Vendas por telefone: 11 4210 2846
whatsapp iconVendas no WhatsApp

Plano de treinamentos: 5 coisas que seu RH deve fazer!

Treinamentos são muito importantes para as empresas! No entanto, eles envolvem custo e tempo de todos os envolvidos. Por esse motivo, para criar um plano de treinamentos, é necessário planejar para que os recursos (financeiros e capital humanos) sejam utilizados de forma inteligente e com otimização de tempo!

Vale lembrar que é importante manter em mente que o objetivo do treinamento é o aprimoramento contínua dos processos de trabalho por meio da capacitação e integração dos colaboradores.

Nesta leitura, mostraremos cinco coisas que o RH deve fazer para elaborar um plano de treinamento que atenda às necessidades da empresa, sem o desperdício de tempo ou dinheiro!

O que levar em consideração ao elaborar um plano de treinamento

É possível destacar cinco coisas que os Recursos Humanos podem fazer para que o plano de treinamento seja bem-elaborado.

1. Defina quais as necessidades da empresa

O primeiro passo para elaborar o plano de treinamento é definir quais as prioridades da empresa. Afinal de contas, o treinamento tem o objetivo de eliminar esta demanda!

Uma boa maneira para descobrir quais as reais necessidades da empresa e, dentre elas, quais as que devem ser consideradas como prioridade, é ter uma conversa com os responsáveis de cada departamento da empresa e coletar seus feedbacks.

Como estão envolvidos diariamente com as facilidades e dificuldades do setor, estes colaboradores poderão indicar o caminho das pedras para que o RH seja capaz de elaborar um treinamento focado e com tempo otimizado.

Ouça o que cada um tem a dizer e leve tudo ao CEO para que, juntos, possam definir as prioridades e, assim, começar o plano de treinamentos.

Horas extras

2. Determine os objetivos do treinamento

Após definir as necessidades e as prioridades da empresa, o próximo passo é determinar os objetivos de treinamento. O ideal é que sejam criadas metas de aprendizagem!

Porém, mais dos que os objetivos do treinamento, é preciso refletir que características ou comportamentos você espera que os colaboradores tenham ao final da capacitação.

Para ilustrar, suponhamos que a empresa precise melhorar o atendimento ao cliente. Primeiramente, é preciso determinar os objetivos do treinamento:

  • Conhecimento profundo dos produtos ou serviços que a empresa oferece;
  • Conhecimento dos perfis dos clientes;
  • Atendimento profissional, porém cordial.

A partir destes objetivos, é possível determinar o que espera de cada participante do treinamento.

3. Momento mais propício para se iniciar o treinamento

Geralmente, o treinamento envolve muitos colaboradores e gestores de diferentes departamentos. Por esse motivo, dentro de um plano de treinamento bem-elaborado está o cuidado em pensar na duração do programa e em que dias e horários serãos os encontros.

Leve em consideração que, quanto mais longo for o treinamento, mais custos ele vai gerar para a empresa. Além disso, treinamentos muito longos podem surtir o efeito contrário e desmotivar os colaboradores.

Por outro lado, treinamentos curtos são, na maioria das vezes, improdutivos e também geram custos desnecessários. Dessa forma, a duração do treinamento deve ser estabelecida após essas considerações

O mesmo deve ser feito com as datas e os horários dos encontros: o ideal é agendar em momentos em que todos estão livres para acompanhar o treinamento.

4. Escolha os colaboradores certos

O sucesso de um plano de treinamento depende de seus participantes. Selecione os colaboradores que mais precisam desenvolver as características e comportamentos que foram identificados no segundo passo.

Pense, também, na logística do treinamento: quantos colaboradores poderão participar do treinamento de forma confortável para que realmente absorvam o conteúdo? Colaboradores e gestores participarão do mesmo treinamento, ou melhor fazer turmas diferentes?

A partir destas respostas é possível escolher o local apropriado para acomodar as turmas e iniciar o treinamento.

5. Em busca dos melhores profissionais para ministrar o treinamento

Assim como no item anterior, escolher o profissional adequado para ministrar o treinamento é fundamental para o sucesso do programa.

Antes de escolher o profissional que estará à frente do treinamento, selecione algumas opções e colha dados sobre eles: formação acadêmica, experiência no assunto que será abordado no treinamento, certificações, área de atuação e etc.

Outro ponto importante que deve ser abordado é sobre a metodologia e materiais de apoio que serão necessários durante o treinamento, bem como atividades que os participantes realizarão para que desenvolvam o que é esperado deles.

Se possível, busque por avaliações do trabalho desenvolvido pelo facilitador para que possa escolhê-lo sem medo!

Implementação do plano de treinamento

Depois de cobertos os cinco itens acima, seu plano de treinamento tem tudo para que seja bem-sucedido. Aproveite para conferir os pontos e capacitar seus colaboradores para que entreguem os melhores resultados.

Receba o melhor conteúdo de Gestão de Pessoas no seu e-mail

Siga nossa Newsletter

controle-de-ponto-guia-completo
PREÇOS A PARTIR DE APENAS R$ 89/mês

Junte-se a milhares de clientes satisfeitos que fazem a gestão de seus times com Oitchau