Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
demissão

Demissão humanizada à distância: como fazer?

Muitas empresas não estão suportando a crise que o país está enfrentando, e a demissão acabou batendo na porta de muitos brasileiros. Estamos vivendo tempos difíceis, que nos desafiam diariamente a sempre sermos melhores do que fomos ontem, e mesmo assim, ainda é possível ter a sensação de que isso não foi o suficiente.

A pandemia e toda crise econômica gerada em função dessa situação, gerou grandes incertezas em todas as pessoas, não foi possível prever uma situação desse nível, as empresas não tiveram tempo de preparar, e estão se adaptando na medida do possível para conseguir manter a empresa ativa no mercado.

Está sendo um período desafiador, onde todos os dias aprendemos com nossos erros e acertos, seja nas relações profissionais, no gerenciamento de tempo, no relacionamento com os clientes ou na forma de prosseguir com os negócios.

Algumas empresas estão revendo toda a sua estrutura, para conseguir seguir em frente e enfrentar de frente esse momento cercado por tantas incertezas.

Muitas medidas estão sendo tomadas, como: jornada de trabalho flexível, home office. Mas em alguns casos, a redução do quadro de colaboradores está sendo a única solução, e o desligamento humanizado à distância está sendo adotada por essas empresas.

Demissão humanizada: o que é?

O processo de desligamento humanizado tem o envolvimento de diversos profissionais de uma empresa, dentre eles estão o gestor responsável pelo setor de atuação do colaborador desligado e o gestor responsável pela equipe de recursos humanos.

Mesmo com esses profissionais envolvidos diretamente no processo de desligamento, qualquer desligamento afeta os demais companheiros de empresa e de equipe, e em alguns casos, até mesmo os clientes da empresa.

Para que seja possível amenizar os impactos negativos, e as incertezas geradas, principalmente nesse momento de crise, a demissão humanizada está sendo adotada.

O desligamento humanizado é feito através de uma justificativa plausível para o desligamento do colaborador, onde os gestores presentes explicam quais foram os motivos do desligamento, com muito cuidado e empatia.

Esse tipo de processo prioriza o respeito à trajetória do colaborador na empresa, todo o caminho percorrido por ele.

A humanização do processo de desligamento está sendo praticado para que o colaborador não se sinta desamparado em um momento tão difícil para todos, mesmo sendo desligado da empresa, a companhia reconhece o seu valor, respeita a sua história e tem empatia pelos seus sentimentos, passando uma preocupação verdadeira com o colaborador.

Como é realizado o desligamento humanizado à distância?

O desligamento humanizado era uma prática já adotada por inúmeras empresas, mesmo antes da pandemia. Mas com todo o cenário em que estamos vivendo, a maioria das empresas adotaram essa prática para dar um suporte melhor para os colaboradores.

E à necessidade do isolamento social, para conter o avanço da pandemia no Brasil, as empresas adotaram práticas de teletrabalho em seus escritórios, e com o RH, não poderia ser diferente.

As rotinas que antes eram realizadas presencialmente, agora estão sendo realizadas online. O recrutamento e seleção, treinamentos, entrevistas e o desligamento, tudo está sendo feito remotamente através da Internet e com o auxílio de algumas ferramentas, como softwares de videoconferência, entre outros.

Todas as etapas que ocorrem em um processo de desligamento “comum” devem ocorrer, mas a diferença é que irão ocorrer no ambiente online, com todo o suporte necessário para colaborador entender que a empresa está ao seu lado e que respeita a sua história e os sentimentos.

Entenda como aplicar a demissão humanizada pela à distância na sua empresa

Para aplicar o processo de demissão humanizada à distância na sua empresa é necessário estar atento em vários pontos, que são executados ao longo do processo. Confira a seguir.

Marque uma reunião virtual

Crie uma sala virtual e envie os convites para os gestores que devem estar presentes (Gestor de RH e Gestor responsável pelo setor do profissional em questão) e o próprio colaborador, e envie o comunicado para os envolvidos.

É importante que esse processo precisa ser sigiloso, as informações não podem ser vazadas, para chegar ao colaborador antes da conversa com os gestores responsáveis.

Nessa reunião, é necessário que todos os documentos e fatores determinantes para a decisão sejam apresentados. Tudo deve ser explicado ao profissional nos mínimos detalhes, de forma que seus sentimentos sejam respeitados, e que a empresa demonstre empatia pelo momento.

Muitas empresas grandes passaram por momentos parecidos ao longo da pandemia, com demissões humanizadas coletivas, em todos os casos, os colaboradores souberam dos motivos em detalhes, que motivou a escolha do desligamento naquele momento.

Faça o anúncio da demissão com muito respeito

No processo de desligamento humanizado, o anúncio ao colaborador precisa ser realizado frente a frente, mesmo que seja através de uma chamada de vídeo, por conta das medidas de segurança e isolamento social.

A empresa deve mostrar respeito ao colaborador, por toda sua contribuição na história da empresa e por toda sua evolução como profissional.

Reconheça-o profissionalmente

Independente dos motivos que levaram até o desligamento do colaborador, é importante que ele saiba o reconhecimento que ele conquistou ao longo da sua trajetória na empresa, mostre a ele como os seus feitos mais relevantes ao longo do tempo em que ele fez parte do quadro de colaboradores.

Mas, os motivos que levaram ao desligamento também devem ser sinalizados. E se foi motivado por uma falha, por baixa produtividade ou por outro motivo, para que ele entenda quais foram as suas falhas e consiga amadurecer em uma outra oportunidade.

Envie uma carta de desligamento

Ao longo do processo de desligamento humanizado, é necessário bastante conversa com o profissional, e mesmo que essa conversa acontece com muito cuidado e empatia, ainda pode ser um choque para ele.

Por esse motivo, faça uma carta objetiva e clara sobre os motivos do seu desligamento. Se fosse presencial, essa carta seria entregue pessoalmente, mas em um processo à distância, ela pode ser feita por e-mail ou através dos Correios.

Auxilie o profissional com os próximos passos após a demissão

Um dos pontos mais importantes de um desligamento humanizado é o auxílio que a empresa presta ao profissional com os próximos passos, para que ele possa sentir-se acolhido em um momento complicado, principalmente se o motivo do seu desligamento for redução de orçamento para sobreviver ao longo desse período de crise.

Em alguns casos, vale a pena indicar o profissional para outras empresas que são parceiras, para que ele consiga uma recolocação rápida no mercado de trabalho.

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau