Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
coronavírus

Coronavírus: Como proceder em caso de suspeita na empresa?

O Coronavírus começou a ilustrar as notícias de jornais no final do último ano, como uma nova ameaça viral cujos primeiros relatos vieram da China.

Dessa forma, muitas empresas buscam orientação sobre como agir caso em seu quadro de colaboradores e sócios houver algum caso suspeito de Coronavírus.

Para isso, separamos algumas dicas importantes sobre como lidar com essa crise mundial de saúde que vem causando consequências sobre a economia e relações internacionais.

Histórico de alastramento do Coronavírus pelo mundo

Os primeiros relatos e diagnósticos do vírus surgiram na China e em alguns países asiáticos. Contudo, a situação foi perdendo controle e o vírus sofreu algumas mutações, correspondendo agora ao que se chama de “Novo Coronavírus”, que causa a doença COVID-19.

Já são dezenas de países que relataram casos, inclusive no Brasil. Os mais afetados, até agora, ainda, são a China, Coréia do Sul, Itália e Irã. Contudo, já existem inúmeros casos confirmados nos Estados Unidos, Alemanha, Austrália e, inclusive, na América do Sul.

Até ontem o Brasil já havia confirmado mais de 100 casos, sendo que há, inclusive, algumas suspeitas de contaminação do Planalto, pois há um membro da comitiva presidencial que retornou de viagem recentemente, e foi diagnosticado com o Coronavírus.

Sintomas do Coronavírus

Os sintomas do novo vírus que vem causando alvoroço ao redor do mundo são diversos e podem ser facilmente confundidos com os da gripe.

Isso porque dentre os principais sinais do Coronavírus estão com febre, tosse seca, cansaço e dor de garganta. Em alguns casos também foi relatada a existência de coriza, congestão nasal e diarreia. Ainda, uma a cada cinco pessoas infectadas relatam a dificuldade em respirar.

Contudo, cabe alertar que o vírus pode demorar até 15 dias para manifestar os sintomas, ou seja, ele permanece incubado no organismo por até duas semanas e apenas então passa a se manifestar. Dessa forma, é possível que a pessoa espalhe o vírus sem que saiba estar infectada.

Esse é um dos maiores problemas apresentados pela pandemia. Por isso, é necessário que sejam tomadas várias ações preventivas, assim como haja rápida ação em caso de suspeita ou confirmação do vírus em sua empresa.

Como agir em caso de suspeita em sua empresa

Primeiramente, é necessária uma conversa sincera com os seus empregados e quadro societário, a fim de esclarecer os perigos do novo vírus. Aliás, mesmo que as pessoas não estejam nos grupos de risco, ressalte a probabilidade de infecção de outros indivíduos que podem ser afetados em maior grau.

Portanto, dê todas as informações sobre os perigos, sobre os casos comprovados na sua cidade e estado. Contudo, apesar do alarmismo, tranquilize os colaboradores quanto às formas de prevenção, conforme falaremos em tópico específico.

Além disso, é de extrema importância que sejam esclarecidos os sintomas da doença e, ainda, deixar claro que o surgimento deles deverá ser comunicado de imediato à empresa. Nesse sentido, mostre-se aberto e compreensivo e aponte que não haverá qualquer prejuízo ao trabalhador.

Por outro lado, caso haja a efetiva informação de suspeita de Coronavírus de algum dos colaboradores ou sócios, a postura da empresa deve ser firme e são necessários atos imediatos.

Em primeiro lugar, encaminhe o funcionário diretamente para um centro médico ou, caso informado por mensagem ou ligação, indique a ele tal atitude.

Outra medida importante é, sempre que possível, indicar aos demais colaboradores a realização dos trabalhos de maneira remota, ou seja, por home office. Também cancele e/ou postergue reuniões, viagens e treinamentos e faça tudo o que for possível por vídeo conferência, evitando aglomerações.

Caso isso não seja possível, estude a possibilidade de suspensão de algumas atividades, e disponibilize álcool em gel e papel toalha descartável, se necessário, máscaras, para funcionários.

Todo o cuidado é necessário, vide a rapidez com que o vírus vem se alastrando.

Grupo de risco do Coronavírus

Por outro lado, é necessário alertar que nem todas as pessoas serão afetadas pelo Coronavírus de maneira perigosa. Isso porque existe um grupo de risco, ou seja, há pessoas que são consideradas mais vulneráveis à exposição ao vírus que para elas pode ser mortal.

Estão nesse grupo as pessoas idosas (com 60 anos ou mais), com doenças respiratórias e pulmonares ou, ainda, com baixa imunidade. Também, hipertensos, pessoas com diabetes e com doenças cardiovasculares

Para os demais, o Covid-19 tende a parecer, em muito, com uma gripe forte, sem maiores prejuízos. Contudo, ainda assim, é necessário o máximo cuidado, seja para não afetar outras pessoas que possam estar no grupo de risco, seja pelo alto grau de mutação que os vírus tendem a ter.

Medidas de prevenção

São diversas as medidas de prevenção que podem ser colocadas em prática nas empresas a fim de evitar não só a disseminação do vírus, mas também para prevenir surtos de pânico e desespero populacional.

Primeiramente, conforme já apontado acima, é muito importante que todos os colaboradores tenham conhecimento sobre os riscos do vírus e sobre como ele afeta os indivíduos. Além disso, devem ser informados, também, quanto aos sintomas da doença e o que fazer caso eles surjam.

Porém, há outras medidas que podem ser tomadas antes mesmo de surgir algum caso de suspeita dentro de uma empresa.

Em primeiro lugar, a higiene é essencial. Portanto, se necessário, aumente o número de vezes em que os ambientes da empresa são limpos, ou seja, a frequência com que as faxinas ocorrem. Para isso, obviamente, garanta a cessão aos colaboradores da limpeza materiais adequados e ferramentas como luvas e máscaras.

Além disso, promova campanhas sobre lavar as mãos com sabão e água abundantes todas as vezes em que espirrar, antes de comer, após e antes o uso do banheiro e após cumprimentar estranhos ou estar em um ambiente público.

Embora isso pareça óbvio, infelizmente uma das maiores casas das infecções é a desatenção com a higiene básica. Nessa mesma lógica, distribua pela empresa embalagens com álcool em gel e incentive o uso pelos seus funcionários e sócios.

Além disso, postergue treinamentos e viagens coorporativas, principalmente se elas ocorrerem em países ou cidades que tenham demonstrado focos da doença. Portanto, mais vale a pena pagar um valor adicional para a postergação da doença do que ter todas as suas atividades interrompidas em razão de eventual quarentena.

Oriente, também, que os colaboradores evitem locais fechados e com muitas pessoas. Nesse sentido, evite, igualmente, marcar reuniões com grande número de pessoas em locais fechados. Dê preferência, durante esse período, à realização de vídeo conferências e contato remoto.

Por fim, caso necessário, disponibilize, também, máscaras descartáveis aos funcionários e os oriente quanto ao cuidado com amigos e familiares que eventualmente tenham manifestado sintomas da doença causada pelo Coronavírus.

Como agir com colaboradores com suspeita de Coronavírus?

A equipe de recursos humanos integrada com outras áreas da empresa, conscientizar os colaboradores sobre os riscos, e formas de prevenção.

Caso o colaborador esteja com os sintomas da doença, a orientação deve ser para que o colaborador fique em casa, caso os sintomas se agravem que procure a unidade de saúde mais próxima da sua casa.

O uso de máscaras está sendo recomendado apenas para o grupo com suspeita da doença, para evitar contaminação, caso o teste para o vírus confirme a enfermidade.

O colaborador deve comunicar à empresa sua condição de saúde, bem como alertar caso tenha tido contato com outras pessoas, congressos, palestras, cursos, treinamentos e reuniões, para que essas pessoas também fiquem atentas aos sintomas.

Além disso, mapeie os funcionários que mais possuem contato com o possível infectado e investigue a aparição de sintomas neles, indicando a realização de exames. Porém, novamente, é necessário cuidado com o tratamento para não instaurar o caos e desespero.

Veja também: Novo Coronavírus: Ações de prevenção na sua empresa

Gostou das dicas sobre medidas contra o Coronavírus na sua empresa? Deixe o seu comentário e compartilhe estas dicas em suas redes sociais! Siga-nos também no Instagram!

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau