Resumo sobre o que é a portaria 671, O que mudou no controle de ponto?

A Portaria 671, foi atualizada em dezembro de 2021 com mudanças no controle de ponto e novas regras obrigatórias, que unem o controle de ponto eletrônico e o digital com o mesmo sistema de execução.

São 15 novas normas que compõem a Portaria 671,  Art. 391, alega que a jornada de trabalho e dias de descanso devem estar acordados no contrato de trabalho dos colaboradores.

Poderão ser integrados com o SREP, Sistema de Registro Eletrônico de Ponto que possui variedade como alternativos, REP-A, convencional REP-C e programa REP-P.

A definição do Art. 74. O sistema de registro de ponto eletrônico deve registrar fielmente as marcações efetuadas, não sendo permitida qualquer ação que desvirtue os fins legais a que se destina.

Os registros de ponto eletrônico não podem mais sofrer alterações e nem serem realizados de maneira manual, caso contrário poderá ser considerado informação com fraude.

Isso acontece, porque algumas empresas poderiam liberar os seus funcionários fora do horário ou exigir que o colaborador faça hora extra, sem um devido registro em folha.

E assim repassando em folgas ou reorganizando de horas posterior. Sendo obrigatório registrar os horários exatos, que podem ser debitadas do banco de horas ou com o pagamento de hora extra.

A comprovação desse registro pode ser entregue impressa no espelho de ponto e na plataforma de ponto eletrônico digital, para conferências futuras.

Com a Oitchau, a sua empresa mantém a gestão das jornadas de trabalho com acesso remoto, armazenamento em nuvem e de acordo com a nova protaria 671.

Tudo o que você precisa saber sobre a Portaria 671, de maneira mais detalhada, confira no Blog da Oitchau e fique por dentro das atualizações.