Homem fazendo a gestão de produtos digitais

Gestão de produtos digitais

Sua empresa já produz soluções que os clientes podem consumir em seus computadores, tablets ou celulares? Se não, é melhor se atentar para a gestão de produtos digitais.

De acordo com a Fincatech, empresa especializada na avaliação e consulta de empresas digitais, as fintechs (negócios que unem a tecnologia às finanças, como os bancos digitais) cresceram 600% em 2021.

Para criar um produto digital, como o disponibilizado pelas fintechs, é necessária uma excelente gestão, que encontrará as melhores oportunidades e desenvolverá um produto do jeito que o cliente espera.

Confira o que é a gestão de produtos digitais, qual é o papel do encarregado pela função e como aprimorar os seus processos. Boa leitura!

O que é gestão de produtos?

A gestão de produtos é o guiamento do ciclo de vida de uma solução desenvolvida pela empresa.

Ela engloba desde o desenvolvimento da ideia inicial, os seus testes, passando pela estratégia de marketing que determinará o seu posicionamento e precificação, chegando no relacionamento com o cliente, com o papel de aprimorar a solução.

Por exemplo, uma empresa que produz alimentos costuma ter diversos produtos em sua base, cada um deles é pensado conforme as necessidades do público, como ele será produzido, qual classe social ele irá atender e mensurado conforme a receptividade dos clientes, práticas que fazem parte da gestão de produto.

A área é responsável por unir os pensamentos dos clientes com aquilo que a empresa pode produzir, entregando soluções personalizadas e que vão agradar os consumidores.

O que são produtos digitais?

Produtos digitais são aqueles pensados, produzidos e feitos para serem consumidos no meio digital.

Alguns exemplos de produtos digitais, são:

  • Aplicativos (como os das já citadas fintechs);
  • Softwares;
  • Cursos;
  • Jogos online;
  • Streaming de música, filmes e demais conteúdos audiovisuais;
  • E-books.

O que faz uma área de produtos digitais?

O setor de produtos digitais é responsável principalmente por pensar de maneira inovadora, buscando as melhores oportunidades e desenvolvendo produtos que eliminam as dores dos clientes digitalmente.

Um caso de gestão de produtos digitais que deu certo é o Spotify, a plataforma de streaming de músicas e podcasts nasceu para organizar o acesso aos conteúdos, permitindo que os usuários encontrem facilmente aquilo que desejam escutar.

Empresas tradicionais, com longos anos de atuação na criação de produtos físicos, também podem se beneficiar dos produtos digitais, criando soluções para serem utilizadas em telas e ampliando sua atuação.

O que faz um gerente de produtos digitais?

Para que a gestão de produtos digitais traga resultados, a empresa precisa contar com um gestor, que será responsável por:

  • Comandar a equipe e distribuir as tarefas conforme as aptidões dos colaboradores;
  • Pensar em estratégias para estudar o mercado e as necessidades dos clientes;
  • Realizar constantes avaliações da equipe através de feedbacks;
  • Fazer a ligação entre aquilo que o público deseja com a equipe de desenvolvimento;
  • Atuar através de metodologias ágeis, que testam e implementam novas ideias rapidamente.

Como aprimorar a gestão de produtos digitais?

Agora que você já sabe o que é a gestão de produtos digitais, confira como ela pode ser aprimorada:

Conheça muito bem o seu cliente

Um dos pilares do desenvolvimento de qualquer produto, seja ele digital ou não, é o conhecimento sobre as necessidades e o comportamento dos clientes.

Sabendo as necessidades, o gestor conseguirá extrair as melhores ideias para a criação de novas soluções, e para conhecê-las é necessário o investimento em pesquisas de mercado que revelam as tendências dos consumidores.

Já o comportamento dos clientes é fundamental para o UX – User Experience, é através dele que a empresa saberá como o cliente deseja usar a solução e qual design o agrada mais, gerando melhores resultados. 

Encurte o caminho e passe para o desenvolvimento

A gestão de produtos digitais deve ser realizada de maneira desburocratizada, ou seja, o desenvolvimento do novo produto deve vir em primeiro lugar.

Todos os testes e demais etapas do planejamento devem ser realizadas depois. Coloque a solução para rodar e depois invista em seu aprimoramento. 

Siga além dos clientes, os dados

Como você já viu, a opinião dos clientes é fundamental para a gestão de produtos digitais, mas além dela, tenha os dados como o norte da gestão.

Não se guie por achismos ou palpites, mas sim por testes que apresentam dados sobre o melhor caminho a ser seguido durante o desenvolvimento e a gestão de uma solução que já está no mercado.

Não tenha medo da mudança

As metodologias ágeis visam o menor gasto possível de tempo e orçamento com tarefas que trarão resultados, e um dos inimigos dessa ferramenta são as normas inflexíveis.

Dentro da gestão de produtos digitais tudo deve ser passível de mudanças, lembrando que a solução deve se preocupar sempre com a satisfação do cliente.

Continue aprimorando a gestão de projetos

A gestão de produtos digitais é uma importante área do gerenciamento de projetos.

Seja você uma liderança no RH que deseja contratar um profissional para exercer essa função, ou uma pessoa ligada a execução de novos projetos, continue aprimorando os seus conhecimentos no blog da OiTchau e eleve o patamar da sua empresa.

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau