Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
mercado pós-pandemia

Mercado pós-pandemia: quais serão os principais Soft Skills?

O mercado pós-pandemia é alvo de muita especulação. Isso ocorre principalmente porque se estará lidando com algo completamente novo e que se ilustra pela execução de atividades empresariais após um período em que os costumes sociais, trabalhistas e familiares foram alterados de maneira brusca.

Dentre as especulações mais constantes estão o estabelecimento de quais serão as habilidades mais procuradas em profissionais após a pandemia.

E é aqui que as soft skills entram. Elas devem estar sob a atenção dos talentos que querem se colocar no mercado de trabalho ou traçar novos caminhos e conquistar o cargo almejado.

O que são Soft Skills e como elas afetam o mercado pós-pandemia?

Esse é um conceito que se refere às “Habilidades leves”. É contraposto pelo “Hard Skills”, as “habilidades pesadas”.

A melhor forma de entender esses conceitos é por meio de exemplos. As Hard Skills são aquelas habilidades visíveis e comprováveis por documentos e que são consideradas como desenvolvidas.

Dentre as mais conhecidas estão os diplomas universitários ou em outros cursos que atuam como diferenciais.

Já as Soft Skills seriam as habilidades do colaborador que a princípio não há como medir e que são notadas na prática do dia a dia. Nesses casos não há diploma, apenas a noção de que o profissional é munido dessas capacidades.

Dentre as Soft Skills estão as questões de comunicação, moral e ética, bem como a gestão de pessoas. Deu pra notar que são questões abstratas, certo?

Saiba que esses conceitos são cada vez mais importantes e nunca serão dissociados do ambiente de trabalho e das capacidades do colaborador.

De nada adianta um profissional com diversos títulos que não consegue se comunicar direito ou não possui inteligência emocional ou capacidade de gestão!

É por isso que é imprescindível que os profissionais que querem encontrar lugar no mercado pós-pandemia conheçam as Soft Skills e busquem desenvolvê-las.

Na mesma medida isso é importante para as empresas, eis que o RH deve conhecer as tendências mercadológicas para garantir a manutenção da relevância da instituição.

Quais são as Soft Skills que mais terão destaque no mercado pós-pandemia?

Mesmo que essas habilidades não sejam visíveis em um primeiro momento ou medidas por certificados, elas são necessárias dentro do mercado de trabalho, ao longo da jornada de trabalho.

Serão mais ainda com o cenário que deve se instaurar no pós-pandemia.

01. Empatia

Uma das habilidades leves que serão essenciais para os colaboradores é a empatia. Esse é um conceito que se refere ao ato de se colocar no lugar de outra pessoa para dessa forma entender seus sentimentos, pensamentos e emoções.

A empatia será essencial. Nesse momento ela já o é. Note que num cenário em que enfrentamos uma doença até então desconhecida que matou centenas de milhares de pessoas somente no Brasil. Isso por si só gerou insegurança, depressão e ansiedade. Gerou perdas. Tudo isso exige empatia.

Em caso contrário é impossível o convívio social. O convívio trabalhista segue nessa mesma vertente. O capital humano deve ser valorizado e isso exige atenção às questões humanas e emocionais.

O profissional do mercado depois da covid-19 deve mostrar aprendizado com momentos tão difíceis e o exercício da empatia. Isso torna possível a construção conjunta de projetos e de uma equipe forte e saudável.

02. Flexibilidade é tendência no mercado pós-pandemia

Atualmente o home office é a forma de trabalho mais utilizada. Ele já existia antes da pandemia apesar de sua aplicação ser pequena quando comparada ao ano de 2020.

As empresas tinham ressalvas com o home Office até então. Somente empresas mais modernas e ligadas à tecnologia ou que enfrentavam condições especiais (como necessidade extrema de afastamento presencial do colaborador) usavam o trabalho remoto.

Com a pandemia não houve mais opção de resistir ao home Office, que se tornou a única alternativa viável de manutenção das atividades empresariais em 2020. A partir desse cenário as empresas viram que na prática o trabalho remoto poderia lhes ser favorável.

Não foram raros os casos de aumento da produtividade e da qualidade dos serviços. Os bons resultados devem gerar uma mudança na visão do mercado após o covid-19, que agora tende a aderir ao home Office com muito mais facilidade e freqüência.

É aqui que entra a segunda Soft Skill que destacamos. A flexibilidade está relacionada à capacidade do colaborador em se adaptar ao trabalho home Office e com o presencial, se necessário e mesmo em alternância.

O trabalho híbrido (alguns dias em home Office e outros presenciais) deve ser uma constância e o colaborador deve estar pronto para entrar na onda de modernização e flexibilidade.

Destaca-se que ao se falar em flexibilização ela jamais será relativa aos direitos trabalhistas, e sim à forma de prestação de serviços, resguardados todos os deveres empresariais em favor do colaborador.

03. Comunicabilidade

Com tantas conexões e comunicação em tempo real é crucial que o profissional do mercado pós-pandemia tenha comunicabilidade.

Essa é a capacidade de comunicação e não é só isso. Ao mesmo tempo ela inclui o poder de passar com clareza todas as informações, sem abertura para duplas interpretações que possam atrapalhar os projetos.

Outro ponto interessante é que o profissional com comunicabilidade tem a capacidade de falar com pessoas de todos os tipos de classes e de conhecimentos lingüísticos. Ele sempre se faz entender, sabendo como se portar em cada situação.

A clareza na comunicação é essencial e qualquer tipo de percalço nela pode afetar toda a produção e todas as atividades.

E a comunicabilidade não pára por aí. Da mesma maneira que é imprescindível que o colaborador e os líderes saibam se comunicar, dar ordens e passar informações, é importante que ele saiba ouvir.

A comunicação é uma via de dois sentidos. É preciso escutar e ser escutado. Sem o respeito a essa lógica a comunicabilidade é afetada.

04.  Intimidade com a tecnologia

A última das Soft Skills que listamos e que é essencial atualmente e continuará o sendo no mercado pós-pandemia é a intimidade com a tecnologia.

Isso não significa a necessidade de um certificado em algum tipo de aula sobre softwares e outras tecnologias e sim a capacidade de adaptação e uso das ferramentas que surgem constantemente.

Considere que a tecnologia está em constante desenvolvimento e que diariamente surgem novas possibilidades ou modelos já comprovados. As empresas que querem se manter relevantes terão que aprender a usar essas ferramentas e essa obrigação se estende aos colaboradores.

Essas são as principais “habilidades leves” que serão indispensáveis após a pandemia no mercado de trabalho.

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau