conflito de gerações no trabalho

Como o RH deve lidar com o conflito de gerações no trabalho?

O conflito de gerações no trabalho não é algo raro, independentemente do tipo de empresa ou do seu nicho. Embora ele seja natural, isso não significa que não seja prejudicial. Afinal, ele pode trazer grandes impactos ao clima organizacional e à produtividade.

Por isso, é essencial que os profissionais do RH estejam de olho nesse fenômeno que não é uma novidade e sequer é passageiro. Seu papel, então, é encontrar soluções para esses conflitos de modo que eles não causem prejuízos à corporação.

Mas como resolver esses conflitos? O que pode ser feito para diminuir o distanciamento entre gerações diferentes? É isso que veremos hoje. Continue sua leitura e confira tudo sobre esse fenômeno, seus reflexos, causas e soluções.

Conflito de gerações é uma realidade no mercado de trabalho

conflito de gerações no trabalho

Antes de vermos as soluções para esse tipo de situação é necessário saber como o conflito de gerações ocorre, suas causas e como ele reflete no ambiente de trabalho. Isto é, saber como ele se torna um problema e como se desenvolve.

O conflito entre gerações nada mais é do que o desentendimento e dificuldade de diálogo entre pessoas nascidas em épocas diferentes.

Considere que hoje é natural que pessoas entrem mais novas no mercado de trabalho. Igualmente, é mais comum que pessoas mais velhas estendam ao máximo a sua permanência nas empresas.

Com isso, o que ocorre é que pessoas de gerações, valores, princípios e referências diferentes são colocadas no mesmo ambiente. E por mais que haja educação no tratamento, ela não é o suficiente.

Esses conflitos podem se apresentar em diversos âmbitos. Por exemplo, é natural que membros da geração boomer (1946 – 1964) e da geração X (1965 – 1980) sejam menos flexíveis no trabalho.

Essa flexibilidade diz respeito aos horários, locais de trabalho, hierarquias e até mesmo aos métodos utilizados. Por outro lado, a flexibilidade e o desapego são próprios das gerações Y (1981 – 1996) e Z (1997 – 2012).

Portanto, tem-se que as próprias visões acerca do trabalho se desencontram e podem gerar inúmeros conflitos. Estes, sendo prejudiciais, requerem atenção e cuidados para que sejam controlados, como veremos abaixo.

Porque esses conflitos existem?

Existem valores próprios de cada geração e isso, por si só, muda a forma como as pessoas enxergam o trabalho e outros aspectos da vida. 

Considerando-se que hoje é natural que 4 a 5 gerações diferentes convivam no mesmo ambiente de trabalho, temos que são várias visões diferentes que entram em jogo, portanto, podem levar ao conflito.

Dentre os principais aspectos que geram esses conflitos temos:

  • Visão de hierarquia;
  • Entendimento sobre o trabalho e sua importância para a vida de cada um;
  • Uso de tecnologia;
  • Metodologias de trabalho;
  • Formas de comunicação;
  • Uso de formalismos ou desapego nesse sentido;
  • Formações hierárquicas verticais ou horizontais;
  • Flexibilidade de horários e locais de trabalho;
  • Forma de comportamento;
  • Vestimentas, etc.

Portanto, veja que esses conflitos se encontram em diversos aspectos, dos mais importantes aos menos relevantes.

A mudança de gerações ocorre com a inclusão de novos ideais ou por renunciar a conceitos que já se mostram defasados. Ainda, cada geração é moldada de acordo com o espírito da época, dependendo dos recursos disponíveis, dos eventos históricos e geográficos, etc.

Portanto, os conflitos de gerações no trabalho são moldados pelas diferenças do que cada uma delas encara na sociedade, ou sobre o que cada uma valoriza ou tem à disposição.

Como os conflitos de geração afetam o ambiente de trabalho?

conflito de gerações no trabalho

Os conflitos entre gerações podem causar muitos problemas no ambiente de trabalho e, requerem a atenção do RH. Veja alguns dos aspectos negativos que acompanham esses entraves.

Afetam o clima organizacional

É claro que os conflitos afetam negativamente o clima organizacional. Afinal, quando não há entendimento – bem como a aplicação de conceitos de que uma geração é melhor ou mais inteligente do que a outra – o clima não é capaz de se desenvolver positivamente.

Comunicação dificultada

Outro aspecto negativo dos conflitos de gerações no trabalho é que ele dificulta a comunicação. Esta já pode sofrer pelas diferenças geracionais, em si; agora, quando os conflitos se instauram, ela piora ainda mais.

Problemas com trabalho em equipe

Por fim, o trabalho em equipe pode ficar impossibilitado pela existência de conflitos entre as gerações ali presentes. E com isso quem sai perdendo é a equipe toda, bem como a empresa.

Como o RH pode solucionar os conflitos de gerações no ambiente de trabalho?

Uma vez que os conflitos geracionais são tão prejudiciais, o que o RH pode fazer para evitá-los e controlá-los? Confira nos itens abaixo!

Promover o compartilhamento de conhecimentos

Primeiramente, uma das estratégias para lidar com os conflitos entre gerações no ambiente de trabalho é promover o compartilhamento de conhecimentos entre eles.

Afinal, as gerações mais velhas possuem habilidades e conhecimentos que faltam às mais novas. Estas, por outro lado, podem trazer conhecimentos sobre tecnologia e sobre desconstrução de conceitos arraigados.

Para isso, o RH pode pensar em dinâmicas que misture gerações diferentes em grupos, convidando-os para dar solução a algum problema hipotético. Nela, convide os colaboradores a trocarem experiências e exija presença de aspectos de todas as gerações.

Desconstrução de estereótipos

Outro ponto essencial para lidar com os conflitos geracionais e evitá-los é pela desconstrução de estereótipos. É comum, por exemplo, que gerações mais velhas vejam as mais novas como descompromissadas ou petulantes.

Por outro lado, as mais novas também tendem a ver as mais velhas como ultrapassadas, conservadoras e fechadas ao diálogo.

Por isso, cabe ao RH desconstruir essas imagens. Afinal, existem muitas pessoas com mente mais aberta do que jovens décadas mais novos. O contrário também é verdadeiro.

Assim, novamente busque criar situações em que as gerações possam se conhecer de melhor forma. Isso abarca tanto eventos sociais da empresa quanto dinâmicas em que cada uma mostra mais sobre si mesmo.

Promover a comunicação

Por fim, o conflito entre gerações no trabalho requer, como solução, a melhoria na comunicação. Determine os melhores métodos de comunicação em cada caso, de forma que as preferências de cada geração sejam abarcadas em momentos diferentes.

Enviar comentário

Oitchau - Registro de ponto por reconhecimento facial
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau