b.r.a.v.i.n.g.

B.R.A.V.I.N.G.: como aumentar a confiança dos times na sua empresa?

Você conhece o B.R.A.V.I.N.G.? Esse é um conceito que se volta à confiança, a qual é algo imprescindível na execução de tarefas laborais. Ele ganha força a cada dia na medida em que auxilia a medir níveis de confiança e a melhorá-los.

Para conhecer mais sobre esse conceito continue a sua leitura. Abaixo você encontra informações sobre esse conceito, o que ele envolve e quais são os itens que são relevantes quando o assunto é confiança.

A confiança como conceito essencial ao trabalho: Conheça o B.R.A.V.I.N.G

Essa sigla corresponde a uma série de fatores que são importantes para a confiança dentro da empresa. Quando nos referimos à confiança, estamos falando daquela que existe entre as equipes, gestores e colaboradores e a que se aplica a nós mesmos.

A confiança é essencial para a prestação de serviços. A autoconfiança permite a socialização, a participação em reuniões e a apresentação de novas ideias. Isso também gera mais produtividade.

Já a confiança entre colaboradores e deles para com os gestores é essencial para que os colaboradores continuem prestando serviços de qualidade e que andem na mesma direção, sem desencontros e de maneira coordenada.

É a confiança em nosso corpo, mente e espírito, que permite manter a busca por novas aventuras, novos caminhos para crescer e nossas lições para aprender – a vida é sobre isso – Oprah Winfrey, apresentadora

Abaixo, conhece o que significa o B.R.A.V.I.N.G, como utilizá-lo para analisar a sua empresa e o que fazer para melhorar a confiança dentro da sua corporação, aumentando a produtividade e a qualidade dos serviços.

Significado de B.R.A.V.I.N.G.

Cada uma das letras de “Braving” se relaciona a um conceito e uma expressão em inglês que se revela como parte importante da construção da confiança dentro das empresas e das relações trabalhistas ao longo da jornada de trabalho. Veja:

b.r.a.v.i.n.g.
  • B – Boundaries – Limites: A primeira letra se revela no fato de que toda relação de confiança encontra um limite de até onde pode ir e isso nada mais é do que respeito. Não se pode usar a confiança como desculpa para desrespeito;
  • R – Reliability – Confiabilidade: A segunda letra do acrônimo se refere à confiabilidade, que é a reciprocidade de uma relação de confiança. De nada adianta o gestor confiar no colaborador se o contrário não for verdade e para que isso ocorra é preciso cumprir combinados, compromissos e atuar de maneira coerente;
  • A – Accountability – Responsabilidade: assumir os erros é parte essencial da confiança e do desenvolvimento de novas ideias e soluções. Os erros são comuns dentro de uma empresa e somente com eles é possível reconhecer falhas e outras soluções. Para isso deve haver espaço e ação para que a assunção da responsabilidade pelo erro ocorra;
  • V – Vault Cofre: aqui o conceito se refere à possibilidade de confiar segredos e fatos que devem ser mantidos em sigilo. Eles somente são possíveis quando há confiança de uma pessoa em relação à outra;
  • N – Non JudgmentNão Julgamento: a letra “n” do acrônimo se refere ao não julgamento, que é a capacidade de não fazer juízos de valores sobre outras pessoas em razão de suas roupas, cultura, geração ou habilidade.
  • G – Generosity – Generosidade: a letra que encerra o B.R.A.V.I.N.G. se refere à generosidade e embora isso possa parecer estranho em um primeiro momento, note que ela é quem garante a competitividade não negativa e saudável que se dá com base no trabalho conjunto. Boas ações inspiram a confiança e é por isso que a generosidade ganha destaque aqui.

Como melhorar a confiança dentro da empresa?

Agora que você já conhece quais são os conceitos que compõem o B.R.A.V.I.N.G cabe saber como utilizá-los para melhorara confiança dentre da sua empresa. A metodologia representada pelo acrônimo demonstra o que você deve ter.

E como ter? Como conquistar os fatores acima que se referem às relações generosas, pautadas na confiança e no não julgamento em um ambiente de trabalho seguro e onde a assunção da responsabilidade tem incentivo?

Pensando nisso separamos algumas dicas essenciais. Não basta saber o que é o B.R.A.V.I.N.G, é preciso praticá-lo e desenvolvê-lo e é isso que veremos abaixo. Continue lendo e confira!

1.   Crie uma cultura na qual erros são permitidos

O primeiro fator essencial para que você promova a metodologia que vimos acima na sua empresa é criar uma cultura organizacional onde erros são permitidos e não são motivos de grandes tempestades.

Mas é preciso lembrar que existem diversos tipos de erros que são motivados por inúmeras questões, e o que se deve ter em mente é que toda a atenção e qualidade dos serviços são essenciais.

Caso elas falhem, isso deve ser visto como algo que realmente acontece, direcionando-se os esforços para contornar a situação e evitar que isso ocorra novamente. Aqui estão dois conceitos: a responsabilidade e a confiabilidade.

Em um cenário em que isso não está claro há perigo de acobertamento de erros que podem piorar ainda mais a situação ou fazer com que a solução cabível chegue muito tarde.

2.   Mantenha seus colaboradores conectados utilizando o conceito B.R.A.V.I.N.G.

Quando colaboradores trabalham em locais diversos, seja pelo home office ou pela existência de diversas filiais da empresa, é importante que eles estejam conectados e tenham a oportunidade de dialogar.

b.r.a.v.i.n.g.

Em tempos normais é interessante promover encontros que podem ter fins laborais ou sociais e que permitam essa aproximação entre colaboradores e o desenvolvimento da confiança entre eles.

3.   Em tempos de Home Office, promova eventos à distância

Essa dica se volta ao B.R.A.V.I.N.G. especialmente em tempos de pandemia. Com a distância dos colaboradores pela adoção do home Office, eles ficam cada vez mais desconectados uns dos outros, limitando-se às tarefas laborais.

Por isso, é necessário a adoção de eventos à distância para unir a equipe, veja alguns exemplos:

  • Happy hour à distância: com envio de kits para os lares dos colaboradores;
  • Reuniões periódicas: para manter a transparência e comunicação interna entre todos os integrantes do time;
  • Criação de redes sociais corporativas: é um espaço colaborativo para que os colaboradores possam compartilhar interesses em comum, em um ambiente menos formal.

4.   Incentive a transparência

Nossa última dica para que a metodologia B.R.A.V.I.N.G. tenha bons reflexos na sua empresa e desenvolva a confiança entre os colaboradores é que você incentive a transparência.

Demonstre que a sua empresa vê erros como oportunidades de aprender e achar novas soluções e que sempre está aberta para reclamações, relatos de problemas e ideias.


Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau