Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
líder

Liderança: como se destacar sendo um líder introvertido

Pessoas introvertidas também podem ser ótimas líderes! Basta saber usar cada ponto forte dessa característica a seu favor.

Cargos de liderança podem representar um pesadelo na vida de pessoas introvertidas. Isso acontece porque quando pensamos na figura do líder, imediatamente as pessoas relacionam com um profissional de postura comunicativa, incisiva, carismática e que chama a atenção. No entanto, a verdade é que não existe fórmula de bolo —  liderar um time é sempre um grande desafio! E, tendo isso em mente, saber usar cada ponto dos traços de personalidade é a atitude mais acertada a se tomar.

A seguir, neste artigo, vamos indicar algumas dicas valiosas para ajudar os profissionais mais tímidos a chegarem ao posto de líderes. Acompanhe!

Controle de ponto

Liderança extrovertida x introvertida

Um ponto válido a ser ressaltado é que as características pessoais de um profissional não definem, necessariamente, se ele é ou não um bom líder. Ou se será capaz de executar uma boa gestão de pessoas. O que dita esse sucesso é a competência, empenho, paixão e outros esforços dedicados para se realizar o trabalho da melhor maneira possível.

Neste sentido, até estudos já sugeriram que as organizações acabam perdendo quando deixam de promover executivos com estilos mais discretos. Uma pesquisa realizada pela Harvard Business School, “The Hidden Advantages of Quiet Bosses”, descobriu que os introvertidos podem desempenhar um papel fundamental na liderança de equipes.

O levantamento aponta que muitas características que as pessoas associam aos líderes, como ter espírito dominador ou ser capaz de dar as diretrizes, muitas vezes são as mesmas que caracterizam uma pessoa extrovertida. No entanto, quando se trata do cotidiano do trabalho em times, as qualidades menos óbvias podem se tornar mais essenciais.

Na prática, os pesquisadores solicitaram que executivos avaliassem o quão extrovertidos são e, em seguida, estudaram como as suas equipes trabalhavam. Eles verificaram que os extrovertidos foram mais dominantes, conduziram as conversas e foram menos receptivos a novas ideias. Por outro lado, os introvertidos ouviam as ideias de seus colaboradores, guardavam essas sugestões e foram capazes de melhorar o desempenho do time. Além disso, os responsáveis pela condução da atividade observaram que os introvertidos demonstraram um desempenho superior quando lideravam uma equipe de trabalhadores pró-ativos.

Dica para superar o medo de liderar

Ocupar um cargo de liderança não é tarefa fácil para ninguém. Por isso, o primeiro passo para chegar até lá, é entender que deve estar nessa posição pessoas que sejam capazes de ouvir sugestões e opiniões diferentes, e que saibam valorizá-las. Ou seja, nenhum outro traço da personalidade é mais importante do que estes citados.

Ainda segundo o estudo da Harvard Business School, uma das principais lições da pesquisa é que qualquer pessoa pode aprender na prática como liderar de maneira eficaz. Independentemente do tipo de personalidade, quando os profissionais são incentivados a experimentar diferentes estilos, eles eram capazes de aprender as características positivas de liderança tanto dos introvertidos quanto dos extrovertidos.

Abaixo, listamos mais algumas dicas que podem ser úteis. Confira:

Use a introversão a seu favor

Como citamos mais acima, a chave para lidar com essa característica é compreender que a introversão não é um defeito: ela faz parte da personalidade de uma pessoa, que como todas as outras, tem seus pontos forte e fracos. E ter consciência disto é a melhor maneira de conseguir lidar com a personalidade pessoal para desempenhar papéis profissionais a seu favor.

Na realidade, a qualidade de ser mais quieto e mais receptivo a ideias diferentes é algo que deve ser valorizado. Antes de falar, agir ou tomar decisões esses profissionais reservam mais tempo para refletir e não agem com impulsividade, cometendo menos erros por falta de atenção.

Por selecionarem os momentos de interagir com as pessoas, são líderes que perdem menos tempo rediscutindo um problema e optam por se destacar quando tem uma contribuição real e positiva a fazer.

Interagir com menos frequência ou maior discrição não significa necessariamente ser chato ou desagradável. Um líder introvertido também pode ser educado e uma boa companhia.

É ótimo quando um líder é extrovertido, pois ele se comunica com muitas pessoas durante sua rotina e isso ajuda nos negócios, mas falar pouco e dizer a coisa certa no momento certo também faz a diferença. Ou seja, no fim do dia trata-se apenas perfis diferentes de liderança.

Saiba quando sair da zona de conforto

Em muitas sociedades, ambientes e culturas a cobrança para que as pessoas sejam sempre alegres, extrovertidas e participativas pode fazer quem tem uma personalidade diferente sentir-se pressionado.

Mas ao reconhecer os pontos fracos e fortes de ser um introvertido, com certeza você se sentirá mais à vontade para agir naturalmente e ser quem é.

Tentar forçar uma personalidade diferente da sua pode acabar ficando artificial e voltar contra você.

Encontre maneiras de liderar, comunicar e entregar o trabalho com excelência da sua maneira. Nem todo líder precisa estar diante dos holofotes. Deixe que seu trabalho fale por você.

Se notar que há uma maior dificuldade na comunicação com algum colaborador, chame-o para um café e fale um pouco sobre sua maneira de ser e trabalhar. Isso pode criar uma via de mão dupla e ajudá-lo a também entender a melhor maneira de trabalhar com você.

Lembre-se que nem todos os líderes precisam ser iguais.

 

Em alguns momentos pode ser necessário dominar a introversão

No exercício da boa liderança, haverá momentos em que você precisará ser mais ativo, mais comunicativo, tomar a frente, comandar uma reunião, comparecer a um jantar de negócios, representar a empresa em um evento e até mesmo contratar e demitir colaboradores.

E nessas situações, é necessário ter controle sobre a sua introversão.

  • Crie um hábito ou processo que te ajude a se preparar para esses momentos, como uma boa noite de sono antes de um dia cheio de reuniões.
  • Compareça aos eventos da empresa, nem que seja por pouco tempo, apenas para se mostrar presente.
  • Esteja atento para identificar quando é o momento certo e necessário para deixar a introversão de lado e ser mais incisivo(a). E seja.
  • Compartilhe as ideias, trabalhos e conquistas do seu time com a empresa. Você não precisa estar em foco, mas os resultados do seu trabalho e da sua equipe precisam.

Ponto Eletrônico

Enviar comentário

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau