Baixo desempenho no trabalho

Baixo desempenho no trabalho: quais são as principais causas?

As principais causas do baixo desempenho no trabalho de um funcionário pode ser gerada por motivos pessoais ou profissionais. Nesse segundo caso, é possível para a empresa determinar os fatores e as consequências dessa falta de motivação.

Quais são as causas do baixo desempenho no trabalho?

A lista de fatores ligados à desmotivação de um funcionário não é exaustiva. Com efeito, tudo depende dos sentimentos de cada um e de suas expectativas na carreira profissional.

Os sinais de perda de ímpeto entre os funcionários franceses são sinais de alerta que não devem ser esquecidos.

O que pode ser importante para alguns pode se tornar insignificante para outros. O que pode ser uma fonte de motivação para um funcionário pode ser irrelevante para seu colega de escritório.

Uma das causas da desmotivação de um funcionário é a consideração de remuneração insuficiente. Esta desmotivação pode resultar em uma demissão para encontrar melhor remuneração em outro lugar.

Falta de valorização: um dos principais motivos para o baixo desempenho no trabalho

A falta de valorização das qualidades e habilidades de um funcionário muitas vezes é sinônimo de desmotivação.

Esta situação leva à falta de reconhecimento. Muitos gestores não sabem dar os parabéns ao funcionário pelo trabalho realizado, por uma atitude exemplar, não dizer olá nem dar feedback.

Um dos fatores motivadores dos colaboradores é a perspectiva de desenvolvimento profissional. Os projetos a serem implementados devem ser permanentes. Os funcionários que se encontram em situações fixas em termos de desenvolvimento tornam-se desmotivados pela profissão e pelas tarefas que têm de cumprir.

Hoje em dia, um fator significativo para o crescimento dos colaboradores é o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Quando o trabalho atrapalha a realização pessoal dos funcionários, eles não estão fazendo bem em seus empregos e tendem a procurar outro lugar para ver se a “grama está mais verde”.

O ambiente de trabalho também é um elemento importante contra a desmotivação dos colaboradores. Na verdade, ninguém gosta de trabalhar em um clima desfavorável ao desenvolvimento profissional. O gerente tem alguma responsabilidade neste fator de desmotivação, pois deve unir suas equipes para evitar muitos problemas.

Então, uma das muitas causas da desmotivação dos funcionários é um problema de hierarquia ou a estimativa de má gestão.

Se a liderança for considerada fraca ou não alinhada com o que o departamento espera, isso tem um impacto negativo na equipe e nos colaboradores que a compõem. Alguns funcionários podem se sentir desmoralizados por esta situação e deslocados.

Atmosfera de trabalho ruim

Considerado o primeiro fator desmotivador, o ambiente de trabalho é um elemento importante no desempenho de seus colaboradores. Na verdade, ninguém gosta de trabalhar em um clima de pressão e estresse.

Um mau ambiente pode ser fonte de muitos problemas que podem custar caro à empresa (absenteísmo, criatividade reduzida, imagem de marca danificada, desempenho reduzido, alta rotatividade).

Dentre os fatores desmotivadores dos funcionários, as relações tensas ou inexistentes com os colegas de trabalho ou mesmo com a hierarquia alteram consideravelmente o prazer que se pode vivenciar no trabalho.

Como você deve ter entendido, é fundamental instalar um clima de convivência e bem-estar em sua organização. Com efeito, ao promover um bom ambiente de trabalho, os seus colaboradores ficarão mais envolvidos e terão a sensação de realmente pertencerem à empresa.

É necessário, antes de tudo, identificar os fatores responsáveis ​​pelo mau ambiente:

  • Ritmo de trabalho excessivo;
  • Dificuldade em conciliar vida privada e profissional;
  • Falta de meios para atingir os objetivos definidos;
  • Má comunicação tanto para cima quanto para baixo;

Impossibilidade de evolução: recorrente ponto que causa baixo desempenho no trabalho

Um dos fatores motivadores de seus funcionários é a possibilidade de ascensão profissional ao longo da sua jornada de trabalho. Com efeito, saber que nos superando e proporcionando resultados positivos podemos evoluir na nossa profissão, é uma grande fonte de motivação.

Caso contrário, se o ambiente de trabalho não evoluir e não inspirar os funcionários, seu nível de motivação pode cair rapidamente.

Oportunidades regulares de treinamento e desenvolvimento podem ajudar a aumentar a motivação e o comprometimento. Os funcionários apreciarão a possibilidade de diversificar e aprimorar suas habilidades e conhecimentos.

Falta de liderança e má gestão

Uma gestão eficaz é um fator essencial para motivar sua equipe. Se uma liderança forte estiver faltando ou afetando negativamente as perspectivas da equipe, alguns funcionários podem começar a se sentir desmoralizados.

Os gerentes devem ter uma abordagem flexível para o gerenciamento de equipe e ser capazes de se comunicar com clareza enquanto constroem confiança e determinação.

Como você deve ter entendido, muitos são os fatores desmotivadores e as consequências, infelizmente, são pesadas para a empresa. Portanto, é necessário saber identificar a origem da desmotivação para tratá-la o mais rapidamente possível e evitar que se torne muito importante.

Falta de reconhecimento

A ausência de valorização das qualidades e habilidades de um funcionário muitas vezes é sinônimo de desmotivação ou mesmo demissão.

Essa também é uma das críticas mais frequentes feitas pelos colaboradores. De fato, há gestores que nunca agradecem ou parabenizam seus funcionários, outros que não se dão ao trabalho de cumprimentá-los e alguns não dão feedback aos funcionários.

Existem vários tipos de reconhecimento a adotar no dia a dia para motivar seus funcionários, como:

  • Reconhecimento da prática de trabalho (como o trabalhador desempenha a sua tarefa);
  • O reconhecimento existencial (porta para o trabalhador como ser humano com uma identidade distinta e competências únicas);
  • Reconhecimento dos resultados do trabalho (manifesta-se após a conclusão e sucesso da tarefa);
  • O reconhecimento pelo investimento (enfatiza a qualidade e a importância do esforço realizado pelo colaborador).

Mas como você mostra sua gratidão aos seus funcionários? É muito simples! Você pode agradecer verbalmente seu funcionário, comentar suas qualidades profissionais, dar-lhe parabéns espontâneos ou até mesmo sugerir que ele apresente seu trabalho ao comitê gestor.

Quais são as consequências do baixo desempenho no trabalho para a empresa?

As consequências são tão numerosas quanto as causas que as levam. E a primeira a pagar os custos dessa desmotivação é a empresa.

As consequências oriundas do baixo desempenho no trabalho por um colaborador deve ser consideradas, independente das causas. As consequências a seguir citadas não correspondem a uma ligeira e temporária desmotivação e é óbvio que não se deve permitir que a situação continue para não chegar a isso:

  • equipe desmotivada devido à ausência do funcionário;
  • uma atmosfera ruim por negativismo;
  • má qualidade do trabalho prejudicado por um elemento perturbador;
  • diminuição da produtividade;
  • clientes insatisfeitos com o comportamento de desligamento;
  • alta rotatividade atrelada à busca de novas oportunidades.
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau