Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas

Atitude positiva no trabalho: 10 práticas para cultivar!

Todos já ouvimos falar sobre a metáfora da laranja podre, que em contato com laranjas saudáveis pode acabar estragando toda a fruteira. Bem, essa metáfora pode ser utilizada para descrever o ambiente de trabalho!

Numa empresa, durante ao menos 9 horas todos os dias, grupos de pessoas convivem no mesmo espaço tendo que cooperar coletivamente por objetivos em comum (executar o trabalho). Mas o que acontece se uma das pessoas não coopera?

A resposta é que a falta de cooperação de um profissional pode prejudicar ou impedir a execução do trabalho de outros profissionais, e a consequência é prejuízo financeiro ou cultural para toda a empresa, além do prejuízo pessoal.

Quando falamos “falta de cooperação”, podemos compreender vários comportamentos:

  • Falta de educação com os colegas
  • Mau humor constante
  • Explosões de raiva
  • Fofoca negativa
  • Bullying
  • Atitudes e discursos preconceituosos
  • Excesso de procrastinação
  • Misturar problemas pessoais com profissionais etc.

Comportamentos negativos em excesso podem intoxicar não somente pessoas próximas, mas toda uma cultura organizacional.

 

Positividade atrai positividades

A gente atrai aquilo que cultiva! E quanto mais hábitos negativos você criar, mais imerso na negatividade você se encontrará, até o momento que nem conseguirá entender por que as coisas estão dando tão errado.

Se quer que as coisas deem certo, então precisa ter atitudes de uma pessoa que espera pelo melhor, que vê as coisas pelo lado positivo e que está preparada para levantar a cabeça e seguir em frente quando algo sair do plano.

A vida não é perfeita e não temos poder de controle sobre todas as situações, mas com certeza temos controle sobre nossas próprias ações e a maneira como nos enxergamos.

Então vamos aprender dez hábitos positivos para cultivar e alcançar o sucesso?

1. Cerque-se de pessoas positivas

“Diga-me com quem andas e direi quem és”? Okay, talvez não tão literal assim. Muitas vezes nos misturamos com pessoas que são nosso completo oposto ou que não combinam com o futuro que desejamos para nós mesmos e nos atrapalham de chegar lá.

Atitudes são contagiantes, e se você passa o dia inteiro com pessoas que só se colocam para baixo o tempo todo, quando menos perceber estará fazendo o mesmo.

  • Aproxime-se de pessoas que buscam sempre dar e enxergar o melhor de si. Pessoas que são divertidas, bem humoradas, que iluminam o ambiente quando estão nele. Essas pessoas tendem a viver olhando para o futuro e o que podem conquistar ao invés de viver no passado lamentando o que já passou.
  • É necessário passar algum tempo próximo de uma pessoa que costuma ser negativa? Aposte em falar pouco, evite aprofundar o assunto quando for reclamação e, se ela começar a fofocar sobre outra pessoa, diga que lembrou de um compromisso ou precisa se concentrar em uma tarefa e afaste-se educadamente.
  • Faça amizade com pessoas que inspiram sucesso, que tem algo a ensinar, que acrescentam valor em suas conversas e que também se cercam de outras pessoas positivas como ela. Entre para o clube dos bem sucedidos!

Afastar-se de pessoas negativas não é se achar melhor do que os outros, é apenas escolher um ambiente mais positivo para si mesmo e prezar pela sua saúde mental.

2. Pare de reclamar

Quer descobrir se você reclama demais? É simples: tente ficar sem reclamar de nada durante uma semana inteira. Quanto mais difícil for, mais trabalho você tem a fazer.

Quando reclamamos demais, além da conta, esquecemos facilmente de sentir gratidão pelas coisas que dão certo e que são boas em nossa vida, deixamos de reconhecer nossas conquistas e transformamos um errinho de nada numa grande catástrofe.

Evitar reclamar quando estamos chateados ajuda a:

  • Reduzir o stress
  • Focar em soluções em vez de lamentações
  • Cultivar o que há de melhor em você
  • Enxergar a luz no fim do túnel
  • Reconhecer seus exageros diários
  • Desenvolver o autocontrole

Quem reclama demais agradece de menos, e estressa os colegas deixando o clima pesado por problemas que não merecem tanta importância.

 

3. Alimente sua mente com coisas boas

Essa é a maior dica de positividade para o século 21!

Na era da informação, que podemos saber de tudo em tempo real, dizer tudo que pensamos e opinar sobre os problemas do mundo, é muito fácil cair numa armadilha de conteúdo inúteis ou que minam completamente nossas esperanças de um mundo melhor.

Ler notícias e acompanhar publicações é ótimo, mas…

  • Preste muita atenção a quantidade de conteúdos negativos que você consome todos os dias, sejam notícias tristes ou textões revoltados. Reduza os conteúdos que te causam ansiedade e aumente os que te fazem sentir bem!
  • Aproveite o tempo no trânsito para ouvir um podcast que te mantenha informado ou  ensine coisas legais! Ouça entrevistas com outros profissionais de sucesso que você admira! Ponha aquele livro que você não tem tempo de terminar para ouvir!
  • Crie um mantra positivo só seu para repetir olhando no espelho de manhã.
  • Evite passar tempo demais observando a vida alheia nas redes sociais.

Consumir conteúdo é algo tão comum e de fácil acesso hoje em dia que muitas vezes não prestamos atenção de verdade no que estamos consumindo, compartilhando e até mesmo com quem estamos nos comparando.

Seu corpo é aquilo que você come, sua mente é aquilo que você pensa!

 

4. Tenha um tempo só seu

Trabalhar não é a única parte estressante no dia a dia de um profissional. Além de trânsito, tarefas, obrigações e problemas a resolver, também é necessário comunicar com os colegas de trabalho, lidar com diversas pessoas em reuniões…

Ser simpático e socializar dá muito trabalho e gasta uma quantidade enorme de energia. A tensão é grande e podemos ficar sobrecarregados sem perceber.

Tire uma soneca no carro durante o almoço, almoce sozinho(a), tome um café da tarde sozinho(a). Lembre-se sempre da importância de tirar um tempinho só seu, para isolar-se do resto do mundo e pensar, respirar ou apenas descansar um pouco.

Você notará benefícios no seu equilíbrio emocional a longo prazo!

 

5. Seja legal com as outras pessoas

Nem sempre as pessoas vão nos inspirar a ser gentis e simpáticos. Muitas vezes vamos revirar os olhos por dentro e desejar deixar a pessoa falando (na melhor das hipóteses).

Mas vamos propor o seguinte: mesmo quando não estiver a fim, abrir um sorriso e oferecer seu melhor ao falar com todo mundo!

Pense no seu trabalho: você precisa dele e/ou gosta muito dele, tem de conviver com as mesmas pessoas todos os dias e construir bons projetos com elas. Vale mesmo a pena arriscar ter um bom relacionamento no ambiente de trabalho com todos pelo prazer de extravasar seu mau humor naquela fatídica tarde?

Talvez valha mais a pena você:

  • Responder emails e telefone com muita educação
  • Cumprimentar sempre com um sorriso
  • Oferecer ajuda quando ver um colega com problemas
  • Tratar bem mesmo diante das diferenças

Ser legal com as pessoas é ótimo para o coletivo, mas também é ótimo para você mesmo, pois ensina a reduzir pré-conceitos e inspirar atitudes positivas onde quer que esteja.

Se a primeira impressão é a que fica, a sua será sempre positiva!

6. Assuma as consequências dos seus atos

Quando temos certeza absoluta de que demos nosso máximo em um trabalho e ele dá errado é muito fácil buscarmos outros para apontar o dedo e culpar. Mas no que isso ajuda? Em nada. E ainda atrapalha!

Encontrar pessoas para culpar é só uma maneira de tirar o foco da solução e depositar na reclamação; e lembra que combinamos de não reclamar?

Faz parte de manter uma atitude positiva no trabalho compreender que erros coletivos ou individuais devem ser resolvidos em equipe e de cabeça fria. Principalmente quando souber que o erro foi seu, assumir as consequências é o que grandes profissionais fazem!

 

7. Escolha como reagir

Quase o tempo todo nos esquecemos do poder que temos sobre nós mesmos!

Temos o hábito de repetir que emoções não podem ser controladas, apenas sentimos o que sentimos. Ok! Mas com certeza somos capazes de controlar nossos comportamento diante daquilo que sentimos.

Não é porque você está nervoso que deve sair quebrando tudo, por exemplo. É muito difícil conseguir controlar nossos atos, mas é exatamente isso que nos diferencia de todos os outros animais do mundo. Nós temos poder de escolha!

Todas as vezes que você tem uma atitude negativa, foi uma escolha. Então por que, da próxima vez, não escolher ter uma atitude positiva?

  • Deixe seus problemas pessoais em casa.
  • Não desconte seu mau humor nos outros esperando que compreendam.
  • Nos piores dias, tente interagir menos e mantenha a educação.
  • Explosão de raiva? Afaste-se por um momento e volte quando esfriar a cabeça.
  • Revoltado com algo? Não fale agora. Escolha as palavras com cuidado.

Sempre que a vida exigir uma reação, pare e reflita por alguns segundos sobre a reação que surgiu imediatamente na sua mente. Basta segundos para que a gente perceba se tal atitude seria desnecessária ou idiota, e se podemos fazer melhor.

 

8. Tenha seus próprios objetivos

Quem consegue manter o bom humor e a positividade numa rotina sem sentido?

Todos precisamos de um bom motivo para levantar da cama de manhã e buscar ser o melhor que podemos ser. Para manter uma atitude positiva no trabalho, trace objetivos de carreira!

Quer se tornar um líder (gestor)? Foco no objetivo para desenvolver suas habilidades interpessoais e sociais. Quer uma promoção? Foco no objetivo de aprender novas habilidades técnicas. Quer um aumento salarial? Foco em mostrar mais resultados.

Todo objetivo traçado é uma maneira de impulsionar a si mesmo em evoluir algum aspecto pessoal e/ou profissional. É uma forma de manter-se interessado em continuar fazendo o que você está fazendo, e de obter uma recompensa quando alcançar o sucesso.

É como se empenhar todos os dias na academia sabendo que a recompensa do corpo tão desejado virá no final.

Quem tem propósito tem vontade de viver! Dê sentido à sua rotina!

 

09. Seja quem você deseja ser

Já ouviu aquele conselho? “Vista-se para a vida que você quer, não para a vida que você tem!”

Vamos considerar que ao falar “vista-se” não estamos falando apenas de roupas, mas também de humor, expressão facial, atitude, jeito de ser, de andar, de respirar!!!

É cientificamente comprovado que a maneira como agimos impõe os limites daquilo que podemos alcançar. Uma pessoa que anda sempre de ombro para a frente, com a coluna inclinada, coloca-se para baixo e se sente constantemente inferiorizada. Ao contrário da pessoa que anda de cabeça em pé, ombros para trás, coluna reta, permitindo-se olhar ao redor e enxergar possibilidades.

Todos temos heróis, pessoas que admiramos e que gostaríamos de vestir ou agir igual. Bom… por que não? Por que evitar ser quem você deseja ser?

  • Vista-se sempre da melhor maneira que puder.
  • Esteja sempre de banho tomado e cabelo arrumado.
  • Melhore sua postura, ande erguido, olhando para a frente.
  • Vista um sorriso mesmo nos dias tristes, anime a si mesmo.
  • Enxergue seus pontos fortes e invista neles!

Todos temos um alterego, uma personalidade interna, um personagem incrível que criamos de nós mesmos. Seja seu alterego! Você é capaz de ser tão incrível quanto gostaria de ser

 

10. Respire fundo

E acima de tudo: respire!!!

  • Respire profundamente dez vezes logo ao acordar e levantar da cama. Isso ajuda a despertar e aumentar a oxigenação do cérebro, tornando-o mais produtivo e pronto para começar a viver o dia.
  • Respire profundamente dez vezes quando se encontrar numa situação de stress ou ansiedade, antes de tomar qualquer atitude. Isso ajudar a escolher a melhor reação possível.
  • Respire profundamente dez vezes sempre que se sentir para baixo, desencorajado, sem esperanças. Isso vai regular os batimentos do seu coração e ajudar a pensar com mais clareza para avaliar suas opções.
  • Respire profundamente dez vezes quando estiver num lugar bonito, de frente a uma paisagem linda… Isso vai te lembrar que a vida é muito mais do que problemas.

Está lançado o desafio!