Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
bater ponto

Bater ponto: quais são os benefícios para os funcionários?

Bater o ponto é a forma pela qual as empresas adotam para controlar a jornada de seus colaboradores.

O ato de bater ponto corretamente é uma rotina que traz uma série de benefícios tanto para a empresa quanto para o colaborador.

No entanto, nem todas são obrigadas a fazer este controle. De acordo com as leis trabalhistas vigentes, a marcação de ponto é apenas obrigatória às empresas que possuem mais de 20 colaboradores trabalhando em regime CLT, ou seja, com registro em carteira.

O artigo 74, das Consolidações das Leis do Trabalho, deixa bem claro quais são os empregadores que estão obrigados a fazer o registro de ponto de seus colaboradores:

“Art. 74. O horário de trabalho será anotado em registro de empregados. (Redação dada pela Lei nº 13.874, de 2019)

Parágrafo 2º: Para os estabelecimentos com mais de 20 (vinte) trabalhadores será obrigatória a anotação da hora de entrada e de saída, em registro manual, mecânico ou eletrônico, conforme instruções expedidas pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, permitida a pré-assinalação do período de repouso. (Redação dada pela Lei nº 13.874, de 2019).”

Sendo assim, se a sua organização se encaixa na categoria de empregadores obrigados a fazer o registro de ponto, você está no lugar certo.

Controle de ponto

Por que bater ponto?

Estamos certos que, ao ler esta pergunta, a primeira resposta que veio à sua mente foi: para controlar a jornada de trabalho dos meus colaboradores. Correto. No entanto, a ação de bater ponto vai muito além disso.

A folha de pagamento representa um dos maiores desafios aos gestores e profissionais de RH. Afinal de contas, são diversos fatores que devem ser observados todos os meses para que o cálculo seja feito corretamente: faltas justificadas e sem justificativas, afastamentos, férias, horas extras, adicionais, entre outros. Sem contar os impostos que a folha de pagamento gera, como o FGTS, INSS, etc.

Vale ainda ressaltar que quaisquer erros cometidos no momento do cálculo da folha de pagamento expõe a empresa ao risco de sofrer uma ação trabalhista no futuro, por isso todo cuidado é pouco.

Assim, seguindo a linha de pensamento que explicamos acima, a empresa que faz o controle do registro de ponto corretamente, tem maior controle sobre seu orçamento. Sabe exatamente quanto precisa pagar a cada período e é capaz de fazer um planejamento financeiro detalhado.

Com a chegada das portarias 1510 e 373 do Ministério do Trabalho e a implantação dos registros de pontos eletrônicos, bater ponto ficou ainda mais simples, seguro e eficiente para as empresas e para os colaboradores.

Segundo as determinações destas portarias:

Art. 2º O SREP deve registrar fielmente as marcações efetuadas, não sendo permitida qualquer ação que desvirtue os fins legais a que se destina, tais como:

I – restrições de horário à marcação do ponto;

II – marcação automática do ponto, utilizando-se horários predeterminados ou o horário contratual;

III – exigência, por parte do sistema, de autorização prévia para marcação de sobrejornada; e

IV – existência de qualquer dispositivo que permita a alteração dos dados registrados pelo empregado.

Art. 3º Registrador Eletrônico de Ponto – REP é o equipamento de automação utilizado exclusivamente para o registro de jornada de trabalho e com capacidade para emitir documentos fiscais e realizar controles de natureza fiscal, referentes à entrada e à saída de empregados nos locais de trabalho.

A seguir, veja o porquê.

Quais os benefícios que traz aos colaboradores?

Atualmente, os controles eletrônicos de ponto são os mais eficientes para que os colaboradores possam bater o ponto com segurança.

Aplicativos como o Oitchau são eficientes, práticos e simples de serem utilizados: basta que o colaborador baixe em seu smartphone e pronto!

Para a empresa, além da excelente relação custo e benefício que o sistema oferece, os mecanismos anti fraude de ponto que acompanham o Oitchau garantem que as informações inseridas no momento de bater ponto sejam precisas.

Para o colaborador, a possibilidade de fazer a marcação online, sabendo que sua jornada de trabalho está sendo registrada corretamente é a maneira mais transparente de garantir que suas horas trabalhadas sejam pagas corretamente.

Além disso, o sistema permite que o colaborador solicite mudanças de turnos, folgas, férias e etc., de forma prática e segura pelo próprio aplicativo. Sua solicitação é feita com segurança e o gestor já é notificado imediatamente.

Como forma de garantir que a folha de pagamento seja contabilizada corretamente e todos os valores devidos sejam pagos aos colaboradores, o Oitchau consolida os dados do período para que a folha já seja impressa e esteja pronta para colher a assinatura dos colaboradores.

Bater o ponto é fundamental para garantir a transparência nas relações entre empresa e colaborador, bem como simplificar a rotina do gestor e do profissional de RH. Aproveite a tecnologia e use-a a seu favor com sistemas de ponto eletrônicos eficientes como o Oitchau.

Ponto Eletrônico

Como incentivar os profissionais a bater ponto?

A adoção de um sistema de controle de ponto pode ser um pouco complicada porque alguns trabalhadores devem agir com uma certa resistência a prática. Além disso, devido a falta de costume, é preciso ter paciência até o time entrar “nos eixos” para fazer as marcações. É preciso se preparar, inclusive, até mesmo para uma possível contrariedade total à nova realidade. 

E, neste sentido, quando a prática de bater ponto for novidade na empresa, é importante que estratégias sejam bem definidas antes dos colaboradores serem informados a respeito. As áreas de Recursos Humanos ou Marketing podem criar conteúdos, por exemplo, para abordar o tema de forma transparente. 

A transparência em compartilhar esse tipo de informação mostra que a empresa não está pensando apenas em si, mas também em quem trabalha para ela, mostrando que se importa de verdade, sendo um excelente ativador de motivação.

Em adição a isso, antes de tudo, também é bom ter em mente que a exigência pela marcação não deve ocorrer de forma impositiva: a premissa é que os profissionais entendam que, além de ser obrigatório, o registro de ponto é uma ferramenta aliada. Uma boa comunicação é a chave para que essa adesão seja alta e bem sucedida.

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau