Imagem com um bloco de notas e um óculos redondo falando sobre desenvolver competências em gerenciamento de projetos

Como desenvolver competências em gerenciamento de projetos

Desenvolver competências em gerenciamento de projetos é essencial para garantir o bom andamento deles. Por isso, os gestores devem ficar atentos a elas, bem como aos meios de desenvolvê-las.

Isso é o que garante o sucesso dos projetos, bem como a capacidade de criar  deles e até mesmo a produtividade das equipes. Portanto, saiba hoje quais são essas habilidades e como desenvolvê-las.

Competências essenciais no gerenciamento de projetos

imagem com um quadro de kanban e algumas canetas visando desenvolver competências em gerenciamento de projetos

Existem três grupos de competências indispensáveis para um gestor de projetos. Elas se dividem em técnicas, emocionais e sociais. Confira, abaixo, como elas funcionam, em detalhes. Na sequência, então, veja como é possível desenvolvê-las.

Competências Técnicas

Primeiramente, temos as competências técnicas. Elas se referem à capacidade de desenvolvimento e de execução das atividades relacionadas à gestão e aos projetos, em si.

Portanto, incluem várias habilidades que são inerentes à prática da função/cargo ou atividade. Dentre elas estão as de organização, criação de cronogramas, bem como distribuição de tarefas. Igualmente, no acompanhamento dessas tarefas, no conhecimento das necessidades do projeto, etc.

Competências Emocionais

Outras das competências para a gestão de projetos se refere às de cunho emocional. Elas são cruciais para um gestor, uma vez que ele deve ter controle para lidar com situações de pressão, imprevistos e necessidade de alteração de projetos.

Caso esse tipo de habilidade não esteja presente, é possível que o clima organizacional seja afetado. Igualmente, que as atividades não possam ser desenvolvidas em tempo e de acordo com o orçamento disponível.

Competências Sociais

Por fim, temos as competências sociais. Elas também são importantes no gerenciamento de projetos, pois envolve a interação do gestor com os colaboradores e  equipes envolvidos no processo de desenvolvimento do projeto, em si.

Portanto, aqui estamos nos referindo à capacidade de comunicação, bem como de negociação. Igualmente, de solução de conflitos.

Como desenvolver competências em gerenciamento de projetos?

imagem com homem desenvolvendo suas competências em gerenciamento de projetos

Como vimos acima, as capacidades indispensáveis aos gestores de projetos se dividem em três grupos diferentes. Mas como desenvolvê-las? Para isso existem diversas soluções, uma vez que cada grupo se subdivide em outras habilidades.

Confira, então, algumas dicas de como é possível desenvolver tais habilidades e, com isso, a capacidade dos gestores diante dos projetos de mais diversas naturezas.

Qualificação

Uma ótima maneira de desenvolver as competências para gerenciamento de projetos é por meio da qualificação. Isto é, da busca de aperfeiçoamento das qualidades e conhecimentos necessários para o dia a dia da gestão.

Para isso é possível se valer de uma série de cursos diversos. Eles podem tanto se referir a uma graduação quanto à especialização. Por exemplo, hoje é possível encontrar pós-graduações e MBA em gerenciamento de projetos.

Nesse caso, o gestor entra em contato com teorias e práticas de sucesso, bem como se atualiza quanto às novidades existentes nesse nicho. Portanto, é uma forma de ficar em dia sobre o que há de mais moderno e, também, arraigado, nessa gestão.

Aliás, não são apenas cursos universitários que podem ajudar nessa questão. É dever do gestor se atualizar sempre que possível, até mesmo porque essa é uma área em constante desenvolvimento, especialmente pela criação de novas tecnologias.

Desse modo, entram na qualificação os cursos pontuais, workshops, palestras e outros tipos de eventos que se voltem às necessidades, novidades e desenvolvimentos na gestão de projetos.

Conheça softwares voltados à gestão de projetos

Outro ponto importante se refere ao conhecimento e uso de softwares de gestão de projetos. Eles ajudam nas qualidades técnicas, uma vez que trazem recursos que tornam o dia a dia do gerenciamento mais organizado.

Com o uso de softwares é possível sempre concentrar em um lugar informações indispensáveis ao desenvolvimento dos projetos. Igualmente, organizá-los de acordo com estratégias aplicadas para essas atividades.

Desenvolva a comunicação

As habilidades sociais são tão importantes quanto as técnicas. Caso um gestor não saiba se comunicar, é possível que instruções se percam no caminho ou, então, que o clima organizacional e capacidade de trabalho em equipe sejam prejudicadas.

Portanto, é obrigação do líder saber como manter o diálogo com seus colaboradores e equipes. Não apenas com eles, mas também com os acionistas e diretores da empresa, fornecedores e clientes finais que eventualmente estejam por trás do projeto.

Para isso, é possível fazer cursos de comunicação, bem como colocar em prática no dia a dia alguns cuidados. Por exemplo, a adoção da comunicação não agressiva, a empatia e a capacidade de escutar.

É preciso ter em mente que não saber ouvir pode levar à perda de oportunidades e de ideias dos outros envolvidos no projeto e podem melhorá-lo em muito. Portanto, a comunicação é uma das bases da gestão de projetos e precisa ser desenvolvida.

Autoconhecimento

As capacidades emocionais também podem ser aprendidas. Isso ocorre com o tempo e com alguns cuidados. Aprender a lidar com emoções negativas é indispensável para um gestor de projetos, especialmente porque percalços acontecem.

Nesse caso, então, é necessário que se encontre um ponto de equilíbrio e calma para que haja o recálculo da rota.

Portanto, o autoconhecimento é quem entra em cena como forma de desenvolver as capacidades emocionais. É necessário que o líder saiba quais são os seus pontos fracos e, também, quais são suas emoções negativas e como trabalhar para que elas não afetem o gerenciamento.

Mantenha-se em contato com outros profissionais do mercado       

A rede de contatos é importantíssima para o gerenciamento de projetos. Ela auxilia tanto no desenvolvimento de capacidades sociais quanto nas capacidades técnicas.

As primeiras se desenvolvem pela comunicação naturalmente necessária, bem como pelo hábito de se inserir em círculos diversos. Já a técnica pela possibilidade de aprender com os seus pares, que podem dividir conhecimentos e experiências.

Conclusão

Como vimos ao longo do texto, existem diversas competências importantes no gerenciamento de projetos. E um gestor pode sim desenvolvê-las, para que sua gestão se torne ainda melhor e mais efetiva. Tornando sua equipe mais competitiva e suas entregas com maior qualidade.

Além dos fatores listados acima, é importante ressaltar também que muitas das habilidades são desenvolvidas por meio da experiência e do dia a dia do gerenciamento.

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau