Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas
liderança

As maiores qualidades que uma boa liderança deve ter!

Flexibilidade, pulso firme, honestidade… Vamos refletir sobre as maiores qualidades que todo líder precisa ter para administrar bem seu negócio e colaboradores.

Uma boa liderança vai muito além de saber delegar funções e ser organizado. Como já diz o nome, é o ato de ser o exemplo e dirigir um time na melhor direção que separa os líderes do chefes.

Alguns líderes fazem esse papel de maneira discreta, porém efetiva. Outros lideram claramente para quem quiser ver. Mas o que define um bom líder não são as aparências, e sim os resultados!

Na verdade, se pararmos para refletir, as melhores qualidades de um líder devem ser as melhores qualidades de todo profissional e ser humano.

Saber Ouvir, Refletir e Mudar de ideia.

Tente não tomar as decisões sempre sozinho, busque a opinião e ajuda das outras pessoas envolvidas nas consequências dessa decisão.

Quando alguém se opor a você, pergunte-se por que você está sendo tão firme quanto ao que acredita. Não é possível que exista outra maneira de pensar sobre isso? Você tem boas razões para pensar dessa forma?

Assuma que não existe verdade absoluta, e que você também pode errar.

Pessoas que tem a habilidade de ouvir, refletir e que se dispõe a mudar de ideia são melhores em liderança, pois não tem problemas para enxergar quando há algum problema ou falha, e nem para admitir que precisam encontrar uma solução.

Pergunte-se: você realmente reflete sobre cada situação ou faz tudo no automático? Você é capaz de mudar de ideia quando novas informações são apresentadas? É capaz de arriscar e apostar em novidades?

Ser líder é ser Transparente e Parceiro.

Faça reuniões curtas e eficientes para atualizar seus colaboradores sobre as novidades da empresa, contratações, concorrências, mudanças etc.

Divida com seus colaboradores informações sobre o financeiro da empresa: gastos, investimentos, lucros, para que eles possam ter uma visão ampla do que é necessário para que a empresa cresça, assim como as oportunidades.

Não apareça da noite para o dia, sem aviso prévio, com um novo cliente para eles atenderem ou um novo trabalho para executarem. Permita que eles se organizem e preparem com antecedência. Inclua eles no processo.

Uma pesquisa feita pelo Gallup’s 13 State of the Global Workplaces mostrou que apenas 41% dos colaboradores compreendem a missão, os motivos e as escolhas da empresa para a qual trabalham. Uma das consequências é que eles não compreendem a importância do trabalho que estão executando.

Um líder tem que ser transparente e honesto, explicar seus motivos e incluir as pessoas do time como a parte essencial que são.

 


Ter um Propósito e ser Firme.

Confie e acredite no seu próprio time, afinal, você montou uma equipe de talentos que acredita ser capaz de lutar pelo mesmo objetivo que você.

Reconheça quando seus colaboradores tem razão e compre as batalhas ao lado deles. Não seja o chefe que faz apenas o que mandam. Lidere!

Sempre relembre o motivo pelo qual iniciou seu trabalho. Reflita se os objetivos iniciais ainda fazem sentido para você e sua equipe. Se a resposta for não, é hora de um brainstorming.

Você só pode liderar sob respeito. O que significa que nenhum time vai te seguir se você for o tipo de líder que não consegue sustentar as próprias decisões, ou que não acredita e não fica ao lado do próprio time.

Seu time e você precisam de um propósito, um motivo para fazerem o que estão fazendo, e precisam acreditar nas soluções que definem para os obstáculos que surgem enquanto vocês lutam pelo mesmo propósito.

 

Ter Atitude de liderança para Tomar a Frente.

Nunca seja a pessoa que procrastina. Crie deadlines para todas os problemas que precisam ser resolvidos e entregas que precisam ser feitas. Se algo sair do prazo, é hora de tomar atitude.

Esqueça o sonho de ser amado por todos. Uma pessoa em posição de liderança sempre enfrentará resistência de vez em quando. Faça o que tiver de ser feito.

Tenha certeza antes de tomar uma atitude. Se você estiver na dúvida, não conseguirá sustentá-la.

Para uma boa liderança, você tem que estar preparado para fazer com que as coisas sigam adiante, não importa o que aconteça. Mesmo que haja desentendimentos, mesmo que as outras partes envolvidas não consigam tomar uma decisão, ele precisa ser a pessoa a pisar firme e decidir quais serão os próximos passos para que a máquina não pare.

É ótimo ser democrático e buscar sempre ouvir a todos, e é ótimo que as outras pessoas gostem de você; mas se você não consegue uní-las e direcioná-las ao sucesso, então você não está liderando.

 

Saber Enxergar o negócio como um Todo.

Participe (ou organize) encontros com outros líderes de outras empresas, sejam do mesmo mercado ou não, para compartilhar aprendizados e informações.

Nunca pare de estudar! Esteja sempre buscando por mais conhecimento, novas skills e novas maneiras de analisar e pensar. Quanto mais você souber, maior o seu poder de reflexão para tomar decisões e resolver problemas.

Esteja presente na rotina dos times e colaboradores. Conheça o que eles fazem no dia a dia, quanto tempo precisam para executar, quais são as fraquezas e forças. Compreender seu time é a melhor maneira para ter visão.

Ser um líder e fazer gestão de pessoas significa estar na linha de frente, liderando, direcionando pessoas e uma organização em direção a um objetivo.

Você precisa estar sempre à frente dos acontecimentos, tendo conhecimento sobre tudo que acontece e desenvolvendo a cada dia sua capacidade de prever possíveis crises. E, antes mesmo de executar, estar preparado para solucioná-las. É preciso saber se afastar e enxergar a situação atual (sua, das equipes, da empresa, do mercado) como um todo.

 

Empatia e Liderança

Crie uma cultura de apoio e cuidado entre seus colaboradores. Dê o exemplo preocupando-se com o bem estar deles, contagie-os, e o resultado será uma equipe mais forte e unida.

Quando um colaborador te buscar pedindo ajuda, dê atenção. Ouça de verdade e busque soluções para ajudá-lo, afinal, ele apostou a confiança dele em você.

Proponha atividades que incentivem seus colaboradores a interagir e saber mais uns sobre os outros; claro, com limites de privacidade. Saber que um colega trabalha e estuda ao mesmo tempo, por exemplo, é uma maneira simples de evitar julgamentos naquele dia que ele aparentar mais quieto e cansado.

Um bom líder sabe identificar os momentos de se colocar no lugar do outro, seja do colaborador, do chefe ou do cliente.

Vamos dar um exemplo prático: um colaborador está enfrentando problemas com ansiedade, que tem dificultado seu desempenho. Ele é um bom profissional, faz parte da sua equipe e acredita na empresa. Você vai abandoná-lo? Não. É a obrigação de quem está na liderança se posicionar e tomar atitudes pelo bem da equipe.

 

Lembre-se: ser um bom líder e fazer gestão de pessoas é uma das funções mais difíceis que existem. Mas basta praticar aquilo que você admira em outros líderes e fazer aquilo que você esperaria de um líder se estivesse do outro lado da mesa.

Com muita paixão e dedicação, você também pode se tornar um líder inspirador!

Enviar comentário