Mulher indicando sua satisfação pela empresa através da gestão comportamental

Gestão comportamental: o que é? Quais são os benefícios?

Dentre as estratégias de RH uma das que mais se destaca é a gestão comportamental. Esse termo é novo para você? Pois não se preocupe, hoje veremos tudo sobre ele, seus benefícios e como praticá-lo.

Continue lendo para conferir, abaixo, mais sobre como a gestão de comportamentos se tornou indispensável ao sucesso das empresas e como fortalecer sua corporação com auxílio dela.

Sumário

O que é gestão comportamental?

Pessoas conversando em uma mesa sobre gestão comportamental

Ela nada mais é do que a gestão do comportamento e tendências de comportamento dos seus colaboradores. Isto é, saber como eles agem e quais são as suas atitudes perante algumas questões específicas.

Com isso, a sua empresa toma conhecimento não apenas dos conhecimentos do colaborador, mas também sobre seu comportamento, que é essencial ao dia a dia. Note que ele influenciará na relação com outros colaboradores e no exercício das atividades.

Por exemplo, como seus colaboradores se portam mediante emergências e pressão? Quais são os que conseguem manter a linha de raciocínio e o bom humor em situações estressantes? Como ele se relaciona com a empresa e com seus colegas?

O comportamento também envolve questões bastante normais do dia a dia. Dentre elas estão cumprimento da jornada e respeito aos horários, realização dos trabalhos dentro dos prazos e boa gestão do tempo.

Todas essas perguntas que a gestão comportamental envolve são essenciais aos trabalhos do RH. Somente a partir delas é possível fazer o correto gerenciamento dos colaboradores.

Quais são os benefícios de implementar a gestão comportamental?

Pois bem, são inúmeros os benefícios que essa estratégia de RH traz, como provavelmente ficou claro acima. Veja os principais deles e como a sua empresa pode se beneficiar com isso:

  • Colha dados necessários ao direcionamento das políticas internas da empresa;
  • Desenvolva de melhor forma os prêmios e políticas de benefícios;
  • Saiba como direcionar os trabalhos de acordo com o comportamento dos seus colaboradores perante situações específicas;
  • Crie estratégias mais efetivas de seleção e recrutamento, sabendo o tipo de comportamento que se encaixa na cultura empresarial;
  • Encontre formas de melhorar o clima organizacional, com melhoria da comunicação pela proximidade que isso gera aos colaboradores;
  • Permite valorizar seus colaboradores de melhor forma, diminuindo o turnover;
  • Aumente a produtividade dos seus colaboradores e das suas equipes pela melhoria da distribuição das tarefas e pela própria constituição das equipes;
  • Melhore os resultados da empresa, tanto em relação à produtividade quanto à qualidade dos serviços prestados;
  • Desenvolva de melhor forma as políticas de cargos e salários com base nas competências comportamentais dos colaboradores;
  • Melhore a seleção interna, que se volta aos próprios colaboradores para redirecionamento de cargo ou promoção;
  • Dissemine a cultura empresarial de melhor forma, com estratégias para que ela seja internalizada de maneira natural pelos colaboradores.

Ou seja, são muitos os benefícios que a gestão comportamental traz à sua empresa! É preciso ter em mente que o trabalho dos seus colaboradores vai muito além dos conhecimentos e experiências. Ele depende, necessariamente, do comportamento.

É ele que influencia no tratamento com os colaboradores, na gestão de tempo e no respeito às políticas empresariais. Mas como colocar essa estratégia em prática? É isso que veremos abaixo, não deixe de conferir!

Como colocar a gestão comportamental em prática?

Arvore com um smile de felicidade retratando a satisfação dos colaboradores na gestão comportamental

Confira agora mesmo como usar essa estratégia tão importante às empresas no seu RH e colha resultados excelentes!

Identifique como é o comportamento dos seus colaboradores

Em primeiro lugar, é indispensável para a gestão comportamental identificar como é o comportamento dos seus colaboradores. E existem diversos dados que compõem isso, da mesma forma que há várias formas de colhê-los.

Dentre os dados necessários estão:

  • Visão da cultura da empresa;
  • Comunicação;
  • Relacionamento com colegas e gestores;
  • Iniciativas;
  • Cumprimento de prazos;
  • Respeito às políticas internas;
  • Respeito à jornada de trabalho e aos horários.

São, então, fontes e formas de colher informações para a gestão comportamental:

  • Cartões de ponto;
  • Avaliações internas;
  • Testes de perfis;
  • Teste de desenvolvimento e de maturidade emocional;
  • Relatórios de metas;
  • Entrevistas e outros.

A partir desses dados é que se torna possível entender seus colaboradores e o que eles necessitam, bem como o que pode lhes engajar e melhorar a sua atuação dentro da empresa.

Aperfeiçoamento da seleção dos colaboradores

Ainda, não deixe de usar o seu processo de seleção de novos colaboradores uma estratégia de gestão de comportamento. Nesse caso, você pode aplicar testes prévios de perfil comportamental. 

Compare os resultados com os testes e dados que você já possui dos colaboradores que já estão na sua empresa. Assim, torna-se possível encontrar novos talentos que se enquadrem nas equipes ou que tragam pontos que a empresa ainda não conseguiu  conquistar.

Melhore o diálogo com os seus colaboradores

Outra ótima forma de colocar a política de gestão comportamental em prática é por meio do diálogo. Ele é essencial tanto para melhorar os comportamentos (alinhando-os à cultura da empresa) quando para aproximar a empresa dos colaboradores.

Da mesma forma, é ela que dará base de dados para que as políticas do RH se desenvolvam. Por isso, pense em maneiras de melhorar essa comunicação, veja algumas dicas de como fazê-lo:

  • Encontre formas mais diretas de comunicação;
  • Tenha políticas de comunicação que indiquem qual método deve ser usado em cada situação;
  • Permita aos colaboradores ter um meio de falar com a empresa, como para dicas e dúvidas, indicações de melhorias e até mesmo denúncias. O melhor é que ele seja anônimo;
  • Diminua a formalidade da comunicação, banindo termos como “senhor” para todos os níveis, independentemente do grau de hierarquia.

Conte com uma ferramenta de gestão de ponto moderna

Como vimos acima os dados de cartão de ponto ajudam muito a entender sobre o comportamento dos seus colaboradores no dia a dia da empresa. Com isso em mente, não deixe de ter uma boa ferramenta de gestão de ponto.

O sistema digital Oitchau é perfeito para isso, uma vez que traz dados completos e em tempo real sobre número de horas extras, banco de horas, respeito às jornadas, falta e outros.

Assim, conte com o sistema mais moderno que existe no mercado e melhore sua gestão comportamental!

Qual a importância da gestão comportamental?

É um método que atua com o perfil comportamental de cada colaborador, ao identificar parÂmetros de personalidade e agilidade da equipe, se torna mais fácil e intuitivo criar soluções, tomadas de decisões e vitar conflitos no ambiente corporativo.

O que também contribui para o desenvolvimento prático das expertises do time, podendo criar facilitações, trocas de experiências, principalmente treinamentos para aumentar a produtividade e motivação da equipe.

O que também envolve a  proposta da gestão comportamental, causar impacto positivo no desenvolvimento humano existente na empresa, para gerar crescimento mútuo de qualificações e comportamentos estratégicos.

Acompanhe o Blog da Oitchau para mais conteúdos como este.

Leia também: Feedback: o que é, para que serve e quais os tipos?

Enviar comentário

Oitchau - Registro de ponto por reconhecimento facial
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau