Coaching empresarial, melhores ferramentas e práticas

O coaching empresarial é uma metodologia para organizações que desejam desenvolver  seu potencial pleno, investindo em aproveitar ao máximo o talento do capital intelectual que as compõem.

Esta área do coaching foi pensada para trilhar um crescimento da empresa como um todo,  não somente relacionado a profissionais específicos. Dessa forma, todos podem se conectar e redescobrir os seus valores, unificando o propósito no ambiente de trabalho, o que gera resultados cada vez melhores.

Neste artigo, vamos abordar mais princípios sobre a técnica. Acompanhe!

O que é coaching empresarial?

De um modo geral, um dos principais objetivos das ferramentas de coaching é a promoção  do desenvolvimento, ou o aperfeiçoamento de habilidades e competências até então não descobertas ou exploradas. E, para se ter uma ideia da relevância da prática, de acordo com um levantamento da International Coach Federation (ICF), esse mercado está em expansão no Brasil — cerca de 30% dos profissionais brasileiros têm aderido à técnica. Em países como os Estados Unidos, o número impressiona: 93% dos estadunidenses já utilizaram a prática.

No mundo dos negócios, investir em uma gestão de pessoas inspiradora é uma necessidade não apenas para o sucesso, mas também para a sobrevivência das organizações. Sob este contexto, o método mais voltado para o âmbito empresarial visa ajudar os profissionais a se tornarem mais eficazes, aplicando técnicas que apoiam e envolvem todos os membros da empresa. O coaching empresarial influencia a adaptabilidade, produtividade e a retenção de talentos.

A metodologia permite que o cliente entenda seu papel na conquista do sucesso dos seus resultados e aprimore-o de maneiras mensuráveis ​​e sustentáveis. O processo de coaching pode assumir diferentes formas como, por exemplo, o coaching individual ou em equipe. Além disso, ele também envolve objetivos diferentes que vão desde a solução de problemas; planejamento de carreira e sucessão; desenvolvimento de liderança; até a criação de equipes de alto desempenho; dentre muitos outros. 

O foco desta técnica de, no entanto, é distinto dos demais métodos tradicionais. A sua meta é organizar e otimizar o ambiente empresarial com processos de gestão já estabelecidos, ao invés de desenvolver uma nova ideia de empreendimento. Neste caso, o coach empresarial atua como um facilitador para motivar gestores a propor soluções.

coaching empresarial

Ferramentas de coaching empresarial

Existem algumas ferramentas que auxiliam a técnica a agir estrategicamente nas prioridades identificadas pelo coaching empresarial. Obviamente sua escolha dependerá do problema diagnosticado e do público no qual a metodologia será aplicada. Isso porque o foco pode ser voltado tanto à empresa como um todo, quanto para áreas específicas. Porém, na maioria das vezes, essas soluções são implementadas para fazer as equipes interagirem melhor, por exemplo.

Tendo isso em mente, listamos as ferramentas de coaching mais utilizadas pelas empresas para melhorar seus processos de negócio:

1. Assessment

O Assessment é um método que costuma ser mais útil para o profissional que está aplicando o processo de coaching empresarial do que para os coachees (participantes do processo). Trata-se de um software, geralmente usado pela área de Recursos Humanos, para traçar um perfil comportamental e imparcial do público da empresa. A identificação desse perfil é útil para que o coach saiba como lidar com possíveis choques culturais entre os profissionais durante o processo.

As informações são levantadas por meio de um questionário, que pode ser disponibilizado de forma impressa ou digital. Entre as outras vantagens deste método, está a análise do grau de adequação entre o perfil de um colaborador e o seu job description.

2. Análise SWOT

Esta é uma das técnicas mais utilizadas no planejamento estratégico de pequenas e grandes empresas. A análise SWOT é uma ferramenta de coaching para diagnóstico do ambiente corporativo. Por meio de uma matriz, são identificadas as forças (strengths), fraquezas (weaknesses), oportunidades (opportunities) e ameaças (threats) do negócio.

O objetivo desse dispositivo é levar os coachees a avaliarem como os pontos positivos (forças e oportunidades) podem suprimir ou até mesmo invalidar os pontos negativos (fraquezas e ameaças). A prática pode ser um ótimo ponto de partida para ambientar todos ao status da empresa.

3. Avaliação 360º

Este tipo de avaliação pode ser aplicado tanto no processo de coach como no cotidiano da sua operação. A avaliação 360º propõe perguntas que fazem os participantes do processo de coaching empresarial refletirem sobre sua autopercepção em comparação com a percepção dos outros sobre eles. Para que de fato funcione, o ideal é que ela seja aplicada em diferentes níveis hierárquicos.

4. Análise da produtividade na empresa

Este aspecto é um dos mais buscados pelas organizações nos dias de hoje — não à toa ele se tornou uma ferramenta de coaching. Por meio da técnica da Produtividade, o coachee desenvolve consciência sobre a contribuição de seu trabalho para a empresa. O objetivo é que, ao perceber-se produtivo, o profissional consiga desenvolver  automotivação.

Na prática, a meta do projeto é definida coletivamente, no entanto, cada participante deve responder individualmente 5 perguntas-chave:

  • Quais hábitos preciso criar antes de iniciar o projeto?
  • Quais são as prioridades dessa prática?
  • Que objetivos de aprendizado teremos ao final do trabalho?
  • O que devo evitar no decorrer do processo?
  • Por que sentirei gratidão ao final do projeto?

Após responder todas essas perguntas, o grupo deve se reunir novamente para compartilhar e discutir suas percepções individuais, tendo em vista melhorar o cenário da empresa.

Considerações importantes sobre o coaching empresarial

Seja para encontrar a solução para um problema ou para melhorar o processo de gestão da inovação, as ferramentas de coaching são extremamente úteis. Entretanto, é válido ressaltar que o ideal é que o processo seja conduzido por um profissional especializado e com experiência, assim, a empresa pode ter a segurança de que os resultados serão atingidos.

Todas as ferramentas as quais citamos acima, permitem ao profissional que vai aplicá-las não somente caracterizar a situação em que cada colaborador se encontra, como também identificar o que cada um pretende alcançar e qual o objetivo da sua concretização ao nível pessoal e corporativo.

Ao ajudar os profissionais a refletirem sobre um plano mais adequado às suas necessidades, considerando durante o processo, as suas maiores forças e fraquezas, as empresas incentivam transferência de conhecimentos pessoais para o foro profissional, levando a que o colaborador descubra como transpor as suas forças pessoais para a vida profissional.

Em linhas gerais, mais do que permitir a criação de diferentes abordagens para a resolução dos problemas dos colaboradores e líderes de uma empresa, o coaching ajuda a pô-las em prática.

Oitchau - Registro de ponto por reconhecimento facial
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau