um menino observa grafícos impressos que estão a postos na mesa de maderia, uma menina ao seu lafo segura outro documento e também avali, ambos estão de costas na imagem.

Como analisar a gestão de performance de seu processo de recrutamento

Quando o RH inicia os processos de recrutamento e seleção, significa que a empresa está em reformulação em seu quadro de colaboradores. E por isso o RH precisa cumprir metas e prazos para o fechamento dessas novas vagas.

E após as novas contratações, é preciso analisar as métricas de sucesso do recrutamento como: redução do turnover, adaptação do novo colaborador, as escolhas dos candidatos, descrição e perfil da vaga.

E além desse indicadores, também existem etapas do processo de recrutamento que garantem a melhor funcionalidade e eficácia dessas escolhas. Pois cada processo seletivo tem um custo para a empresa, então quanto mais o candidato se aproximar das exigências e cultura da empresa, em nós será a possibilidade da sua saída.

Porém, pode acontecer de alguns candidatos desistirem da vaga na fase final do processo, ou de simplesmente sair da empresa no período de experiência, e isso causa uma reabertura de processos que acabam por prejudicar a empresa.

Para que não fiquem no prejuízo e consigam identificar se a performance do processo de recrutamento está estável, vamos te passar algumas dicas sobre as etapas que devem seguir. Confira!

New call-to-action

O que é o processo de recrutamento?

O processo de recrutamento e seleção, envolve a aplicação de técnicas e estratégias que precisam ser utilizadas para atrair novos talentos para a empresa. Por isso podem ser aplicados testes antes da realização da entrevista, pois a triagem facilita muito nas escolhas finais do RH.

Mas é preciso manter um foco sobre a seleção e avaliação dos candidatos, primeiro sendo levado em consideração as aptidões práticas, que são os conhecimentos e habilidades dos candidatos, principalmente se foram muito relevantes para a função.

E para conseguir analisar essa gestão, precisará realizar algumas etapas.

Quais são as etapas do processo de recrutamento?

Separamos as principais fases do recrutamento e seleção, que vão auxiliar nesse monitoramento de performance de sucesso.

Quantidade de currículos recebidos

O número de interessados diz muito sobre a importância da empresa, quanto mais currículos tiver e quanto mais qualificados para a vaga forem, mais chances o RH terá de encontrar o colaborador que tanto buscam.

Tempo de contratação

Quanto maior for o tempo para escolher o novo colaborador, maior serão os custos da empresa e menor será o início da performance de sucesso. Pois não será um bom retorno ficar muito tempo sem preencher a vaga. Fora que isso pode aumentar as chances de desistência dos candidatos.

Fases de seleção do processo de recrutamento

– Selecionar candidatos que mais se encaixam com o perfil;
– Aplicar testes para checar a qualificação;
– Selecionar quais candidatos estão classificados para próximas fases;
– Realizar a entrevista seja presencial ou em vídeo;
–  Dar a notícia de aprovação aos candidatos contratados.

Ter meta com o número de vagas fechadas

A empresa precisa estabelecer metas, sejam por quantidade de novas vagas preenchidas, como também um prazo estipulado para o cumprimento das contratações. É um indicativo bem intuitivo, pois se o RH entregar as vagas antes do prazo ou muito depois, e houver desistências no decorrer, é porque a seleção não foi eficiente.

Custos do processo e de turnover

Os processos de recrutamento têm custos para a empresa, desde a equipe que ficará responsável pela seleção e por isso precisará se dedicar. Assim como os colaboradores temporários ou registrados, que precisarão cumprir excesso de tarefas ou horas extras até a contratação.

Por isso, quanto mais curto for o tempo do processo de recrutamento, e também quanto mais eficiência tiver, menores serão os custos da empresa. Tudo precisa estar de acordo com o perfil, cultura organizacional e prazo de preenchimento da vaga.

Pois a cada turnover, será um novo custo, pois estas ações precisarão se repetir. Fora que há os custos com as demissões e novas admissões também.

Taxa de rotatividade

O que mais as empresas buscam reduzir é a sua taxa de rotatividade, e quando ocorre em excesso, existem pontos que precisam ser observados e corrigidos, pois caso contrário vai gerar muito prejuízo para a empresa e também pode desmotivar os colaboradores.

Como:

  • A qualidade do processo seletivo;
  • O processo de onboarding;
  • Adaptação do novo colaborador;
  • Plano de carreira;
  • Capacidade do time nas tarefas;
  • Retenção de talentos.

Por isso é importante olhar para cada um desses indicadores, pois trarão dados e informações valiosas para a empresa conseguir estabilizar a performance dos processos de contratação, obter uma equipe qualificada e mais motivada e assim conquistar um desenvolvimento interno muito produtivo e engajado.

Para mais dicas acompanhe o Blog da Oitchau

Leia também: Como saber se é melhor recrutar um talento interno ou externo

Enviar comentário

PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 300/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau