O que é gestão do conhecimento e como aplicá-lo nas organizações?

O que é gestão do conhecimento e como aplicá-lo nas organizações?

Conhecimento é um conjunto de experiências e aprendizados, que podem ser transferidos para os outros através do ensinamento e também pelo retorno de uma nova referência.

Em uma empresa cada colaborador possui conhecimentos diferentes para fazerem uma troca, e assim cada um saber um pouco de tudo, sem perder a especialização da área que já possui.

Por isso é importante fazer uma boa gestão disso, para ampliar as possibilidades e dar oportunidades de melhorias aos colaboradores que vão crescer junto a empresa.

Saiba o que terá neste artigo:

  • O que é gestão do conhecimento?
  • Como aplicar nas organizações?
  • Quais os tipos de gestão de conhecimento?
  • Quais as principais vantagens da gestão de conhecimento?
  • Saiba a importância para a empresa.


Boa leitura!


O que é gestão do conhecimento?

É um conjunto de processos unidos através da tecnologia, para potencializar a criação, armazenamento e troca de conhecimentos dentro das organizações, que acabam por serem feitas pelo capital humano da empresa.

A partir disso é possível desenvolver a criatividade da equipe, e assim consequentemente inspirar um próximo colaborador a criar melhorias e gerar uma transformação em cima do que já foi criado.

É preciso ter muita organização e ferramentas apropriadas, para que seja marcado o nome de quem fez e de quem alterou o projeto, para ter uma espécie de registro e relatório que servirá de intuito para a própria equipe seguir de maneira automática.

Como aplicar nas organizações?


A gestão de conhecimento reúne tudo o que ja foi feito, está sendo realizado e o que estão preparando para iniciar, então o primeiro passo é definir como isso será disseminado.

O ideal é que uma ferramenta ou software seja escolhido para que todos os esses dados sejam armazenados na nuvem, de maneira segura e que sejam criados perfis para que cada colaborador visualize o seu progresso.


Também pode ser realizado uma espécie de mural online, separando o que é ideias do que está em execução, podem ser plataformas de imagens, arquivos ou até mesmo de gamificação.

Quais os tipos de gestão de conhecimento?


Além de existirem diversas ferramentas, também tem os tipos que podem ser aplicados na empresa, cada um com maneiras diferentes de segmentar a gestão mas com o mesmo objetivo de disseminar conhecimento

Educação corporativa:

Também conhecida como educação empresarial, é uma prioridade ao desenvolvimento de aprendizagem dos colaboradores que podem ser passados em forma de treinamentos, cursos, oficinas, dinâmicas e gamificação.

E costumam ser desenvolvidos pela própria empresa, de acordo com a cultura organizacional.


Competências: 


É a capacidade de resolução de problemas e tomadas de decisão, no qual o colaborador desenvolve as características necessárias de acordo com o setor que são as:

  • Habilidades: o que sabem fazer a partir das experiências.
  • Conhecimentos: o que sabem fazer a partir da teoria;
  • Atitudes: o que sabem fazer na prática, ligada à personalidade.

Através dessas competências os colaboradores são direcionados à tarefas aptas à sua base de domínio.

Inteligência competitiva: 

Tem como uma das funções principais analisar o comportamento da concorrência,  se antecipar às exigências do mercado, criar estratégias para atrair clientes, para se diferenciar da  concorrência e para fidelizar os fornecedores.

Aprendizagem organizacional:


São focadas em desenvolver novos conhecimentos, e expandir os conhecimentos já adquiridos para que sejam colocados em prática no dia a dia da empresa.

Capital intelectual


O RH atua analisando a atuação do capital humano e do capital estrutural da empresa, que são o conjunto de ações e informações geradas e armazenadas, que passam por uma análise periódica para identificar possíveis mudanças.

Informação:

É a entrega de um conhecimento que precisa ser segmentado e encaminhado com modificações, assim sendo traduzido ao colaborador  por meio do processamento de dados, texto, imagens ou vídeos.

É preciso ter uma organização é um bom direcionamento, para que não haja interpretação incorreta das informações noticiadas. Precisam deixá-la clara, com credibilidade e escolher a melhor forma de entregar, seja em reuniões, e-mails ou por supervisores.

Todos esses tipos em algum momento são utilizados nas organizações, o que não torna difícil a aplicação da gestão de conhecimento na sua empresa, basta se organizar e planejar um cronograma de ações para dar continuidade e realizar acompanhamentos.

Quais as principais vantagens da gestão de conhecimento?


Gerar incentivo a aprendizagem, novos conhecimentos e fornecer treinamentos aos funcionários melhora não só a produtividade, como fortalece o capital humano da empresa, o que gera mais crescimento e vantagens para a empresa. Como:

  • Melhorias nos processos internos e externos;
  • Valorização da equipe;
  • Prazos e metas mais estabelecidas;
  • Melhor agilidade e facilidade no dia a dia;
  • Otimização de tempo;
  • Gera mais autonomia;
  • Aumenta a criatividade e criação de estratégias;
  • Gera inovação;
  • Se mantém atualizada.


Todas essas vantagens também trazem um diferencial para a empresa, que acaba atraindo mais candidatos talentosos, trabalham os colaboradores que acabam por não quererem sair do quadro de funcionários e se destacam diante a concorrência.

Saiba a importância para a empresa

A gestão de conhecimento tem como processo geral a criação de novas ideias, compartilhamento de informações, aplicação das teorias na atividade prática e o direcionamento da organização de todas as aprendizagens.


Essa organização pode ser feita através de tecnologias, em que podem ser armazenadas na nuvem de maneira, que podem ser consultadas em tempo real, local e horário que desejar.

Aqui na Oitchau temos um sistema de ponto digital, no qual organizamos online horários dos funcionários, emissão de relatórios, é um software direcionado ao RH que traz mais facilidade para os processos da sua empresa.

É uma gestão organizacional, mas que não deixa de ser semelhante a gestão de conhecimento, em que podem criar arquivos, planilhas ou usar plataformas para poder realizar o acompanhamento de aprendizagens.

Também podem ser agendado dias e horários para que esses compartilhamentos sejam feitos, em tempos de home office é comum que algumas empresas tenham adotado um sistema de reuniões semanais focadas em um tema de conhecimento.

Desta maneira um funcionário é escolhido para dar a sua visão ou até mesmo uma aula aos demais colaboradores, que podem contribuir e tirar dúvidas sobre o assunto em questão.

Veja também: BPO: o que é e como aplicar na sua empresa?

Gostou do nosso conteúdo?

Acesse o Blog da Oitchau e acompanhe novos artigos.

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau