Controle de Ponto e RH - Gestão de Pessoas

Gestão de pessoas e os 5 pilares da área!

Os modelos de gestão atuais incluem a gestão de pessoas como um dos fatores mais determinantes para o sucesso de uma empresa. O capital humano é o bem mais importante de um organização e, por esse motivo, é necessário que os profissionais da área estejam alinhados com os cinco pilares da área.

Neste artigo, explicaremos o que é a gestão de pessoas e os cinco pilares da área!

 

O que é gestão de pessoas e por que é importante

Cerca de uma década atrás, os colaboradores eram vistos apenas como mão de obra. Felizmente, isso mudou e a gestão de pessoas surgiu como ferramenta competitiva e determinante para o sucesso de uma empresa. Assim, a gestão de pessoas trata de estratégias para desenvolver habilidades, potenciais, reter talentos, entre outros, do capital humano de uma organização.

Em linhas gerais, o Recursos Humanos é o responsável pela gestão de pessoas. No entanto, as estratégias que têm o objetivo de desenvolver o capital humano só é eficiente quando há a participação de todos os departamentos da empresa. São ações que devem ser colocadas em prática em conjunto.

As funções dos Recursos Humanos na gestão de pessoas abrangem a identificação e atração de talentos de cada segmento, o acolhimento e desenvolvimento destes profissionais, bem como a retenção e o engajamento deles no ambiente corporativo.

A atuação da gestão de pessoas, portanto, tem o objetivo de proporcionar vantagens competitivas por meio de colaboradores talentosos e altamente engajados com a missão e os valores, e a cultura organizacional da empresa que trabalham.

Mesmo com a evolução nos métodos de gestão, o investimento nos colaboradores ainda não é uma prática amplamente utilizada pelas empresas brasileiras. Muitos gestores, infelizmente, ainda enxergam seus colaboradores apenas como mão de obra.

Entendem que, ao desenvolverem os talentos e potenciais de seus colaboradores, estes partirão em busca de outras oportunidades de trabalho. Porém, isso não é verdade.

Os profissionais de alta performance não valorizam apenas os salários e benefícios quando estudam uma oportunidade de trabalho. O que buscam é um ambiente de trabalho em que possam ampliar seus talentos e colocá-los a favor da empresa que escolherem.

Muitos fatores contribuem para que a gestão de pessoas seja capaz de atrair e reter talentos, além do salário, benefícios e eventuais bônus. Autonomia, evolução pessoal e profissional e senso de integração e cumprimento de seu objetivo são muito importantes.

Dessa forma, a gestão de pessoas precisa, diariamente, identificar, avaliar e solucionar situações que levem à insatisfação dos colaboradores.

Em seguida, vamos conhecer os cinco pilares do trabalho da gestão de pessoas!

 

Os cinco pilares da gestão de pessoas

Para que exerçam seu trabalho eficazmente, a gestão de pessoas está baseada em cinco pilares. Acompanhe!

 

1. Pilar da motivação

A motivação surge como primeiro pilar para uma gestão de pessoas eficiente. Quando refletimos sobre o assunto, percebemos que não poderia ser diferente, afinal de contas, nada se realiza se não houver motivação.

Assim, concluímos que motivar a sua equipe é fundamental para que todo o plano de negócio seja colocado em prática e alcance seu objetivo. A falta de motivação leva a diminuição de produtividade e ao abandono da empresa em busca de melhores oportunidades.

Um colaborador que reconhece seu papel dentro da organização e possui certo grau de automotivação é o que as empresas buscam para compor suas equipes atualmente.

Neste pilar, o desafio do gestor de pessoas é compreender o fator que motiva cada um dos colaboradores da empresa. O que buscam é o incentivo financeiro? Ou uma empresa que está alinhada com seus valores pessoais? A motivação pode estar, também, em um plano de carreira ou salários.

O bom gestor de pessoas conhece sua empresa profundamente e foca em seus pontos positivos.

 

Motivando seus colaboradores

Veja abaixo algumas ações que motivam os colaboradores:

  1. Identifique e compreenda as necessidades dos colaboradores de sua empresa. De acordo com a Pirâmide de Maslow, as cinco principais necessidades dos colaboradores são: autorrealização, estima, relacionamentos, segurança e fisiológicas. Essa hierarquia proposta na pirâmide indica que esses cinco fatores, quando equilibrados, deixam o colaborador mais motivado.

  2. Metas individuais e coletivas claras. O colaborador trabalha com maior motivação se ele souber qual o objetivo que deve alcançar e qual o seu papel na empresa, tanto individual como coletivamente.

  3. Procure manter a transparência e o nível de qualidade desde o processo de seleção. Dessa forma, é mais fácil contratar colaboradores que estejam alinhados com os valores da empresa.

  4. Construa um plano sólido de carreira e salários, bem como adote um sistema de meritocracia justo e transparente.

  5. Estimule o feedback periódico dos colaboradores. Dê feedbacks individuais também, principalmente se identificar um problema a ser corrigido. Porém, é importante saber que cada colaborador é único e responde melhor a determinada forma de tratamento.

 

2. Pilar da comunicação

Todo gestor reconhece a importância da comunicação. Para que uma empresa consiga alcançar quaisquer metas, independentemente do prazo, a comunicação clara e eficiente é fundamental.

No entanto, não estamos nos referindo apenas à comunicação entre gestores e colaboradores. O pilar da comunicação é fundamentado pela comunicação integrada, ou seja, a que todos os envolvidos com a empresa utilizam.

A comunicação eficiente

Para aumentar a eficiência da comunicação integrada, confira essas dicas:

  1. Que tal utilizar um software para a comunicação interna e de equipes? Uma excelente recomendação é o Slack. Com ele, é possível criar grupos com colaboradores de cada equipe ou projeto, bem como permitir a participação de colaboradores remotos. O WhatsApp é uma outra sugestão.

  2. Incentive a comunicação imediata, principalmente nas equipes. Muitas vezes, um problema maior pode ser evitado com uma simples troca de ideias.

  3. Da mesma forma, incentive a resposta imediata para as mensagens escritas. Deixar para responder mais tarde, pode resultar em esquecimento e na complicação de algo simples de ser resolvido.

  4. Evite mediadores. A comunicação, para ser transparente e eficaz, precisa ser direta e objetiva.

 

3. Pilar do trabalho em equipe

É preciso ter em mente que a empresa é uma só célula. Mesmo que trabalhando em projetos diferentes, as equipes são partes do mesmo ambiente organizacional e, por isso, devem sempre ter a mesma meta em foco.

O desafio do gestor de pessoas aqui é garantir que não haja competição entre as equipes. Para isso, pode usar as dicas abaixo.

Todos por um

  1. Promova a interação natural entre os colaboradores da mesma equipe. Um software de gestão de tarefas, como o Trello, é uma boa dica para garantir que o progresso das tarefas individuais e o do projeto como um todo sejam acompanhados em tempo real.

  2. Promova reuniões para o acompanhamento de cada projeto. Quando todos da equipe sabem as etapas que estão sendo desenvolvidas, o que já está pronto e o que ainda precisa ser feito, é mais fácil manter o foco. (Aprenda a fazer uma reunião produtiva)

  3. Nem só de trabalho vivem os colaboradores. É preciso que tenham momentos de descontração em que o trabalho não esteja em pauta. Por isso, incentive a interação dos colaboradores fora do ambiente de trabalho.

 

4. Pilar das competências

Nada do que foi dito anteriormente é funcional se os colaboradores não estiverem no nível de conhecimento e competência que sua empresa exige. Outro ponto importante e que representa um desafio diário ao gestor de pessoas, é escolher os colaboradores certos para cada projeto

Isso significa que um colaborador com conhecimento e competência específica pode não ser o mais indicado para um projeto que esteja além de suas habilidades.

Por esse motivo, a gestão por competências, que identifica os pontos fortes e os pontos que merecem atenção em cada colaborador, é o indicado.

Aprimorando as competências dos colaboradores

  1. Implante sistemas de avaliação de desempenho por competências, identificando que tipo de profissional a empresa precisa para alcançar seus objetivos. Realize avaliações periodicamente para promover os ajustes necessários.

  2. Mais uma vez, é necessário estipular as competências e as qualidades que a empresa busca desde o processo seletivo, por meio da contratação de colaboradores que estejam alinhados com os valores da empresa.

 

5. Pilar do desenvolvimento

O desenvolvimento da empresa como um todo está intimamente ligado com o desenvolvimento pessoal e profissional de cada um dos colaboradores. Por esse motivo, outro desafio importante do gestor de pessoas, é a capacitação individual dos profissionais.

Mas, atenção, é necessário que haja uma troca para haver equilíbrio. A empresa capacita e o profissional retribui com produtividade e trabalho especializado.

Capacitando os colaboradores

  1. Busque por treinamentos e capacitações que sua empresa precisa para conquistar suas metas e ter os melhores talentos em seu quadro de colaboradores.

  2. O processo de treinamento e desenvolvimento dos colaboradores é contínuo. Por isso, devem ser realizados periodicamente. Uma boa dica é usar um colaborador mais capacitado para desenvolver outros.

 

Vale ressaltar que o gestor de pessoas não deve se acomodar. O capital humano é algo que está em constante movimento e, assim, precisa ser monitorado para compreender suas necessidades.