Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
Treinamento comportamental

Treinamento comportamental: como funciona?

A sua empresa faz uso do treinamento comportamental? Ele é capaz de trazer grandes benefícios à empresa e aos próprios colaboradores. Ela é uma forma de manter o convívio saudável e produtivo.

Abaixo, conheça como esse tipo de treinamento funciona, os seus pilares e as vantagens que ele traz às empresas. Veja como adotá-lo pode ajudar a sua empresa a crescer e a melhorar a cultura interna corporativa.

O que é treinamento comportamental?

Treinamento comportamental

Como o nome já dá a entender, esse é o treinamento que se volta ao comportamento das pessoas que compõem as suas equipes. Ele nivela, de certa forma, as particularidades do colaborador com a convicções empresariais.

É possível enxergá-lo como algo que visa integrar o colaborador à cultura da empresa e ao que a empresa quer cultivar. E isso não significa tornar os colaboradores homogêneos ou privá-los de ser quem realmente são.

O que ocorre é que a empresa demonstra quais são os principais valores dentro da sua execução de atividades. Outro ponto é que isso ajuda o colaborador a entender como a empresa se porta perante leis de trabalho, questões éticas e relações.

E isso não é apenas uma questão de exposição dos valores da empresa para os colaboradores. É a atividade deles, colocá-los em ação. É garantir que o trabalho seja feito respeitando-os.

Como ele funciona?

O treinamento comportamental é uma forma de lidar e evitar problemas pontuais que geralmente se apresentam e que atrapalham a execução das atividades da empresa ao atrapalharem as relações e o desenvolvimento correto das ações.

Note que muitas vezes a desorganização de um projeto, com atraso no planejamento ou extrapolação dos recursos, não se deve apenas à complexidade deles ou falta de desempenho dos colaboradores.

Essas questões advêm, não raro, de cenários em que há falta de comunicação, ou quando o diálogo é violento. Outras questões que levam a isso são o absenteísmo, que é a falta ao trabalho e os atrasos constantes.

Tudo isso abala a empresa e lhe impede de entregar o trabalho correto de acordo com o que se espera. Essas questões se relacionam ao comportamento e à forma como os seus funcionários se relacionam entre eles e à seriedade com que enxergam suas ações.

O treinamento do tipo comportamental é quem permite à empresa acabar com esse tipo de comportamento negativo. Isso lhe permite adequar as equipes e os colaboradores para que as relações e trabalhos sejam os melhores possíveis ao longo da jornada de trabalho.

Esse treinamento não tem qualquer intenção de moldar o colaborador para o que ele não é, e sim ajudá-lo a melhorar as suas ações de acordo com sua personalidade.

Violência, má-educação e dificuldade de comunicação, vale lembrar, não são personalidade, e sim comportamentos negativos que merecem cuidados para que sejam abandonados para dar vez a outros que ajudem socialmente.

E isso não cabe apenas aos colaboradores subalternos. Vale lembrar que o treinamento comportamental é necessário também aos gestores, diretores e outras categorias de gestão. O exemplo é essencial.

Quais são os pilares do treinamento comportamental?

Treinamento comportamental

São quatro os principais pilares do treinamento comportamental:

  • Comunicação;
  • Gestão do tempo;
  • Ética no trabalho;
  • Atribuição das funções.

Confira como cada um deles é importante para fins de comportamento de colaboradores e gestores dentro de uma empresa.

Comunicação

O primeiro pilar do treinamento comportamental se refere à comunicação. Ela é indiscutivelmente imprescindível no interior das empresas para que os trabalhos possam ser executados corretamente e para manter um bom clima organizacional.

Os colaboradores devem entender a importância da comunicação, da forma de se comunicar e da clareza da mensagem que se está passando. A mensagem deve chegar até o destino dela e se fazer compreensível.

Outro ponto importante é que a comunicação é afetada pelos nossos sentimentos e estados emocionais. Nesse sentido é essencial que os seus colaboradores saibam a importância de respirar e de não carregar suas falas com os seus sentimentos.

Na maioria das vezes eles sequer têm a ver com a empresa ou com a pessoa com quem se está comunicando. Saber como direcionar as emoções e como controlá-las é a chave de como melhorar a comunicação.

Gestão do tempo

Outro pilar do comportamento dos colaboradores e do treino que se volta a eles é a gestão do tempo. E isso não diz respeito, necessariamente, a como ele organiza as atividades para seu tempo render.

Quando façamos de gestão do tempo no treinamento comportamental, estamos falando da necessidade de que o colaborador saiba quando parar. Não por causa das horas extras e sim em razão da sua saúde mental.

Não saber desligar é um dos caminhos que leva ao desenvolvimento de transtornos como síndrome de Burnout, muito nocivo. Ensinar sobre gestão do tempo é uma forma de ajudar a saúde mental e física dos seus colaboradores.

Ética no trabalho

Os princípios éticos da empresa devem ficar claros aos colaboradores. Eles são regras comportamentais e de ação e demonstram os pilares da própria corporação e como ela espera que seus colaboradores hajam.

Isso se refere à não corrupção (ativa e passiva), ao respeito às leis, entre outros.

Atribuição de funções

A última questão que envolve o treinamento comportamental se refere à atribuição de funções. A empresa deve saber como direcionar cada colaborador para que ele seja capaz de conceder o máximo de suas capacidades.

Não raro um colaborador começa a demonstrar um mau comportamento justamente porque não se sente parte da empresa. E isso pode refletir nas suas ações sem que ele sequer perceba isso.

Encontrar a melhor forma de aplicar os serviços dos seus colaboradores (em relação a cargo, responsabilidades e equipes) a empresa se beneficia pelo máximo de produtividade e o colaborador por encontrar felicidade nas atividades.

Quais são as vantagens de aplicar o treinamento comportamental na sua empresa?

Agora que você já sabe como o treinamento que se volta ao comportamento se embasa, veja as vantagens que a sua empresa garante ao apostar nele:

  • Melhoria do clima organizacional;
  • Felicidade corporativa;
  • Reflexos a cultura organizacional nas atividades;
  • Melhora na imagem da corporação;
  • Diminuição da rotatividade;
  • Redução de riscos que envolvem a saúde do colaborador, afastamentos e até mesmo indenizações perante ação na Justiça do Trabalho;
  • Promoção do autoconhecimento dos colaboradores, o que tem reflexos pessoais e no trabalho;
  • Impulsione os resultados;
  • Crie uma empresa onde os profissionais do mercado querem trabalhar e que é conhecida pelos ótimos relacionamentos e pela promoção do bem-estar do colaborador.

Com o treinamento comportamental, a empresa consegue ganhos relevantes e valiosos para seu dia-a-dia, já que seus colaboradores, serão treinados para lidar com emoções de uma forma mais produtivo, evitando conflitos.

Enviar comentário

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau