Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp
Desenvolvimento sustentável

Desenvolvimento sustentável: dados atualizados sobre o tema

O desenvolvimento sustentável ainda não é uma preocupação prioritária para a maioria das empresas. É o que aponta a mais recente pesquisa feita pela consultoria norte-americana McKinsey. Não existe um trabalho sério – e coletivo –  voltado para o assunto, mesmo que os administradores entendam a importância dessa questão estar atrelada às suas atividades corporativas. 

De acordo com o levantamento, mais de 50% dos empresários consideram o gerenciamento de questões ambientais, sociais e de governança “muito” ou “extremamente” importante para todas as áreas internas de uma empresa, incluindo o desenvolvimento de novos produtos, construção da reputação e de toda a estratégia corporativa. No entanto, a realidade é que, no fim das contas, uma abordagem proativa, e, sobretudo, efetiva, para gerenciar a sustentabilidade acaba não sendo adotada: apenas cerca de 30% de quem está na alta gestão afirma que suas instituições buscam ativamente oportunidades de investir em sustentabilidade ou incorporá-la em suas práticas de negócios, por exemplo.

Enquanto isso, aqui no país, os dados também caminham a passos largos, ainda que com otimismo. O estudo “Estratégias empresariais para a sustentabilidade no Brasil” realizado com 250 empresas brasileiras de grande e pequeno porte, e de todos os setores econômicos, revelou que 65% das corporações citaram que inovação e reposicionamento no mercado estão entre os principais objetivos quando incluída a sustentabilidade. Entretanto, a pesquisa mostra que poucas possuem estratégias consistentes.

Os avanços até agora alcançados não são suficientes para que essas empresas nacionais sejam os agentes de uma nova economia, que garanta o uso sustentável dos recursos naturais e a melhoria da nossa qualidade de vida como um todo. 

Tendo isso em mente, neste artigo, vamos apresentar mais aspectos sobre este assunto tão urgente em nossa realidade atual. Acompanhe a seguir!

Controle de ponto

O que é desenvolvimento sustentável?

Muitos dos desafios que a humanidade enfrenta, como as mudanças climáticas, escassez de água, desigualdade e fome, podem ser resolvidos somente em um nível global. Neste sentido, é definido como sustentável todo grau de desenvolvimento que seja capaz de satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras, garantindo o equilíbrio entre crescimento econômico, cuidado com o meio ambiente e bem-estar social – e isso também é responsabilidade das empresas!

Na verdade, se engana quem pensa que se trata de apenas de mais um discurso “bonitinho”: seguindo o levantamento da McKinsey, 76% dos executivos afirmaram que o envolvimento com o desenvolvimento sustentável contribui positivamente para os stakeholders no longo prazo. As empresas que gerenciam práticas sustentáveis de maneira proativa são muito mais propensas a buscar e encontrar oportunidades de criação de valor em seu mercado. Esse movimento fortalece a marca e a confiabilidade dos seus consumidores.

Quando o tema recebe destaque nas agendas dos CEOs, as organizações têm duas vezes mais chances de integrá-lo, inclusive, em suas práticas de negócios. Além disso, para se tornarem outro ganho atrelado ao assunto é a atenção aos cuidados não somente ambientais como também sociais, visando atender as necessidades do público como um todo, a valorização da imagem e da marca.

No entanto, vale ressaltar que, classificar uma empresa como sustentável sendo que ela adota apenas pequenos esforços nos escritórios ou nas linhas de produção, ao incentivar os seus colaboradores a terem suas canecas, por exemplo, deixou de ser um diferencial: hoje em dia, é prerrogativa básica.

Ou seja, em linhas gerais, o conceito de sustentável vai muito além do básico e é baseado em três pilares importantes: econômico, ambiental e social. Esse termo é definido como sendo um conjunto de ações adotadas pelas organizações com o objetivo de atuar de maneira consciente, por meio de atitudes éticas. O foco é o respeito ao ambiente e à sociedade na qual todos estamos inseridos.

Desenvolvimento sustentável

Como incorporar o desenvolvimento sustentável na realidade da empresa?

Sem dúvidas, a nossa dica valiosa para início de um trabalho de investimento em sustentabilidade é que toda a empresa precisa ter ciência deste discurso: as ações devem ser de dentro para fora. Por este motivo, todos os colaboradores precisam estar plenamente convencidos do valor e da efetividade das práticas sustentáveis e da relevância do retorno trazido para a organização.

Ainda não sabe por onde começar? Confira o passo a passo que preparamos:

Passo 1: Conscientização dos colaboradores

Como vimos acima, esta etapa é fundamental ao implantar um desenvolvimento sustentável dentro da empresa. A equipe deve se sentir parte atuante neste processo.

Além disso, saiba que esta é uma oportunidade única de melhorar o relacionamento entre todos e promover educação e engajamento dos colaboradores.

Passo 2: Criação de processos com transparência ao desenvolvimento sustentável

Umas das preocupações da empresa sustentável é o impacto social que suas atividades causam. Por isso, é fundamental que a mesma mantenha seus processos transparentes para o público. O que isso significa? Que é o seu dever mostrar aos envolvidos os resultados de seus processos, como são realizados e monitorados.

Quando as pessoas sabem o que acontece dentro da organização, elas passam a ter mais empatia, confiança e entendimento sobre os valores e a missão da empresa.

Passo 3: Adoção de processos automatizados

No dia a dia das empresas, muitos documentos acabam circulando quase de maneira obrigatória. Consequentemente, são gerados vários papéis com as informações pertinentes.

O grande empecilho é o que fazer com esses papéis após o fim de sua legalidade. Se a organização quer se tornar uma empresa sustentável o primeiro passo é eliminar essa papelada.

Ao adotar um sistemas que otimizam várias rotinas diárias – como o Oitchau, que controla o ponto por meio de um aplicativo – é possível, reduzir o consumo de papel, economizar espaço de arquivamento, aumentar a segurança de documentos importantes e confidenciais, agilizar a busca economizando tempo.

Passo 4: Revisão de toda a infraestrutura da empresa

Mapeie quais são os desperdícios cometidos. Por exemplo, se existe vazamentos de água, instalações elétricas mal feitas e sistemas de ar-condicionado ineficientes.

Lembre-se que podem ser empregadas atitudes simples, tais como: pintar as paredes de branco para refletir melhor a luz; trocar as lâmpadas fluorescentes por modelos de LED; instalar sensores de presença em locais com pouca circulação de pessoas; e fazer a manutenção ou a substituição de equipamentos.

Passo 5: Parcerias sustentáveis

Toda cadeia produtiva de um negócio, desde a compra de insumos até a forma que o produto final e distribuído aos clientes deve ser levada em consideração para definir a empresa que se preocupa com um desenvolvimento sustentável.

Por isso é importante buscar fornecedores que praticam a sustentabilidade em suas atividades.

Ponto Eletrônico

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau