Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
Saúde no trabalho

Saúde no trabalho: como promover na sua empresa?

A saúde no trabalho é um assunto que sempre deve estar no foco do RH e dos gestores de uma empresa. E quando falamos de saúde psíquica em tempos de pandemia isso fica mais importante.

Os empregadores têm deveres em relação a ela e à sua promoção. E não só isso. Para além da obrigação legal ou mesmo da produtividade da qual a empresa se vale em um profissional saudável, esse cuidado é uma questão de humanidade.

Saúde no trabalho cai em tempos de pandemia

A saúde no ambiente de trabalho é algo muito caro aos empregadores e aos colaboradores. É responsabilidade do primeiro garantir que os segundos não estejam em situação de desgaste físico ou psicológico.

Enquanto algumas condições de saúde têm relação com as atividades laborais, outras têm nelas uma causa conjunta. Outras podem ser completamente alheias ao trabalho. Isso não a impede de refletir sobre as atividades de trabalho.

Isso não é uma novidade. O que acontece é que em tempos de pandemia e de serviços remotos as doenças psíquicas tiveram um grande aumento. E isso não é à toa, visto que o cenário é desanimador.

Considere os seguintes fatores:

  • Cenário de morte e até mesmo de perda de entes queridos;
  • Incertezas quanto ao futuro;
  • Insegurança;
  • Medo de perder o emprego;
  • Ansiedade pela imunidade e pelo mundo pós-pandemia;
  • Dificuldade de adaptação;
  • Solidão pelo distanciamento social;
  • Mudanças de rotina;
  • Sentimento de inutilidade, entre outros.

São várias as questões que influenciam nesse momento e que sobrecarregam a mente do trabalhador, de modo que a saúde no trabalho sofre drasticamente. E é isso que indica alguns estudos.

Um deles pertence à Benenden Health, uma empresa da Inglaterra que comercializa seguros de saúde. A pesquisa identificou que 1/3 dos entrevistados sofreu algum impacto negativo mental durante a pandemia.

Dentre os relatos mais comuns estavam ansiedade e depressão. Outro fator importante é que boa parte dos entrevistados declarou que essa seria a primeira vez em que estão sofrendo mentalmente.

Tudo isso deve servir como um sinal de alerta às empresas. Se a saúde no trabalho é uma de suas obrigações, saber como ela pode estar sendo afetada e como ajudar os colaboradores é uma forma de agir para auxiliá-los.

Como identificar que um colaborador passa por problemas?

Saúde no trabalho

O primeiro passo para identificar se um colaborador passa por dificuldades como depressão ou ansiedade é começar a trazer o assunto sobre saúde mental para dentro do ambiente de trabalho.

Falar sobre o tema, compartilhar materiais (como artigos, e-books ou vídeos) e promover esse assunto é uma ótima forma de a sua empresa afastar estigmas e se mostrar aberta. Veja o que diz sobre o assunto a psicóloga Ana Carolina Peuker:

“Uma maneira simples de começar é falar do tema da saúde mental dentro da organização. Esse já é um grande passo que favorece na redução do estigma e no aumento da busca por ajuda precoce porque às vezes o funcionário vive em um ambiente corporativo hostil em relação à demonstração de fragilidades e necessidades emocionais, onde essas questões seriam parte da vida pessoal e não do trabalho”.

A psicóloga destaca que quando o colaborador se vê em um local que considera problemas psíquicos e emocionais como frescura ou algo inexistente, isso tende a piorar ainda mais a condição de saúde no trabalho:

“Isso acaba fazendo com que muitos quadros psicológicos se agravem, já que o indivíduo não encontra a abertura necessária por não ser um ambiente psicologicamente seguro para que ele se exponha e revele a sua vulnerabilidade. Acredito que com a crise pandêmica o RH se abriu muito para esse tema, bem mais do que era. A possibilidade das pessoas poderem pedir ajuda tem que estar no dia a dia organizacional”.

Como ajudar seus colaboradores a manter a saúde no trabalho mesmo na pandemia?

Veja alguns dos principais atos que a sua empresa pode colocar em prática para promover a saúde mental dos colaboradores:

Estabeleça limites entre o trabalho e o momento de descanso

Saúde no trabalho

Muitos colaboradores em home office têm dificuldade em desligar ou aproveitam que estão em casa para ficar mais tempo nas atividades e bater metas. Oriente-os para que respeitem os horários.

Caso seja necessário adote um sistema que bloqueie os softwares de trabalho nos intervalos e após certo tempo de prestação de serviços que extrapole a jornada de trabalho contratual.

Veja o que diz sobre isso a psicóloga Ana Carolina Peuker:

“O mais importante é ficar atento aos limites entre vida pessoal e trabalho e buscar ter condutas preventivas em relação ao bem-estar psicológico, fazendo pequenas pausas ao longo do dia, estabelecendo contato com coisas que lhe fazem bem, procurando ter um hobby”.

Conceda benefícios referentes à saúde mental

Oferecer aos colaboradores auxílios como seguro de saúde ou terapias, isso pode ajudá-los em muito tanto a tratar quanto a evitar transtornos. Veja o que diz a psicóloga Ana Peuker:

“Outra iniciativa é buscar benefícios relacionados à saúde mental, porque muitas vezes a organização se preocupa muito com as questões ligadas ao físico e desconsidera que a saúde deve ser abordada de maneira integral. Não é bem-estar físico ou mental, mas ambos. Um não existe sem o outro, portanto é preciso trabalhar essa perspectiva estimulando uma abordagem completa.”

Se possível, garanta estabilidade

Um dos fatores que atrapalha a saúde no trabalho é o sentimento de insegurança em um cenário de crise econômica e de altas taxas de desemprego. E você pode ajudar seus colaboradores contra isso.

Caso seja possível, garanta estabilidade aos seus trabalhadores. Isso ajuda a deixá-los mais tranquilos em relação ao seu futuro em curto prazo, principalmente. Ajuda-os a não perder tempo com a ansiedade em relação ao eventual desemprego.

É muito importante que os seus colaboradores saibam que podem contar com você e ao oferecer essa estabilidade você dá um gesto de confiança.

Procure entender a dor de cada um

Saúde no trabalho

Aos gestores é imprescindível que tentem entender as dores de cada um. Algo que para você pode ser inofensivo muitas vezes é devastador para outras pessoas. É necessário entender que temos histórias de vida e experiências diferentes.

È importante que a empresa nunca faça pouco caso da situação e sentimentos do colaborador.

Enviar comentário

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau