico de um grupo de pessoas comparadas entre si. Também é necessário saber como ela pode ajudar a sua empresa e tirar dela informações importantes que melhorem a empresa como um todo.

Tipos de estrutura organizacional

Estrutura organizacional

Antes de vermos os tipos de estrutura, cabe ressaltar que todas elas cabem ou em estruturas horizontais ou em estruturas verticais:

  • Verticais: possui graus hierárquicos muito bem definidos sendo que é possível determinar quem está acima de quem e, no topo dessa lista, sempre estará o CEO. Aqui há concentração das decisões nas mãos da chefia, o que pode atrasar alguns processos ou torná-los menos flexíveis, bem como mais burocráticos;
  • Horizontais: referem-se às estruturas em que várias pessoas têm poder de decisão, bem como há maior autonomia dos agentes. Aqui temos mais informalidade, bem como há maior flexibilidade de ação e agilidade.

Pois bem. Todas as estruturas que veremos abaixo são ou horizontais ou verticais. Cabe ressaltar que não existe uma correta ou errada. O que ocorre é que os tipos de empresas e de atuação delas determinará qual é a certa para seu caso.

Veja o que diz sobre o assunto Carla Béck, CEO da Infinita EPH, em entrevista ao PME News:

A decisão sobre o tipo de Estrutura Organizacional a ser adotado pela empresa depende do tipo e tamanho do negócio. Não existe fórmula mágica e o que funciona para um, pode não ser um caso de sucesso para outro. O importante é pensar sempre na cultura organizacional e no planejamento estratégico, pois um precisa atender ao outro. Com base nisso, é possível analisar melhor não apenas a estrutura, mas quais valores são necessários para que seus colaboradores se encaixem no modelo adotado.

Funcional

O primeiro tipo de estrutura que temos se refere à funcional, que é amplamente utilizada nas pequenas empresas, sendo uma ótima opção aos negócios menores. Ela se baseia na organização de departamentos sendo que todos eles possuem um só chefe.

Dessa forma, note que cada departamento sabe quais são os recursos (pessoais e físicos) à disposição, bem como a quem devem se reportar. Por existir mais de uma chefia (cada departamento tem o seu) há resposta mais rápida aos problemas.

Outros pontos relevantes é que a comunicação interna, dentro do setor, é beneficiada por essa estrutura. Contudo, o mesmo não ocorre em relação ao contato entre setores, que tende a ser mais demorado.

Ainda, esse tipo de estrutura pensa não na empresa como um todo, mas em cada departamento como uma célula ou unidade independente. Por isso, incentiva as especializações nas áreas, bem como aponta claramente como é o nível hierárquico.

Linear

Esse tipo de estrutura organizacional também é típico das empresas e organizações menores em que não se realizam tantas atividades diferentes ao mesmo tempo. Isto é, é para os locais com poucos tipos de ações.

A estrutura linear não tem complexidade e se baseia na centralização de poderes, diferentemente do que ocorria no caso anterior. Assim, quem tem a posse do poder doe mando e decisão é o proprietário da empresa ou diretor.

Dessa forma, dentre las características desse modelo de estrutura organizacional temos a simplicidade e economia que ela oferta, bem como a rigidez da disciplina interna, que não tem flexibilidade por conta da concentração de poderes.

Por causa dele, também, temos uma única autoridade na empresa e isso é claro e inquestionável, independentemente de quem seja o expectador. Ao mesmo tempo, era tende a ser burocrática, bem como limita a colaboração entre setores e funcionários.

Ainda, é inegável que esse tipo de estrutura que se baseia na linearidade (e que é vertical, portanto) pode sobrecarregar uma única pessoa (diretor ou propriedade da empresa) o que pode ser prejudicial a ele e à organização, que se torna morosa ao depender exclusivamente dele.

Multidivisional

Por fim, também temos a estrutura organizacional que se chama de multidivisional. Diferentemente das anteriores, ela é uma estrutura que se indica para as grandes e médias empresas, uma vez que se baseia em uma pluralidade de atividades e ações empresariais.

Portanto, ela se aplica onde as divisões são muitas. Nesse caso, temos uma estrutura horizontal em que o poder de mando é disseminado de forma que há autonomia dos agentes. Os setores agem de forma independente.

Nesse caso, há agilidade na resolução de problemas, pois não é necessário aguardar resposta ou solução de um único agente com poder de mando. Da mesma forma, a comunicação é mais fluída, bem como os processos são desburocratizados.

Contudo, ela necessita de cuidados bem específicos uma vez que pode deixar os colaboradores desorientados com a falta de noção de quem são as autoridades que ali estão.

Seja como for, essas são as principais formas de estrutura organizacional. Veja qual é a melhor para a sua empresa e utilize esse conceito para obter mais resultados positivos!

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau